Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 5.354.305 Visitas Únicas Hoje: 1.407
Usuários Online: 373
Sistema de Busca
Documento sem título

Qual a aparição de Nossa Senhora mais importante na História?

Medjugorje

Fátima














Newsletter Espacojames
Receba nossas atualizações diretamente no seu Email - Grátis!
 

Artigos
Artigos sobre diversos temas, todos relacionados a igreja e o nossa vida cristã.




Salvar em PDF






Visto: 1637 - Impresso: 76 - Enviado: 29 - Salvo em Word: 40
Postado em: 07/07/09 às 09:20:11 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=1898
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos

Obrigada, Senhor, porque estás aqui e porque nos dá a garantia de que contemplaremos a Sua glória. Abra a sua bíblia no Evangelho de São Lucas 5, 12-13:

“Estando ele numa cidade, apareceu um homem cheio de lepra. Vendo Jesus, lançou-se com o rosto por terra e lhe suplicou: Senhor, se queres, podes limpar-me. Jesus estendeu a mão, tocou-o e disse: Eu quero; sê purificado! No mesmo instante desapareceu dele a lepra”.

Quando eu leio esta passagem bíblica sempre acho um pouco curioso porque está enfermidade, naqueles dias, era considerada incurável. Toda pessoa que tinha essa doença era separada da comunidade e enviada a outro lugar, conhecido como “Vale da Lepra”.

Se você tinha essa enfermidade, a única forma de se incorporar na comunidade era se apresentando ao sacerdote. Ele fazia um estudo e dizia se você estava curado ou não. As possibilidades da pessoa ser curada com essa doença eram mínimas.

Os leprosos viviam numa situação horrível. Se saíssem do Vale da Lepra sem permissão podiam receber um castigo forte; e se escondessem que tinham a doença também recebiam o castigo. Em muitos casos, a morte era a punição.

Vemos nesta passagem que isso não acontece, que a lei da época não é cumprida. Algo se passou na vida desse leproso, retratado na bíblia, para que ele saísse do Vale da Lepra e fosse em busca de Jesus. Meus irmãos, se você entrasse nesse lugar dali não saia.

Foi alguém que o motivou a sair do Vale das Lepras para buscar a salvação, a sua cura. As estatísticas nos dizem que jamais na história do cristianismo se viu tantos pregadores como hoje em dia. As estatísticas também nos dizem que são mais os que se perdem do que os que se salvam na atualidade. As almas estão se perdendo. O que nos quer dizer isso?

Não estamos levando a mensagem que Jesus quer, não estamos levando a Boa Nova. O que sai da nossa boca não é uma mensagem que produz fé. Eu imagino, quando leio esta passagem bíblica, que alguém chegou ao Vale da Lepra e não levou uma mensagem de costume, levou um canto novo. Produziu esperança em pessoas que não tinham esperança.

Essa mensagem de esperança fez com que esse homem saísse daquele lugar e fosse em busca da cura. Você e eu temos um chamado: levar essa mensagem que produz esperança. Muitas pessoas nos perguntas porque nos nossos encontros acontecem tantas curas e milagres e eu respondo que são por dois motivos. Primeiro porque não é um encontro conosco, mas com Deus; e segundo porque pregamos um Cristo que cura e salva.

A mensagem que hoje costuma-se escutar não é de um Jesus que cura e salva. Nós submetemos as pessoas ao Vale da Lepra, tiramos a esperança delas, as acomodamos. Sabe, meu irmão e minha irmã, hoje em dia estamos vendo um êxodo muito grande na nossa Igreja, muitas pessoas estão indo embora.

João Paulo II disse, há uns sete anos, que a esperança da Igreja estava na África e na América Latina, locais estes onde predominava os católicos. No almanaque desse ano, vemos que esse cenário já não é verdadeiro. Toda América Latina e África já corre muito risco com as seitas malignas.

Por que essas pessoas estão indo embora da nossa Igreja? Eu creio que todos nós buscamos Deus, mas nos equivocamos em procurá-Lo onde Ele não está. O drogado, o alcoólatra, o adúltero, por exemplo, todos andam buscando a Deus. Você pode me perguntar agora: “Mas como, Neil, que essas pessoas estão buscando o Senhor?” Sim, meus irmãos, eles andam tentando preencher um vazio que têm no coração, mas buscam Deus onde Ele não se encontra.

"Necessitamos levar uma mensagem nova porque as almas estão se perdendo e o inimigo está ganhando a batalha"

Eles não têm culpa. Nós, sim, temos culpa. Eu e você sabemos e conhecemos a verdade, sabemos que o único que preenche esse vazio é Cristo; mas não testemunhamos. Deus deseja o melhor para nós. Temos que o representá-Lo. Esse é o Deus que temos que mostrar. O inimigo não quer que saíamos do Vale da Lepra porque é nesse momento que a cura acontece e Deus é glorificado.

Deus deseja o melhor para nós. A mensagem que estão pregando não é a que leva a esperança, não é a que está produzindo fé. Estamos mal. As pessoas estão indo embora da Igreja católica porque estamos as acomodando no Vale da Lepra enquanto outros estão oferecendo saídas desse lugar.

Necessitamos levar uma mensagem nova porque as almas estão se perdendo e o inimigo está ganhando a batalha. É tempo de anunciar um Cristo vivo, um Cristo que salva. Temos que dizer aos irmãos que aqui é a Igreja do Senhor; que não é pecado esperar na glória de Deus.

Pai, hoje eu te peço, que o Senhor nos dê esse poder para difundir a Sua palavra. Meus irmãos, somente crê no Senhor e verão a glória. Confie  n'Ele, não deixe que as suas dúvidas te levem do Senhor. Deus é capaz! Que o Senhor abençoe a todos vocês. Amém!

Pregação: Neil Velez



www.paideamor.com.br











Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 07/07/09 às 09:20:11 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.




LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES