A CONVERSÃO DO CORAÇÃO
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.138.032
Visitas Únicas Hoje: 1.505
Usuários Online: 272
Sistema de Busca

 

Artigos
Artigos sobre diversos temas, todos relacionados a igreja e o nossa vida cristã.




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1612 - Impresso: 46 - Enviado: 17 - Salvo em Word: 37
Postado em: 14/10/09 às 21:32:16 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=3355
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos

PE. EUGENIO MARIA, FMDJ

 

"Queridos Filhos,
Convido-vos à conversão do coração.
Decidi-vos como nos primeiros dias da minha vinda aqui a total mudança de vossas vidas.
 Assim, filhinhos, tereis a força de ajoelhar-vos e na frente de Deus abrir os vossos corações.
Deus escutará as vossas orações e conceder-vos-á as graças pedidas.
Eu intercedo por cada um de vós!
Obrigada por terdes respondido ao meu chamado".
Medjugorje, 25 de agosto de  2004
17 horas e 40minutos

O primeiro convite de Maria como em outros convites no curso destes anos de aparições é a conversão do coração. Converter o coração significa decidir-se por Deus de verdade. Tem gente que diz "Eu prometo não fazer mais pecado", e depois faz, faz porque não se decidiu e não quer Deus na sua vida.
Conversão do coração é aceitar Deus e as coisas que Ele envia e como envia.

Hoje o homem com todas as conquistas da ciência e da técnica se sente longe de Deus. Ele mata a criança no seio da mãe e depois cria uma em vitro, clona o homem não por bem, mas para aparecer. Lembremos da torre de Babel, os homens de Igreja queriam construir uma torre alta para chegar ao céu e louvar a Deus,   mas faziam isto para   fazerem nome e não para a glória de Deus.  Muitas vezes, nem os eclesiásticos fazem para a glória de Deus, mas para o próprio orgulho, para aparecer e isto é satânico.  Maria nos chama à conversão do coração, que é querer o que Deus quer de mim e fazê-lo, e para isto Maria nos chama a atenção e diz:

"Decidi-vos como nos primeiros dias da minha vinda". Vejam em 1981 Maria pisava naquela terra abençoada, em um regime comunista, em uma terra desconhecida e iniciava ali o desígnio de Deus para toda a humanidade, também para aquele povo sofrido e reprimido pelo regime comunista.

Aqueles corações se abriram à esperança, e o regime comunista tentou dizer que as crianças eram loucas, mas nenhum psiquiatra constatou que eram.

As pessoas começaram a chegar em Medjugorje. Era difícil, me lembro que os soldados comunistas humilhavam os peregrinos e ainda mais os padres, mas me lembro com que alegria queríamos chegar lá para escutar da boca dos videntes o que a Gospa queria operar.
Naquela época a Igreja era repleta de pessoas que rezavam, só se podia rezar dentro da Igreja, e as pessoas queriam de verdade a conversão. Um certo momento quando todos rezavam o terço, Maria apareceu e disse: "Parem de rezar o terço, não podem rezar assim", e todo o povo ficou assustado e disseram como rezar então?
Passaram 2 horas de silêncio e  um camponês se levantou e disse em voz alta: "Senhor eu perdoei, me perdoa." Muitos começaram a chorar e também fizeram a mesma oração.

Se eu não perdôo como poderei então rezar?

Começaram a se abraçar e de novo apareceu Maria e disse: "Agora sim podem rezar o terço."

Eis como se deve rezar, não é qualquer palavra, é a intencionalidade do coração, e quando nós perdoamos, podemos nos ajoelhar na frente de Deus, e isto é uma experiência única.
Quando alguém reza e dorme, é porque não possui a força do Espírito que sustenta o nosso corpo para que eu nem me mexa, mas isso só acontece se faço a experiência do totalmente outro que é Poderoso e três vezes santos.

Se nós conseguíssemos nos ajoelhar assim, poderíamos então abrir o coração a Deus.
Na oração não devemos dizer bobeiras a Deus, mas o que somos, e aí Deus começará a fazer algo na nossa vida.
Não são as nossas orações e palavras que farão algo na nossa vida.
Não é dizer mil Ave-Marias que me faz ir ao paraíso, não condeno e não reprovo esta oração. Pois ir para o paraíso é dom de Deus que se dá na simplicidade do coração, e não com muitas palavras, como se fosse esforço meu, só assim Deus se manifestará a você.
Nós nascemos para nos encontrar com Deus, e se não nos encontramos com Ele a nossa vida perde o sentido e vem a tristeza.
Fazer a experiência de Deus é importante porque se não faço esta experiência, não vale nada, nem ir à Missa. É só neste sentido que Deus escutará as nossas orações.
Devemos saber também o que pedir para não fazer como o camponês que pediu ao rei uma tonelada de esterco quando o rei lhe disse: O que pedes?
Perdeu a oportunidade e pediu uma tonelada de esterco.
Nós muitas vezes pedimos esterco, e muitas vezes Deus não atende a nossa oração porque é esterco e Deus que dar muito mais. Pedimos bobeiras, mas esquecemo-nos que Deus sempre escuta. Se chamo Jesus, tenho a certeza que ele vem.
Lembre-se do cego que disse: "Senhor Jesus, tende piedade de mim!"
Jesus parou porque escutou chamá-Lo, embora caminhasse com pressa, parou e quis escutá-lo para saber o que queria. Deus sempre escuta.
Esta manhã às 8h 30min me ligou a Vicka para dizer que Maria abençoava o Grupo de Oração (que está iniciando hoje na Cocaia), mas não só ele, mas que abençoava os grupos de oração que estão iniciando na Fraternidade.  Com tantas preocupações no mundo, Ela teve esta delicadeza, porque é Mãe, mas não só porque é mãe, mas porque nos ama.
Maria nos chama a realizar os projetos de Deus, e nos diz: "Eu intercedo por vocês, não tenhais medo", porque quem tem Deus, não pode ter medo, nem dos ladrões e de ninguém.
Adão e Eva, a um certo momento contemplaram a maçã e não a Deus, e nós também pecamos quando contemplamos o pecado que é um filme, uma revista erótica e etc. Quando não contemplamos a Deus caímos no pecado.
Cada pecado é um ato contra Deus, o qual você quis fazer. Muitos dizem: " somos humanos, caímos", são idiotas, há religiosas que vestem uma batina e dizem bobeiras do tipo "coitadinho". Mas se pecamos é porque queremos, devemos ser honestos conosco mesmos. Ninguém de nós é coitadinho, pois temos com o batismo a dignidade de filhos de Deus, somos herdeiros do paraíso e caminharemos para Deus e não para o nada, e Maria nos indica esta estrada.
Meditemos sobre esta mensagem e trabalhemos o nosso coração para que se torne um coração de carne. Lembremos que no coração de Deus está Maria, está Jesus, estamos nós.
Maria já está em Deus, e a nossa esperança é esta, caminharmos para Deus e não para o vazio.
É mentira dizer que o mundo caminha mal, pois caminha segundo a vontade de Deus, e só podemos descobrir a Deus na oração, peçamos esta graça pela intercessão de Maria, a Rainha da paz.  Amém!




PARA MAIORES INFORMAÇÕES:
WWW.MOSTEIROREGINAPACIS.ORG.BR
grupodeoracao@mosteiroreginapacis.org.br
http://rainhadapaz.blog.terra.com.br/
http://odiscipulo.blog.terra.com.br/





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 14/10/09 às 21:32:16 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES