Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos Medjugorje




Artigo N.º 500 - Reflexões de Ivan
Artigo visto 2043 vezes




Visto: 2043
Postado em: 23/09/08 às 22:05:23 por: James
Categoria: Artigos Medjugorje
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=18&id=500
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Medjugorje

Neste breve encontro com vocês, desejo torná-los participantes das coisas essenciais as quais Nossa Senhora nos convida durante todos estes anos.Antes de falar do conteúdo das mensagens, desejo fazer uma pequena introdução. No início das aparições, em 1981, foi para nós e para nossos familiares, uma grande surpresa. Eu tinha 16 anos e até aquele momento não podia nem mesmo sonhar que isto pudesse acontecer, isto é, que Nossa Senhora pudesse aparecer. Nem os sacerdotes, nem os meus pais tinham me falado disto. Não tinha uma particular atenção ou devoção por Nossa Senhora e não acreditava tanto, ia para a igreja e rezava junto com os meus pais e quando rezava com eles não via a hora da oração terminar para ir embora. Assim eu era quando criança. Não desejo que hoje me vejam como uma pessoa perfeita. ou como um santo. Eu sou um homem, um homem jovem como tantos outros, procuro me tornar melhor., de progredir no caminho da conversão. Também se vejo Nossa Senhora, não me converti de hoje para amanhã. A minha conversão é um processo, um programa para a minha vida durante o qual devo persistir, devo todos os dias mudar, devo renunciar ao pecado e ao mal. Devo dizer que nestes anos não se passou um dia em que dentro de mim não viesse uma pergunta: "Mãe, porque eu ? Não eram melhores do que eu ? Mãe, mas eu faço aquilo que me pedes ? Você está contente comigo ?" Em um encontro, quando estava sozinho com Ela, perguntei-Lhe: "Porque logo eu ?". Sorrindo, Ela me disse: "Saiba, Meu querido filho, que não escolho os melhores". Assim, em 1981, Nossa Senhora apontou Seu dedo em minha direção, me escolheu para ser um instrumento nas Suas Mãos e nas Mãos de Deus. Por isto estou contente por mim, pela minha vida, para a minha família isto é um grande dom, mas também uma grande responsabilidade., uma responsabilidade diante de Deus e diante das pessoas, porque vocês sabem que a quem muito Deus deu, muito cobrará. Creiam-me, não é fácil estar com Nossa Senhora todos os dias, falar com Ela, estar todos os dias nesta luz do Paraíso e depois deste encontro voltar para esta terra e continuar com a vida quotidiana. As vezes tenho que passar algumas horas para repreender-me e voltar a vida quotidiana.

As mensagens

A mensagem mais importante que Ela nos deu nestes anos são a paz, a conversão, a oração, o jejum, a penitência, a fé forte, o amor, a esperança. Estas são as mensagens mais importantes, as mensagens centrais. No início das aparições Nossa Senhora se apresentou como Rainha da Paz e as suas primeiras palavras foram: "Queridos filhos, venho porque me manda Meu filho em vossa ajuda. Queridos filhos, paz, paz, paz. A paz deve reinar entre o homem e Deus, entre os homens. Queridos filhos, este mundo e esta humanidade se encontram em um grande perigo de autodestruição.". São estas as primeiras palavras que Nossa Senhora nos encarregou de transmitir ao mundo e com estas palavras nós vemos como é grande o Seu desejo de paz. Nossa Senhora vem para ensinar a estrada que leva a verdadeira paz, a Deus.

Nossa Senhora disse: "Se não existe paz no coração do homem, se o homem não está em paz consigo mesmo, se não está em paz na sua família, queridos filhos, não pode construir a paz no mundo". Vós sabeis que se alguém da sua família não está em paz, a família toda não está em paz. Por isto que Nossa senhora nos convida e diz: "Queridos filhos, nesta humanidade de hoje existem muitas palavras, por isto não falem de paz, mas comecem a viver a paz, não falem da oração mas comecem a viver a oração, em vós mesmos, em vossas famílias, na vossa comunidade". Depois Nossa Senhora continua: "Somente com o retorno da paz, da oração, a vossa família, a humanidade pode curar-se espiritualmente. Esta humanidade é espiritualmente doente".Este é o diagnóstico.

Mas porque a Mãe se preocupa também de indicar o remédio do mal. Ela nos traz o remédio divino, o remédio para nós e para nossas dores. Ela deseja curar e enfaixar as nossas feridas. Ela deseja nos consolar, Ela deseja nos encorajar, Ela deseja reerguer essa humanidade pecadora porque está preocupada com a nossa salvação. Por isto Nossa Senhora diz:"Queridos filhos, Eu estou com vocês, venho no meio de vós para ajudar-vos para que venha a paz. Porque somente com vocês Eu posso realizar a paz. Por isto, queridos filhos, decidam-se pelo Bem e lutem contra o mal e contra o pecado".

A Mãe fala de maneira simples, e repete que Ela não se cansa nunca. Como vossas mães, quantas vezes repetiram: sejam valentes, estudem, trabalhem, não façam aquilo que é errado.Acho que isto vocês repetem milhares de vezes a seus filhos e penso que ainda não se cansaram. Qual mãe entre vocês pode dizer que não se comporta assim ? Assim também o faz Nossa Senhora conosco. Ela educa, Ela ensina, Ela nos leva em direção ao bem, porque nos ama. Não vem para nos trazer a guerra, para punir-nos, para criticar-nos, para anunciar a segunda vinda de Cristo, para anunciar o fim do mundo. Ela vem como Mãe da Esperança porque deseja trazer esperança para esta humanidade. Nas famílias cansadas, nos jovens, na Igreja e diz a todos nós: "Queridos filhos, se vocês forem fortes a Igreja também será forte. Se forem fracos, também a Igreja será fraca, porque vocês são a Igreja viva, vós sois os pulmões da Igreja. Este mundo tem um futuro, mas deveis começar a mudar na vossa vida deveis colocar Deus em primeiro lugar, Deveis instituir com Deus um novo relacionamento, mais saudável e mais justo, um novo diálogo, uma nova amizade". Em uma mensagem, Nossa Senhora diz: "Vós nesta terra sois peregrinos, estais de passagem". Por isto devemos nos decidir por Deus, junto Dele caminharemos a nossa vida, a Ele consagrar a nossa família, junto a Ele caminharmos em direção ao futuro. Se andamos em direção ao futuro sem Deus, estamos condenados a perdição. Nossa Senhora nos convida a fazer retornar a oração nas nossas famílias, porque Ela deseja que cada família se torne um grupo de oração. Ela deseja que os sacerdotes, em suas paróquias, nas suas paróquias, organizem e guiem grupos de oração. Nossa Senhora nos convida a Santa Missa, como o centro de nossa vida, nos convida a confissão mensal, a Adoração do Santíssimo Sacramento e da Cruz e a rezar o Santo Rosário nas nossas famílias e a ler a Sagrada Escritura. Ela nos diz: "Queridos filhos, leiam as Sagradas Escrituras: se lerem as palavras de Jesus, Ele poderá nascer novamente nas vossas famílias, Ela se tornará alimento espiritual no caminho da vossa vida. Queridos filhos, perdoem a vosso próximo, amem ao vosso próximo".

Queridos amigos, estas são as coisas mais importantes que Nossa Senhora nos dá, a Mãe nos leva a todos em Seu Coração e intercede por cada um de nós diante de Seu Filho. Em uma mensagem, Nossa Senhora diz: "Queridos filhos, se soubessem o quanto vos amo, chorariam de alegria". Tão grande é o Amor da Mãe. Todas as mensagens e tudo o que Ela nos dá são para todo o mundo, não existe uma mensagem para um país ou nação em particular. Sempre e todas as vezes diz: "Meus queridos filhos", porque Ela é Mãe e somos todos importantes, porque necessita de todos nós. Ela não exclui ninguém. Nossa Senhora não tem em conta se alguém é melhor do que nós, ao contrário, Ela pede que cada um de nós abra a porta do próprio coração e faça aquilo que pode fazer. Ela diz: "Queridos filhos, não procurem os erros nos outros, não os critiquem, mas rezem por eles". Por isto as mensagens sobre a oração e sobre a paz, são dos mais importantes convites que Nossa Senhora nos faz. Tantas vezes Nossa Senhora repetiu a mensagem: "rezem, rezem, rezem" e creiam-me, Ela ainda não está cansada. Ela deseja mudar o modo de nossa oração. Ela nos convida a rezar com o coração. Rezar com o coração significa rezar com amor, com todo o nosso ser. Deste modo a nossa oração se tornará um encontro, um diálogo com Jesus Cristo. Por isto vos digo, [e muito importante decidir pela oração. Nós hoje dizemos que não temos tempo, não temos tempo para a família, para a oração, porque dizemos que trabalhamos muito e estamos muito atarefados e cada vez que devemos estar com a família ou rezar é sempre um problema de tempo. Mas Nossa Senhora diz simplesmente: "Queridos filhos, não podeis dizer que não tem tempo: o problema não é o tempo, o problema é o amor, porque quando amais e quereis algo encontram sempre tempo e quando não amam e não gostam de algo não encontram tempo para isto".

Agora a pergunta que devemos fazer é se amamos a Deus verdadeiramente. Porque Nossa Senhora nos convida tanto a oração porque deseja acordar-nos desta morte espiritual, do coma espiritual em que se encontra a humanidade hoje, trazendo de volta a fé e a oração. Eu espero que respondamos todos ao convite de Nossa Senhora de aceitar as suas mensagens e tornar-se com Ela construtores de um mundo novo, digno do Filho de Deus.

traduzido do jornal "Medjugorje Torino" -- julho 2008


www.medjugorjebrasil.com

 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.659.358
Visitas Únicas Hoje: 588
Usuários Online: 359