O SOFRIMENTO (parte 1)
Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos




Artigo N.º 1934 - O SOFRIMENTO (parte 1)
Artigo visto 2068 vezes




Visto: 2068
Postado em: 11/07/09 às 10:59:36 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=1934
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos

A grande mística e a primeira Doutora da Igreja Santa Teresa de Ávila dizia: “Quando penso nos
sofrimentos que o Senhor suportou sendo inteiramente inocente, não sei onde vem à cabeça lamentar-se
dos meus sofrimentos. O mérito consiste no sofrer e amar”.

É do sofrimento que nasce a sabedoria e o heroísmo. Os gregos já diziam que “sofrimento é
escola”. E o ínclito sábio Santo Agostinho afirmava: “A cruz é uma escola”.
O sofrimento é uma experiência bastante dolorosa é inesquecível e deixa profundas marcas na
alma. Não importa que seja curto ou prolixo.
Muitas das vezes o sofrimento é causado pela doença, enfermidade, falta de caridade de certas
pessoas, ingratidão, injustiça, abandono, rompimento de uma paixão, saudade, solidão, tristeza,
desemprego, miséria, fome, separação conjugal, angústia profunda, envelhecimento e a perda de um ente
querido.
O pensador latino Publílio Siro disse: “A dor da alma é muito mais penosa que a do corpo”. Aqui
entra o contexto psicológico do sofrimento na alma, causado pela depressão, traumas, recalque,
melancolia, fobias, frustrações e vários tipos de complexos.
Muita gente não agüenta a dura realidade da vida. Não suporta viver gemendo e chorando neste
vale de lágrimas. Brandam contra este desterro de dor e infortúnio.
O vale de lágrimas, vale tenebroso ou vale da sombra da morte, contém as mazelas da vida:
traição, covardia, calúnia, difamação, cobiça, soberba, avareza, luxúria, ira, gula, inveja, preguiça e
boçalidade.
Como viver com tudo isso? De maneira aguerrida. “Nenhum mal temerei, pois Deus está junto a
mim” (Salmo 23,4).
Do Calvário ao Paraíso, resta a fé, a paciência e a esperança.
Enquanto isso, diz a sentença latina: “Opus divinum est sedáre dolórem – É obra divina aliviar a
dor alheia”.
IGNORÂNCIA DO SOFRIMENTO
Muitos líderes religiosos fraudulentos e charlatões usam o sofrimento do povo para construir seus
impérios financeiros. Outros pela ignorância teológica dão explicações erradas sobre o sofrimento.
Respostas sem exegese bíblica que vão desde um ‘Deus catastrófico’ ao pensamento deísta.
Os lideres religiosos, em vez de fornecer respostas satisfatórias sobre esse assunto, muitas vezes
aumentam ainda mais a confusão. Vamos concentrar-nos agora em apenas três das suas respostas mais
comuns.
Primeiro: muitos líderes religiosos ensinam que Deus provoca catástrofes para punir pessoas más.
Por exemplo, nos Estados Unidos, depois de a cidade de Nova Orleans, Louisiana, ter sido devastada pelo
furacão Katrina, alguns ministros religiosos afirmaram que Deus havia castigado a cidade. Eles se
referiram à prevalecente corrupção, jogatina e imoralidade como motivos para isso. Alguns até mesmo
citaram a Bíblia como prova disso, lembrando ocasiões em que Deus destruiu os maus por meio de
dilúvio ou fogo. Essas afirmações, porém não refletem o que a Bíblia ensina. (Gálatas 6,7-9).
Segundo: alguns clérigos afirmam que Deus tem suas razões para fazer com que calamidades
sobrevenham à humanidade, mas que essas razões estão além da nossa compreensão. Muitas pessoas
ficam insatisfeitas com essa explicação. Elas se perguntam: “Será que um Deus amoroso faria tais
maldades, recusando-se depois a explicar seus motivos aos que anseiam receber consolo e clamam: ‘Por
quê’?” Essa é uma boa pergunta, pois a Bíblia diz que “Deus é amor”. (1 João 4,8).
Terceiro: outros líderes religiosos talvez concluam que, afinal, Deus não é nem todo poderoso
nem amoroso. Essa idéia também levanta perguntas sérias. Será que Aquele que ‘criou todas as coisas’ –
incluindo o magnífico e insondável Universo - é incapaz de evitar o sofrimento neste planeta, a Terra?


www.cleofas.com.br



LEIA TAMBÉM
CATÁSTROFE MORAL (parte 3)
CATÁSTROFE MORAL (parte 2)
CATÁSTROFE MORAL (parte 1)
Tele Pecado
Bento XVI, o Papa que diz não às mudanças na Igreja
Teme-se a chegada de uma nova epidemia mortal através de relação homossexual
O SANGUE DO CORDEIRO - II - Beata Alexandrina de Balasar
O SANGUE DO CORDEIRO - I - Beata Alexandrina de Balasar
Horst Mehring - A Origem das Imagens de Nossa Senhora Rosa Mística (Alemanha)



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.343.587
Visitas Únicas Hoje: 1.394
Usuários Online: 219