Espacojames


Página Inicial
Listar Livro Aberto




Artigo N.º 12750 - Revelação de Deus Pai a Santa Catarina de Sena ( LIVRO O DIÁLOGO ) - Parte 13
Artigo visto 2424 vezes




Visto: 2424
Postado em: 01/11/14 às 18:55:30 por: James
Categoria: Livro Aberto
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=180&id=12750
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Livro Aberto

13 . ORAÇÃO À MISERICÓRDIA DIVINA

 

13 . ORAÇÃO À MISERICÓRDIA DIVINA


Então aquela serva, ébria, incapaz de se dominar, como que em pé diante de Deus, dizia:

- Ó misericórdia divina, que disfarças os defeitos humanos! Não me espanto que digas a quem deixa o pecado mortal e volta a ti: "Não me lembrarei mais de que me ofendeste". Não, misericórdia inefável, não me espanto de que fales assim a quem se converte. Surpreende-me que digas sobre os que te combatem; "Quero que oreis por eles, a fim de que eu os perdoe".

Ó misericórdia, Pai, que procede da tua divindade e que, pelo teu poder, governa o mundo inteiro. Tua misericórdia nos criou, tua misericórdia nos recriou no sangue de teu Filho, tua misericórdia nos conserva. Foi ela que levou Jesus a atirar-se aos braços da cruz na batalha da vida contra a morte, da morte contra a vida. Então a vida venceu a morte do pecado, enquanto a morte que vem do pecado destruiu a vida física do Cordeiro sem manchas. Mas quem foi o vencido? A morte! Quem o vencedor? Tua misericórdia.

Tua misericórdia produz a vida, concede a luz, revela o Espírito em todos os homens, santos e pecadores. Reluz nas alturas do céu, em teus santos; e, se me volto para a terra, como ela é abundante aqui! Tua misericórdia brilha mesmo na escuridão do inferno, porque não dá aos condenados todo o castigo que merecem. Com tua misericórdia mitigas a justiça; por tua misericórdia nos lavaste no sangue; por misericórdia vieste conviver com os homens.

 

Conheça a história completa de Jesus Misericordioso no Artigo N.º 7655 - "O Dia da Misericórdia" ( Perdão total dos pecados e das penas do purgatório, saiba como fazer passo a passo )

 

Lei também, todos os diálogos entre Jesus e Santa Fautina no menu: http://www.espacojames.com.br/?cat=225

 

Ó louco de amor! Não te foi suficiente nascer, quiseste até morrer; não te foi suficiente morrer, desceste à mansão dos mortos, de lá retirando os antigos pais, a fim de realizar neles a verdade e a misericórdia. Porque prometes o prêmio a quem te serve com retidão, desceste ao limbo para libertar os que te haviam servido, dando-lhes a recompensa pelos cansaços.

Vejo que a misericórdia te obrigou a conceder mais coisas ainda aos homens: ficaste como alimento! Por sermos fracos, (a eucaristia) nos alimenta; por sermos faltosos e esquecidiços, nos recorda os teus benefícios. Eis porque nos dás todo dia esse alimento, fazendo-te presente no sacramento do altar mediante a hierarquia da santa Igreja. Quem faz tudo isso? Tua misericórdia.

Ó misericórdia, afoga-se o meu coração ao pensar em ti! Para qualquer lado que me volte, só encontro misericórdia.

Pai eterno, perdoa a minha insensatez, pois tive a ousadia de falar na tua presença. Que teu misericordioso amor me alcance o perdão diante da tua bondade!

 

--

 

Continua na parte 14 )

 


 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.675.080
Visitas Únicas Hoje: 1.767
Usuários Online: 498