Espacojames


Página Inicial
Listar Saiba Mais




Artigo N.º 11086 - Conheça a tecnologia por trás dos servidores do Facebook
Artigo visto 3638 vezes




Visto: 3638
Postado em: 20/06/13 às 09:11:29 por: James
Categoria: Saiba Mais
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=19&id=11086
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Saiba Mais

Veja a matéria do Fantástico sobre como a exposição de dados pessoais na Internet pode ser prejudicial

 
 
--
 
Outra questão importante é que todas as nossas informações não são excluídas do facebook, elas ficam arquivadas conforme denúncia exibida pelo fantástico no ano passado. Nem mesmo a conta é excluída definitivamente, a qualquer momento basta fazer o login que a conta será reativada como se nada tivesse acontecido.
 
Muita gente no mundo hoje possui uma conta no facebook por isso achei interessante postar esta matéria para termos uma noção deste grande feito tecnológico e de como a humanidade está envolvida.
 
Fiquem de olho!
 
--
 
Você já se perguntou onde ficam guardadas todas as fotos e informações que você posta no Facebook? Um dos data centers da rede social fica em Prineville, no estado americano de Oregon. Inaugurados em abril, os novos servidores do Facebook fazem parte de um projeto chamado de Open Compute.
 
.
Os servidores do Facebook sustentam a maior rede social do mundo, com cerca de 600 milhões de usuários
 
O data center utiliza novas formas de ligação elétrica, novo sistema de resfriamento em fio e por evaporação e nova reorganização do design de dados. O resultado é o ganho de 38% em eficiência com corte de custos da casa de 24%.
 
 
Fotos revelam a sala de servidores que faz o Facebook funcionar
 
Um repórter da Time teve acesso  à restrita sala dos servidores do Facebook, localizada em Santa Clara, Califórnia. 
 
Este centro de dados é exigido para que mantenha o bom funcionamento do site e é responsável por responder mais de 550 milhões de usuários espalhados por todo o mundo. 
 
 
 
O centro de dados do Facebook possui dezenas de milhares de servidores. 
 
 
Estas linhas de servidores são configuradas para minimizar a energia necessária para manter o centro de dados em funcionamento. 
 
 
Aqui você vê um close dos servidores em dois racks. 
 
 
O centro de dados inclui sistemas sofisticados de refrigeração e backups de fontes de alimentação. 
 
 
 
Estes cabos, extremamente organizados, conectam os servidores entre si e com o mundo exterior. 
 
 
O centro foi construído com uma "camada de replicação", modelo que faz com que quase nunca fique fora do ar. 
 
 
A instalação onde o fotógrafo Martin Schoeller tirou estas fotos está localizada a 25 minutos de carro da sede do Facebook. A empresa está atualmente contruindo um centro de dados em Prineville, Oregon, e em mais alguns outros locais. 
 
 
Os servidores precisam garantir rápidas atualizações de página "de modo que um comentário ou post apareça em poucos segundos" na página. Multiplicar isso por 550 milhões de usuários mostra quão poderoso e impressionante é este data center.
 

 

--

Novo datacenter do Facebook na Suécia

A maior rede social do mundo – e de todos os tempos, pelo menos até agora – está com mais um projeto de criar centrais de dados em ambientes gelados. Após o anúncio de que servidores seriam montados em regiões geladas da Europa (para aproveitar as temperaturas baixas em um sistema mais eficaz de refrigeração), agora o Facebook revelou que terá mais dados armazenados em sistemas “abaixo de zero”.
 
Com uma nova base montada próxima à estação de dados de Prineville (no estado do Oregon, EUA), a empresa vai testar um sistema de armazenamento com menor consumo de energia elétrica. Trata-se de uma estruturação por demanda, que só aciona os discos rígidos quando necessário e consegue manter-se resfriada devido à temperatura externa das centrais. Devido às baixas temperaturas envolvidas, o sistema está sendo chamado de “Sub-Zero”.
 
Nessa base de Oregon, não ficarão os dados dos usuários (fotos, por exemplo), mas sim arquivos de extrema necessidade para momentos de queda dos sistemas vitais para o funcionamento da rede social. De acordo com o Wired, o projeto estará em construção pelos próximos semestres, sendo colocado em funcionamento somente na metade do próximo ano.
 
Fonte: Wired
 
 

 

 

 

 

 


 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.755.551
Visitas Únicas Hoje: 198
Usuários Online: 243