Espacojames


Página Inicial
Listar Marisa Bueloni




Artigo N.º 11320 - Bem-vindo, Francisco
Artigo visto 1837 vezes




Visto: 1837
Postado em: 05/08/13 às 19:50:43 por: James
Categoria: Marisa Bueloni
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=123&id=11320
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Marisa Bueloni

Marisa Bueloni

Existe um dito interessante e espirituoso, cujo significado bem expressa algum tipo de desencanto:

É como ir a Roma e não ver o papa”. Ou seja, perdeu-se o principal, deixou-se de presenciar algo importante.
 
Ver o papa pessoalmente talvez seja o sonho de todo cristão, de todo católico que faz parte da vida da Igreja. O papa é o grande pastor, o chefe supremo de uma instituição que atravessou séculos de história e continua iluminando o mundo.
 
No momento em que este líder espiritual visita um país, a chance de vê-lo de perto se amplia consideravelmente e pode tornar-se realidade para multidões de fiéis.
 
Eis que o papa Francisco pisa em solo brasileiro, para a Jornada Mundial da Juventude, sediada no Rio de Janeiro, onde deverão comparecer jovens de todas as partes do mundo. É o belo encontro do pastor com expressiva parcela do seu rebanho.
 
Além da sua estada na Cidade Maravilhosa, no roteiro do santo padre consta a visita à Basílica de Aparecida, num gesto que reforça a sua postura de aproximação com o povo, sobretudo com os mais humildes, os peregrinos que nos finais de semana lotam aquele centro religioso.
 
E é lá, no santuário mariano, que o papa pretende oferecer a Nossa Senhora uma linda oração. São palavras de ternura e de carinho para aquela que é considerada a rainha e mãe da Igreja. Nesta oração, o santo padre compromete-se a “não hesitar”.
 
De fato, as relações da Igreja com o mundo de hoje pedem uma ação firme e cada vez mais evangelizadora, entendendo-se que a sua missão principal é anunciar Jesus Cristo. Esta é a grande mensagem da Igreja, em todos os tempos.
 
Certamente, é desejo do papa Francisco ser portador desta mesma mensagem aos jovens aos quais irá dirigir a palavra. O santo padre mostra-se atento aos desafios impostos pelo mundo moderno e coloca-se como o fiel mantenedor de uma doutrina que ainda conquista almas e encanta os que com ela simpatizam.
 
Logo que iniciou seu pontificado, Francisco afirmou: “Todo poder deve ser usado como serviço”, numa clara referência de que ele próprio se inclui na condição de servidor. Ao mesmo tempo, sua frase contém um apelo de esperança e se dirige aos detentores de todo tipo de poder, para que se ponham a serviço. A serviço da sociedade, dos necessitados, de causas transformadoras que promovam o bem e a paz.
 
Identificamos no santo padre um pastor sorridente, cujas ações não deverão ficar restritas aos muros da Santa Sé, às suas questões internas e administrativas. Este homem “que veio de longe” parece ter um olhar profundamente misericordioso sobre o mundo, deixando-se comover pelos mais pobres, pelos humildes, buscando ajudar a Igreja que sofre.
 
Bem-vindo, papa Francisco. Que sua mensagem aos jovens seja um inflamado discurso de amor, de fé e de esperança. O mundo precisa de líderes que preguem a bondade, a caridade, o amor fraternal e a paz entre os povos. Seja a sua palavra gravada nos corações de uma juventude que, aqui em nosso país, bem recentemente, deu provas de inteligência e consciência política.
 
 
marisabueloni@ig.com,br
    




LEIA TAMBÉM
Fragmentos de inverno...
Férias de julho
A voz das ruas
Contemplando...
Vária vida
Ainda somos seis
A felicidade reside nas coisas simples
Essa febre
O papa Francisco



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.167.245
Visitas Únicas Hoje: 317
Usuários Online: 145