A festa de Herodes


LISTAR ARTIGOS DESTA CATEGORIA
Artigos




Artigo visto 2565 vezes




Visto: 2565 - Impresso: 80 - Enviado: 19 - Salvo em Word: 38
Postado em: 18/09/12 às 06:35:21 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=10134
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos

Herodes odiava o Profeta João Batista porque João recriminava seu pecado.

Herodes exercia o ministério da iniquidade com comportamento publico de adesão ao pecado. Ele sabia que todos sabiam do que ele fazia, mas ele sabia também que o povo interesseiro e desonesto o seguiria em suas festas.

Festas onde ele era adulado e adulava numerosíssimos arrivistas, os oportunistas sem escrúpulos, os pescadores de águas turvas, os ambiciosos que procuram oportunidades de fazer amizades com quem possam tirar proveitos.

Foi numa destas famosas festas feitas para se agradar, e bajular o povão ambicioso, festa cheias de arrivistas embriagados de falsa alegria, que Herodes mandou decapitar João Batista.

Com a decapitação de João, as festas de Herodes cheias de arrivistas acabaram?

Não. As festas de Herodes não acabaram, elas continuaram acontecendo na história, continuam nos tempos de hoje, os novos Herodes, a cada festa, não matam João Batista, matam Jesus Cristo.

Quem são os novos Herodes que não matam João e matam Cristo?

São os “evangelizadores” leigos e eclesiásticos adeptos e amigos do mundo, que usam o Nome de Jesus para realizar as festas de Herodes as quais eles chamam de evangelização. Estes “evangelizadores” repetem as festas de Herodes para se agradarem a si mesmos em suas vaidades, e bajular o povão que cegos os segue em seus shows herodianos.

Para chamar as festas herodianas de evangelização, estes “evangelizadores” realizam durante a folia um total desrespeito e afronta ao Deus vivo, pois usando o Nome de Seu Filho Jesus, atraem o povão incauto para um encontro de louvor a Deus, mas na hora da festa, cantam músicas religiosas dizendo que é louvor a Deus, em seguida, cantam músicas mundanas dizendo que o povo de Deus tem de ter cultura.

A festa herodiana é feita com apresentações de cantores do mundo e de cantores “religiosos”, ora canta um “religioso” leigo ou eclesiástico, ora canta um mundano. Será que se o cantor fosse, de fato, religioso, iria ele se prestar ao desserviço do Evangelho?

A festa herodiana é regada a refrigerantes e cerveja, ensinam que o povo de Deus não deve ser fanático, “não tem nada demais beber uma cervejinha”, o povo de Deus não deve ser antissocial.

A festa herodiana é apoiada e patrocinada por dinheiro de qualquer empresa, mesmo que seja de uma cervejaria, seus organizadores estão interessados no dinheiro. “Dinheiro é dinheiro, não importa donde vem, inclusive vai abençoar o empresário para ele se converter” dizem.

Que fazem os verdadeiros profetas de Deus?


A exemplo de João Batista, para a maior glória de Deus, bem e salvação das almas, eles denunciam o mau comportamento dos novos Herodes, os falsos profetas que arrogantemente se denominam evangelizadores, em um trabalho de auto destruição de suas almas, e de todas as almas que tolamente crê neles, e os segue para o buraco onde eles estão indo.

A absurda revolta ou auto piedade dos falsos profetas

Diante da pregação dos verdadeiros servos de Deus, do chamado à conversão e santidade, de renúncia do mundo, os “evangelizadores” modernistas adeptos e amiguíssimos do mundo, revoltam-se ou assumem postura de vitimas.

Os que se iram, fazem ameaças de todos os modos, aproveitam as festas herodianas para soltarem suas raivas contra quem os chama à conversão.

Os que não se iram, mas se sentem vítimas dos servos de Deus, dizem: “Somos pessoas de mente aberta, enxergamos oportunidades onde os outros nada vêm”. “O que estamos fazendo demais, estamos apenas evangelizando, Jesus convivia com os pecadores, e nós queremos seguir o exemplo de Jesus”.

Jesus convivia com os pecadores?

Não. Jesus ia aos pecadores para tirá-los do pecado, não para conviver com eles no pecado. Jesus queria libertá-los das trevas, ser seguido porque quem tinha renunciado a si mesmo com sua vida de pecado. Não era Jesus quem seguia os pecadores, Jesus queria que os pecadores O seguissem. A criatura deve seguir o Criador e não o contrário.

Os realizadores das festas de Herodes

Tenhamos cuidado com os realizadores das festas de Herodes dos tempos modernos, protejamos a quem pudermos destes falsos evangelizadores. Eles procuram por todos os meios e forças, ensinar o povo de Deus a ser como eles são.

Como eles são?

Os “evangelizadores” modernistas em horas vagas fazem tratamento de pele, antes de ir ao altar ou palco, vão primeiro maquiar-se. O verdadeiro evangelizador não se maquia, ele ora, prostra-se diante de Deus.

A – São pessoas que se conformaram com o mundo por desejo de que falem bem dele, vaidade, por ganância, cegueira espiritual, e por terem medo de ser criticados. Esqueceram de que Jesus disse: “Ai de vós, quando todos vos bendisserem, pois do mesmo modo seus pais tratavam os falsos profetas” (Lc 6, 26).

B – Apesar de não viverem segundo os princípios bíblicos e morais da fé católica, são pessoas que não escutam, não aceitam a exortação de que elas estão erradas. Inclusive elas nem pensam em se examinar à Luz da Palavra de Deus e do exemplo da vida dos Mártires do Evangelho. Preferiram ser criticados pelos servos enviados por Deus, por viverem e seguirem os critérios do mundo, do que por renunciá-los.

Oremos:

Senhor, nosso Deus! Tende misericórdia das almas, liberta-as das mãos dos fazedores destes shows herodianos, que usando teu Sagrado Nome, levam as almas, o emocionalismo barato, e a louca sabedoria deste mundo que passa. Senhor! Quantas almas estão se afastando de ti por causa destes shows onde Vós não estais presente, onde as almas se formam na insensatez da falsa espiritualidade. Senhor! Livrai as almas das garras destes vaidosos. Eles estão ajudando a destruir a Igreja por dentro, e enviando as almas para fora dela mais rápido do que as seitas as roubam.

Pensemos!

Se formos exortados por não sermos fieis a Doutrina de Cristo, não sermos fieis a nossa Vocação a santidade, por desviarmos os outros da fé, então devemos mudar de vida.

Se formos criticados pelos homens do mundo por sermos fieis a Deus e a sua Palavra, e completamente infiéis ao mundo, então devemos seguir em frente cada vez mais firmes, vivendo com muita tranquilidade da certeza da salvação eterna.

É hora de cada um de nós fazer a sua escolha. Não escolha errado.

Cordialmente

Ezequiel Rocha

Fonte: http://reporterdecristo.com/festa-de-herodes/

 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.561.348
Visitas Únicas Hoje: 469
Usuários Online: 125