Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.201.216
Visitas Únicas Hoje: 239
Usuários Online: 115
Sistema de Busca

 

Marisa Bueloni
Exponho neste espaço uma coletãnea de Artigos e Reflexões sobre diversos temas religiosos que nos dias de hoje se fazem presente, com o objetivo de Levar a palavra de Deus aos irmãos e testemunhar o amor que sentimos por Jesus, Maria e Nossa querida e Santa Igreja Católica.




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 926 - Impresso: 18 - Enviado: 10 - Salvo em Word: 10
Postado em: 07/08/15 às 00:22:33 por: James
Categoria: Marisa Bueloni
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=123&id=13607
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Marisa Bueloni

Marisa Bueloni

Sou movida a sonho. Alimento-me do sonho. Na trilha da palavra, habituei-me a sonhar o mundo a partir da visão dos poetas. O poeta quer mudar o mundo, pois vê muito além da paisagem cinza das cidades, além dos limites da percepção. Conformado e cheio de consolações, ele aceita o mundo, porque é dele que extrai a sua poesia. A realidade, o cotidiano é a sua matéria-prima e o contraponto é justamente o sonho.

Olhos que esquadrinham o seu entorno, o poeta faz um relatório completo desta experiência arrebatadora. O que é comum aos outros é extraordinário para ele; o que é invisível aos olhos da maioria torna-se um cenário de perplexidade e luz para sua alma atenta.

O poeta cuida das coisas simples e das complexas com a mesma paixão. Ainda que ignore alguma área da ciência e do conhecimento, tateia com vocábulos certeiros e posa de eminente conhecedor do tema. É a fábula da palavra, que ele sabe manejar com grande efeito.

O ofício do poeta é tratar o fonema, a música que emana das sílabas. Nas mãos do poeta, a palavra ganha um poder infinito, um peso sinalizador de leveza e profundidade. Se ele a escreveu, é porque a escolheu entre um milhão delas.

Não há limite para o reino das palavras. Se o universo é infinito, infinitas são as suas possibilidades. Assim como infinitas são as combinações das notas musicais, que resulta numa melodia, compor com palavras é treinar a prática do infinito. Lá, onde habita o sonho.

É com a palavra que se pode expressar a esperança no ser humano. Até Zeca Pagodinho celebrou com talento esta criatura que nos é tão familiar. O poeta, secretamente, guarda esta esperança no peito. Ele acredita no amor, na bondade, nos gestos de quem compartilha. Volta e meia, dá mostras de que acredita na flor, nas estrelas e no temido mundo das assombrações.

Vaga o poeta sobre o mapa da noite. Vaga sua alma pelas avenidas das indagações. E quando um poeta pergunta, é porque a coisa é grave, é séria. Ele não teme os temas, ele não foge ao seu ofício de perguntar, quase sempre.

Na corrida do “vale tudo”, o poeta faz uma pausa, com sabedoria. Ele sabe que é preciso ser ético, pois a poesia não prescinde da honra, do amor à natureza e ao meio em que vive. O poeta tem valores e respeita os que são vigentes na vida de todos. Sabe que é preciso transigir, dialogar, temperar a vida com especiarias exóticas. Entende que é preciso harmonizar, ceder. E quando a ferocidade da indignação o exalta, ele crê que denunciar pode tornar ainda mais bela a sua missão.

Nem sempre o poeta sonha ser construtor de alguma coisa. Para ele, basta a palavra como arma fundamental. Mas quando o poeta crê na paz, é bonito. Ele sabe que a paz vem de profundas mudanças nas estruturas políticas e sociais, mas teme mexer com isso. Pode não haver rima rica.

Alguns poemas acenam com a idéia de que nem tudo está perdido. Que é possível curar o mundo, salvar a humanidade e que reverter este quadro insano de barbáries e atrocidades diárias é questão de tempo.

Ah, poeta! Haverá tempo?...








Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 07/08/15 às 00:22:33 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES