LISTAR ARTIGOS DESTA CATEGORIA
LISTAR MENUS

Artigos



Artigo visto 1567 vezes




Visto: 1567 - Impresso: 26 - Enviado: 11 - Salvo em Word: 13
Postado em: 19/04/16 às 00:04:56 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=14238
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos

A diferença entre arrepender-se de verdade e se desesperar

Teria havido, certa vez, um  diálogo silencioso entre São Pedro e Judas, o traidor:

– Se tu, Judas, em vez de te enforcares, tivesses procurado Jesus para confessar a tua covardia, dizendo “Cometi um grande crime, mas estou arrependido. Perdoa-me”, Jesus te teria perdoado.

Pausa.

Pedro lembrou-se então da cena no pretório de Pilatos, na Quinta Feira Santa… Sua negação. O olhar de repreensão que  Jesus lhe dirigiu quando foi levado de um juiz para outro. Das lágrimas de arrependimento que não pararam de correr pelas faces, a ponto de formar dois sulcos…

E continuou:

– Judas, eu fiz coisa pior. Neguei o nosso Mestre. Neguei-O três vezes. Sou muito mais culpado que tu.

E Pedro, ainda com os olhos marejados de lágrimas, prosseguiria:

– A diferença é que eu chorei arrependido. E tu tiveste remorso, apenas. Achaste que não tinhas perdão. Por que desconfiaste da misericórdia de Jesus?

Fonte: www.aleteia.org

 
Total Visitas Únicas: 6.491.536
Visitas Únicas Hoje: 1.081
Usuários Online: 222