As Promessas Feitas por Jesus Misericordioso
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.075.186
Visitas Únicas Hoje: 1.277
Usuários Online: 257
Sistema de Busca

 

Artigos
Artigos sobre diversos temas, todos relacionados a igreja e o nossa vida cristã.




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 2632 - Impresso: 130 - Enviado: 21 - Salvo em Word: 51
Postado em: 18/12/08 às 15:13:51 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=773
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos

Depois da Novena da Misericórdia, no ano de 1937, a alma de Soror Faustina ficou arrebatada em êxtase. Ela mesma escreve: " A minha alma foi imersa numa indizível beatitude. O Senhor me permitiu conhecer todo o Oceano da sua Misericórdia, na sua imensidade. Ó ! se as almas quisessem compreender quanto Deus as ama ! Todas as comparações, mesmo as mais fortes e comoventes, não são senão uma pálida sombra em confronto com a realidade."

" Prometo -diz o Salvador- que a alma que venerar esta Imagem ( a da Misericórdia ) não perecerá... Prometo ainda a vitória sobre seus inimigos, especialmente na hora da morte. EU, o Senhor, a protegerei como a minha Glória... Os raios do meu Coração significam Sangue e Água, e amparam as almas contra a Ira de meu Pai... Bem-aventurado quem viver à sombra dêles, pois que não o aingirá a mão da Justiça Divina. Protegerei, como uma mãe protege seu filhinho, a alma que difundir o Culto à minha misericórdia, por toda a sua vida; e na hora da sua morte, não serei para ela Juiz, mas Salvador. Naquela última hora não resta para a alma senão uma só defesa: minha Misericórdia. Feliz a alma que durante a vida se imerge na torrente da Misericórdia, porquanto a justiça não a atingirá. Dize à humanidade sofredora que se refugie no meu Coração misericordioso, e EU a encherei de Paz. "

A Imagem de Jesus Misericordioso.


A humanidade, especialmente neste último século, afastou-se sempre mais de Deus, da caridade de Cristo e da Igreja. Para salvar esta humanidade tão desgarrada, ainda tão culpada, o Céu enviou, nestes últimos tempos, advertências extraordinárias. A Mãe de DEUS, nas célebres aparições de Salette, Lourdes, Fátima, exorta à penitência e à vida baseada na fé e na caridade. Se isto não acontecer, grandes desventuras, preditas por N. Senhora, cairão sobre o gênero humano por causa de sua incredulidade. Ao número destas grandes revelações é necessário ajuntar também as que foram concedidas à Irmã Faustina. A ela apareceu o próprio Salvador, que com a nova revelação da sua Misericórdia, quer converter a humanidade pecadora e afastá-la do caminho da perdição, enquanto repetia com insistência à sua confidente: " A humanidadenão terá paz a não ser que se volte com confiança à Divina Misericórdia."

A primeira vez que Jesus Misericordioso se revelou à Irmã Faustina foi em Plock, em 22 de fevereiro de 1931. Eis a descrição feita por ela mesma: " À tarde, enquanto me achava na minha cela, vi o senhor vestido com uma veste branca. Tinha uma das mãos levantada em gesto de abençoar, e com a outra sobre o peito, tocava a túnica branca. Do peito, pela abertura da túnica, saíam dois grandes raios: um vermelho e outro branco. Em silêncio fixava o olhar do Senhor. Minha alma estava tomada de temor e também de gôzo inefável. Um instante depois Jesus me disse : Pinta um quadro segundo o modêlo que vês e escreve debaixo: Jesus, confio em vós ! Desejo que esta imagem seja venerada nas vossas capelas e depois em todo o mundo."

Logo após à manifestação deste desejo, Irmã Faustina anotou duas promessas feitas por Jesus: " Prometo que a alma que venerar esta Imagem não se perderá. Já neste mundo terá a vitória sobre os seus inimigos, especialmente na hora da morte. Eu, o Senhor, a defenderei como a minha Glória. Protegerei, como uma mãe protege seu filhinho, a alma que difundir o culto à minha misericórdia, por toda sua vida; e na hora da sua morte, não serei para ela Juiz, mas Salvador. Naquela última hora não resta para a alma senão uma só defesa : a Minha Misericórdia. Feliz a alma que durante a vida se imerge na torrente da Minha Misericórdia, porquanto a Justiça não a atingirá. Dize a humanidade sofredora que se refugie no meu Coração Misericordioso, e EU a encherei de Paz."

Foi para Irmã Faustina esta uma visão extraordinária, porque ainda nunca tinha visto Jesus sob tal aparência... Depois, a ordem de pintar um quadro de aspecto inteiramente novo, encargo que lhe causou sérias preocupações. Simples Religiosa, apenas tinha prática dos mistéres domésticos, não das artes. Antes que o quadro fosse pintado, Irmã Faustina teve muitas dificuldades... Quando ela, por ordem do seu confessor, durante a Oração pediu a Jesus o significado da aparição, teve em resposta a seguinte explicação: " Os raios sobre a Imagem representam o sangue e a água que fluiram do íntimo de Minha Misericórdia, quando sobre a cruz, meu Coração agonizante foi aberto pela lança. O raio branco significa a água que purifica as almas ; o vermelho, o sangue que é vida da alma. Estes raios protegem as almas contra a Ira do Meu Pai. Feliz aquele que viver à sombra deles, porquanto a Mão da Justiça não o atingirá com sua ação."

O divino salvador deseja que esta comovente demonstração de seu amor, isto é, o de derramar até a última gota do Seu preciosíssimo sangue, juntamente com a água, seja de modo particular venerada na devoção à Divina Misericórdia. Portanto, encarregou Irmã Faustina de escrever esta breve jaculatória: " Ó Sangue e Água, que fluís do Coração de Jesus, como fonte de Misericórdia para nós, confio em vós ", e recomendou que fôsse rezada muitas vezes. A fim de que ninguém duvidasse com que sentimentos deva-se revestir diante desta Imagem, disse à Irmã Faustina, que escrevesse debaixo da Imagem: " Jesus, confio em Vós ! " e explicou ainda o porquê: " Ofereço à humanidade o vaso com o qual deve vir à fonte da Misericórdia para obter Graças; o vaso é esta Imagem, sob a qual está escrito: Jesus, confio em Vós !."

Confiança ! Eis a grande repeição de Jesus nesta devoção. " Ardem em Mim as chamas da Misericórdia, exclamou Jesus, e Eu quero derramá-la nos corações dos homens. " Lamenta-se dolorosamente de sua desconfiança: " A falta de confiança dilacera meu Coração. Ainda mais me aflige a desconfiança de uma alma eleita. Embora meu amor seja inexaurível, não confiam em mim ..." Para consolação dos piores pecadores ordena à Irmã Maria Faustina que escreva o que se segue: " Os maiores pecadores, estes, antes que os demais, têm direito à minha misericórdia. As maiores alegrias, dão-me as almas que se voltam à minha misericórdia. A elas, concedo Graças abundantes e cumpro todos os seus desejos. Não posso punir quem se volta à minha piedade, embora fosse um grande pecador, até o pior de todos ; justificá-lo-ei na minha Imensa, Inesgotável Misericórdia."

O Divino salvador lança um ardente apêlo aos homens para que se apressem a recorrer à Misericórdia, antes que sobrevenha a Justiça. " Escreve que Eu, antes de vir como JUIZ, abrirei de par em par toda a grande porta da minha Misericórdia. Quem não quiser passar por essa porta, deverá passar pela outra, A DA MINHA JUSTIÇA."

O Senhor deu muitas vezes a conhecer à Irmã Faustina a enormidade dos pecados dos homens. Consternada à vista de tais monstruosidades, ela perguntou-LHE, certa vez, como podia suportar tantos e tão horríveis ultrajes. " Para o castigo - respondeu JESUS - tenho toda a eternidade; agora prolongo o tempo da minha Misericórdia; mas ai daqueles que não se aproveitarem da minha Graça! Confidente dos segredos de minha Misericórdia, obrigo-te não somente a escrevê-los para anunciá-la, mas ainda a implorar a Graça de que adorem a Minha Misericórdia."

Noutra ocasião disse-lhe: " Escreve que quanto maior for sua miséria, tanto maior é o direito que têm à minha Misericórdia. Convido todas as almas à Confiança no INSONDÁVEL ABISMO de Minha Misericórdia, porque desejo salvá-las todas. A Fonte de minha Misericórdia foi aberta pelo golpe da lança, sobre a cruz, para todas as almas. NÃO  EXCLUI   NENHUMA. "

O Divino Salvador deseja ardentemente que na humanidade de hoje se opere uma nova vida de piedade, um grande retorno a DEUS, uma conversão tal que a possa salvar. Esse retorno, ou conversão, deve consistir no reconhecimento do próprio grave erro cometido afastando-se de Deus, fonte única de PAZ e FELICIDADE ... Deus quer que os homens, reconhecendo sua miséria e, simultâneamente sua culpa, voltem-se com humilde e profunda confiança à sua INFINITA MISERICÓRDIA, esperando Dêle a própria Salvação. Parece que desta Imagem e sincero recurso à Misericórdia Divina, Jesus fará depender a Salvação da humanidade da ruína gravíssima que a ameaça.

Eis o que significam as palavras do Divino Salvador à Irmã Faustina: " A humanidade não terá paz, a não ser que se volte com confiança à Divina Misericórdia. "

Para solicitar com mais eficácia este grande retorno a Deus, seja dos indivíduos em particular, seja das nações em geral, O Salvador oferece como meio a particular devoção à sua Misericórdia. Esta devoção deve ser sobretudo interna, isto é, emanar do coração, da vontade de cada alma penitente, arrependida de seus pecados e entristecida pelos pecados dos outros, mas confiante na Infinita Misericórdia. Além deste sentido interior, sem o qual a devoção seria vã, Jesus nos indica alguns meios externos, pelos quais quer distribuir os tesouros de sua misericórdia.


A IMAGEM DE JESUS MISERICORDIOSO

Este meio é qual símbolo eloquente da nova forma de devoção, como foi descrita acima. Esta característica Imagem é muito apta a despertar na alma de quem a contempla um vivo desejo de inexaurível Misericórdia divina e, no coração, um sentimento de grande confiança. Dela, já foram reproduzidas centenas de milhares de cópias em vários países e foram cunhados outros tantos milhares de medalhas representando a mesma Imagem, conseguindo-se com isto, de modo miraculoso, abundantes graças espirituais e materiais.








Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 18/12/08 às 15:13:51 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES