Parábola do credor incompasivo Texto e Audio
 
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 5.775.184 - Visitas Únicas Hoje: 1.328 -
Usuários Online: 405
Sistema de Busca



Qual a aparição de Nossa Senhora mais importante na História?

Medjugorje

Fátima














Newsletter Espacojames
Receba nossas atualizações diretamente no seu Email - Grátis!
 

Parábolas em Audio




Salvar no Instagram

Salvar em PDF





+ Detalhes: Baixado 272 vezes
Obs.:1) Todo áudio baixado neste site é mono, ou seja, tem apenas 20% da qualidade, compre a trilha sonora original e tenha um som limpo, estéreo e com qualidade total. 2) O Google Chrome esconde o Download, por isso ao clicar em Baixar, dê Control+j para mostrar a janela de Download.



Visto: 1966 - Impresso: 37 - Enviado: 11 - Salvo em Word: 32
Postado em: 16/03/10 às 14:29:08 por: James
Categoria: Parábolas em Audio
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=154&id=4581
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Parábolas em Audio

Então Pedro se aproximou dele e disse: Senhor, quantas vezes devo perdoar a meu irmão, quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?




Respondeu Jesus: Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete.

Por isso, o Reino dos céus é comparado a um rei que quis ajustar contas com seus servos.

Quando começou a ajustá-las, trouxeram-lhe um que lhe devia dez mil talentos.

Como ele não tinha com que pagar, seu senhor ordenou que fosse vendido, ele, sua mulher, seus filhos e todos os seus bens para pagar a dívida.

Este servo, então, prostrou-se por terra diante dele e suplicava-lhe: Dá-me um prazo, e eu te pagarei tudo!

Cheio de compaixão, o senhor o deixou ir embora e perdoou-lhe a dívida.

Apenas saiu dali, encontrou um de seus companheiros de serviço que lhe devia cem denários. Agarrou-o na garganta e quase o estrangulou, dizendo: Paga o que me deves!

O outro caiu-lhe aos pés e pediu-lhe: Dá-me um prazo e eu te pagarei!

Mas, sem nada querer ouvir, este homem o fez lançar na prisão, até que tivesse pago sua dívida.

Vendo isto, os outros servos, profundamente tristes, vieram contar a seu senhor o que se tinha passado.

Então o senhor o chamou e lhe disse: Servo mau, eu te perdoei toda a dívida porque me suplicaste.

Não devias também tu compadecer-te de teu companheiro de serviço, como eu tive piedade de ti?

E o senhor, encolerizado, entregou-o aos algozes, até que pagasse toda a sua dívida.

Assim vos tratará meu Pai celeste, se cada um de vós não perdoar a seu irmão, de todo seu coração.














Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 16/03/10 às 14:29:08 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.




LEIA TAMBÉM

Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES