Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.338.021
Visitas Únicas Hoje: 676
Usuários Online: 281
Sistema de Busca

 

Obras Malignas




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 3139 - Impresso: 49 - Enviado: 17 - Salvo em Word: 41
Postado em: 23/03/12 às 22:51:30 por: James
Categoria: Obras Malignas
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=31&id=9564
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Obras Malignas

A rede ABC, emissora de TV ligada à Disney, provocou indignação e protestos ao anunciar uma série baseada no livro “Good Christian Bitches”, de Kim Gatlin. A produção já havia causado polêmica quando a emissora anunciou a gravação do episódio piloto. Como forma de contornar a polêmica a emissora mudou o nome do programa para “Good Christian Belles” (Boas e Belas Cristãs), mas acabou decidindo usar somente as iniciais. Dessa forma o programa foi ao ar com o nome de “GCB”.

A série gira em torno de Amanda Vaughn (Leslie Bibb), uma mulher que se vê obrigada a se mudar para sua cidade natal, Dallas, após a morte de seu marido, um golpista que estava fugindo com a amante e acabou sofrendo um acidente. Sem outro lugar ou pessoa a recorrer, a não ser sua mãe alcoólatra, ela vai com os filhos para a cidade onde cresceu.

De volta à sua cidade, a protagonista terá de enfrentar três mulheres que, durante o colegial, eram atormentadas por ela. A série explora a dubiedade de seus personagens, que por um lado são cristãs devotadas, que frequentam a assiduamente a igreja e, por outro, deixam levar pela libertinagem. O ponto de encontro das mulheres fofoqueiras, maliciosas e venenosas é justamente a igreja onde congregam semanalmente. Uma das personagens da séria usa ainda passagens da Bíblia para fazer com que as demais entendam seus recados durante suas tramas.

Esse enredo causou uma reação imediata em diversos grupos cristãos, que se manifestaram contra a produção. De acordo com o NY Dail News, o vereador nova-iorquino Peter Vallone Jr. é um dos opositores da série e criticou a tentativa da ABC em mudar o nome do programa: “Eles não estão enganando ninguém com isso. Você não pode mudar algo que já está em sua cabeça… não somos idiotas”, afirmou.

A Associação de Famílias Americanas também se posicionou sobre o caso e afirmou que o show “ridiculariza todas as pessoas que têm fé”. A associação organizou um abaixo-assinado com o objetivo de boicotar a série que já reuniu mais de 200 mil assinaturas. O porta-voz da organização religiosa afirmou: “Nosso boicote realmente teve eco entre os telespectadores – especialmente na comunidade cristã – que estão chocados e horrorizados porque a ABC/Disney realmente pretende colocar no ar esse programa. É intolerância anticristã. Esse tipo de programa é um insulto a todos nós. O nome do programa é ofensivo, um insulto e uma humilhação. Uma falsa representação da comunidade cristã – não apenas isso, acho que é um insulto a todas as mulheres”.

Apesar dos protestos a ABC está produzindo a primeira temporada da série e já planeja distribuir a produção para outros países.

Fonte: www.midiagospel.com.br

--

Irmãos o que falta agora para a nossa Igreja sofrer ataques? os açoites, cusparadas, insultos, fora trocadas pela midia que é arma pior do que Jesus sofreu de seus inimigos. Leia com bastante atenção este artigo. E vejamos o quanto Jesus é Cruxificado a cada minuto pelos os lobos soltos e com a usa mordida fatal devoram mentes doentes:

Enquanto nos acusam de idólatras, homofóbicos, preconceituosos, de não promovermos o avanço da ciência, do intelecto, da razão e de tudo o mais que você já ouviu, o “lado-de-lá” investe pesadamente em difamar, hostilizar e doutrinar a sociedade para uma mentalidade de preconceito a tudo o que se refira ao Cristianismo.

Já vimos N coisas deste tipo. Filmes, como “A última tentação de Cristo”; músicas, como “Alejandro”, de Lady Gagá; livros, como “O Evangelho segundo Jesus Cristo”, de José Saramago… Não dado por satisfeito, a Disney resolveu lançar um programa (porque era o que faltava!!!). O nome? Boas Prostitutas Cristãs.

Segundo a direção do programa, o objetivo do mesmo era mostrar a hipocrisia que há no meio religioso. A história é sobre uma mulher que se divorciou do marido e voltou para sua cidade natal. Lá ela sofreu “bullying” das beatas por estar separada. (Se você viu qualquer tipo de rotulação de todos os religiosos e do meio crente nestas poucas linhas que citei anteriormente, não se assuste! É que eles, os “livres”, de “mente abertas”, não conseguem se sentir “Inteligente” se não tiver uma causa pra isso).

Claro que o objetivo que está por trás é bem maior. O objetivo é denigrir a imagem do religioso, como se fosse alguém que tivesse duas caras. Quer tratar também dos temas sexuais que permeiam a Igreja: homossexualismo, pedofilia, casos de religiosos com mulheres… Mas isso ocorre apenas com religiosos? Não há nada disso em nenhum outro meio social? Sem contar que o programa denigri o papel das mulheres! E onde estão as machas-de-saia feministas numa hora dessas? Defender o direito da mulher em abortar elas aparecem. Por que não vêm agora defender-nos desta ofensa? Talvez porque, para elas, prostituição é uma profissão digna, né? Francamente!

Agora, a grande diferença dos EUA pro Brasil: lá, a comunidade cristã está em cima fazendo a frente para que o programa não entre ao ar. Estão fazendo todas as empreitadas possíveis para o programa não ter vazão. Se fosse aqui no Brasil era bem capaz de a gente aplaudir o negócio desses… Acho que chegou a hora de imitarmos nossos irmãos norte-americanos e lutarmos, defendermos nossa fé, dessa mesma maneira.

E ai vamos ficar calados e braços cruzados? Façam como eu fiz,divulguem essa matéria.
Por Cristo,Com Cristo e em Cristo.




Fonte: http://reporterdecristo.com/66469





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 23/03/12 às 22:51:30 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.

LEIA TAMBÉM












Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES