APARIÇÕES DE NOSSA SENHORA DA ROCHA "ROCCIA DI BELPASSO", NA CATÂNIA, SICÍLIA/ITÁLIA
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.017.643
Visitas Únicas Hoje: 584
Usuários Online: 252
Sistema de Busca

 

Aparições de N. Sra
Artigos sobre as principais aparições de Nossa Senhora pelo mundo, durante toda a história. Vale a pena conferir cada história que impressiona pelos fatos.




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 4664 - Impresso: 68 - Enviado: 23 - Salvo em Word: 49
Postado em: 12/04/13 às 10:25:40 por: James
Categoria: Aparições de N. Sra
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=34&id=10882
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Aparições de N. Sra

APARIÇÕES DE NOSSA SENHORA DA ROCHA "ROCCIA DI BELPASSO", NA CATÂNIA, SICÍLIA/ITÁLIA

 

BREVE HISTÓRIA DO VIDENTE ROSÁRIO TOSCANO

 
No tempo das aparições Rosário tinha 15 anos, tendo nascido em Catania no dia 22 de junho de 1971. Filho único, vive no meio de uma família de boa posição econômica, por causa da boa prosperidade comercial do pai. Durante sua infância nada previa as aparições. Sua vida escolar e paroquial toda desenvolveu em Catania, onde vivem os seus parentes, e onde seu pai, recentemente falecido, trabalhou. O ensino pré-escolar e primeiro ciclo da escola elementar Rosário terminou no Instituto de Las Hermanas Sacramentinas. Desde o segundo ciclo da escola elementar até a escola intermediária, foram cursados no "Leonardo Da Vinci" dos Hermanos das Escolas Cristianas. Os últimos anos do segundo grau, na Itália chamados Clássico, os completa no Instituto "Príncipe Humberto" para depois se inscrever em Letras Clássicas, na Universidade de Catania.
 
Atravessando esta história bastante comum, começa uma experiência de doenças. Doença misteriosa de origem viral que compreendia de fraquezas e febres constantes. No momento em que esta doença parecia se trasnformar em uma condenação, começaram para Rosário as mainifestações sobrenaturais, no dia 04 de maio de 1986.
 
 
 
 
MODALIDADE DAS APARIÇÕES
 
As aparições começaram no domingo, dia 11 de maio de 1986 e concluiram no dia 1º de maio de 1988.
 
Ao todo foram 32 (trinta e duas) e na última, a Virgem pre-anunciou que a aparição Nº 33 e definitiva, acontecerá dentro de um prazo indeterminado. Rosário nos esclareceu, com as seguintes palavras, o que acontecia nas aparições:
 
Cada vez (depois de ter ajoelhado e ter esperado por alguns minutos em oração e com a cabeça inclinada) dei uma olhada sobre a Roca. Não vi em seguida a Virgem. Primeiro via uma pequena nuvem chegar desde aquela parte onde está o mar, que se ia aproximando da Roca a uma velocidade lenta.
 
Apoiada sobre a Roca, a nuvem resplandecente e de uma grandeza tal que envolvia uma pessoa, começava a se abrir da mesma maneira que uma flor e com a mesma velocidade que havia chegado até a Roca.
 
Enquanto a nuvem se abria, começava a transparecer a luz da Virgem, que era tão forte e intensa que a luminosidade do sol parecia diminuir de tal modo que parecia como a lua do dia.
 
Ao mesmo tempo percebia-se que o vozerio das pessoas circundantes, diminuia a tal ponto de me envolver em torno de mim um silêncio absoluto.
 
No centro da nuvem, abrindo-se, recolhia-se todo sobre a Roca para formar uma sorte de almofada entre a Roca mesma e os pés da Virgem. A abertura da nuvem se realizava de tal forma que permitia ver primeiro a cabeça da Virgem (aqui eu começava "Te saudo, oh! Minha Rainha...!") para prosseguir até os pés.
 
Ao nosso redor não se percebia nenhuma sensação: parecia que estávamos sozinhos, sózinho a Virgem e a roca. A luz da Virgem era infinita, porém não doia as vistas, ao contrário, atraia o nosso olhar para ela, eu desejava admirá-la, admirá-la, e não deixar de admirá-la.
 
Antes de falar comigo, a Virgem voltou seu olhar para as pessoas, sorrindo. Imagino que se comprazia em olhar aos seus filhos, que haviam concorrido ao lugar das aparições.
 
Logo depois, inclinou seu olhar até mim e começou a falar.
 
A Virgem sempre apareceu para mim vestida de branco. Porém de um branco incandescente, como os reflexos prateados do sol sobre uma água tranquila e cristalina. Esta luminosidade intensíssima produzia no céu, que servia de fundo para a Virgem, uma mudança na sua cor habitual, que de celeste assumia as mesmas cores que se vêem na aurora.
 
A Virgem sempre vestiu um manto branco que pendia desde a cabeça aos pés, recubrindo Seu Ser. As ondas do seu manto pareciam de ouro. Seu vestido era todo enterizo, ajustado na cintura com um laço, cujas ondas também pareciam de ouro. Este laço tinha um único nó que iam até os joelhos.
 
A extremidade direita era um pouco mais larga que a esquerda. O vestido tinha uma gola redonda simples cujas mangas não eram muito estreitas nos punhos. O vestido caia delicadamente sobre os pés, formando delicadas pregas ao lado deles, porém sem cubri-los completamente.
 
Os pés estavam descalços e ambos eram possível ver até os dedos. Apoiavam sobre a nuvem, que era muito densa. Não deixava a impressão que a Virgem apoiava no vazio, ou que estivesse suspensa no ar.
 
A tez da Virgem é clara, ligeiramente mais rosada sobre as faces. Os cabelos são castanhos, porém com um reflexo mais avermelhado, como os reflexos que têm as morenas. Estão ligeiramente ondulados. Não sei se são curtos ou compridos: nunca vi a virgem de cabeça descoberta. Os olhos são de um azul intenso, parecem safiras. As vezes o mar assume esta cor, quando brilham sob o sol, recorda ainda que muito distante, a cor dos olhos da Virgem.
 
O Coração é de um vermelho escuro, cravejado por muitos espinhos em sua volta. O Coração da Virgem enorme no meio dos espinhos, e sobre ele ha uma chama. De todos modos, o Coração erradiava uma luz intensa, penetrante e envolvente. Cada vez que a Virgem o mostrava, me sentia impregnado daquela luz como uma esponja submersa em água: a sentia por dentro e por fora.
 
Além disso esse Coração Suave não estava por fora do vestido da Virgem, como muitos erroneamente crêem, senão que era tão luminoso que se tornava transparente ao exterior, e o vestido nesse lugar era transparente como um véu.
 
A Virgem aparecia sempre com um rosário na mão direita. As contas do mesmo eram brancas como pérolas, mas a corrente e a cruz pareciam de ouro. Suas mãos não eram muito grandes. Suas mãos não são nem magras nem gordas.
 
Diria que são proporcionais ao seu Ser: Sua estatura era de aproximadamente um metro e setenta e cinco de altura. A Virgem não demonstrava uma idade superior aos dos 18 anos.
 
 
 
Na primeira aparição (11 de maio de 1986) a Virgem tinha "as mãos postas e um rosário entre as mãos". Na aparição do dia 08 de junho de 1986, logo após a revelação do seu Título, "a Virgem separou as mãos e esticou o braço direito para frente com o rosário na mão como nos convidando para orar: o braço esquerdo o pôs em sinal de proteção". Aqui Maria manifesta o seu Coração.
 
Quando a Virgem dedicou uma aparição intera para rezar o Santo Rosário, no dia 1º de dezembro de 1986, junto ao vidente, "começou com o sinal da cruz". Logo depois assumiu uma posição nova com respeito as outras aparições, cumprindo um gesto significtivo: " a cruz do rosário dela estava apoiada sobre o seu Coração Imaculado com a mão direita, enquanto que com a mão esquerda fazia correr as contas".
 
No dia 1º de fevereiro de 1987, num dado momento da aparição, a Virgem faz um gesto similar ao realizado em Fátima, numa situação análoga: "Aproximou suas mãos uma com a outra, abertas. Das palmas sairam uma luz intensa que caiu na terra a poucos metros de onde eu estava ajoelhado; olhei e vi que a terra se partiu".
 
Segue a visão do inferno (AQUI NÃO DESCRITA).
 
Em diversas oportunidades a Virgem se apresentou chorando, como Dolorida (cfr. Do dia 8 de julho de 1986, e dia 18 de junho de 1986). Na aparição do dia 1º de abril de 1988 apareceu como Dolorida ajoelhada embaixo da Cruz, e convidou a Rosário a rezar três mistérios do Santo Rosário, e é aí que Rosário nota, através de um movimento da Virgem, como Ela "intercede por nós". "Notei uma coisa muito bonita quando rezava "...Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós pecadores..." a Virgem alçava carinhosamente o olhar até o alto.
 
 
VIDENTE ROSÁRIO TOSCANO
 
 
 
 
 
Também quando a Virgem me fez ver o inferno na visão do dia 1º de fevereiro de 1987, Seu rosto era muito sério mas não preocupado, não via nenhum tipo de alteração sobre o Seu rosto, como se quisesse me dizer que já não tinha nada mais a fazer por aquelas almas que estavam submersas naquele fogo. E que aquela situação tinham sido causadas por aquelas mesmas almas.
 
Quando a Virgem bendizia, as vezes o fazia estendendo as mãos com as palmas adiantadas assim abaixo (especialmente quando bendizia os objetos). Outras vezes fazendo um sinal da cruz, de modo não tímido mas com discrição, como se não quisesse substituir a figura do sacerdote, e este motivo particular pude constatar mais de uma vez, mesmo porque Ela mesmo o ha confirmado.
 
Quando no dia 8 de dezembro de 1987 apareceu na igreja del Oratório São Felipe Neri, em Acierale, a Virgem tinha as mãos postas. Sómente no final da sua mensagem, pronunciando as palavras: "Oração, Reparação, Penitência" separou as mãos e, acompanhando as três palavras, as levantou três vezes (como quando se faz sinal de levantar-se), ao mesmo tempo que aparecia a visão de Seu Coração Imaculado.
 
 
 
A ROCHA DAS APARIÇÕES
 
 
 
OS SEGREDOS
 
Nas mensagens de Belpasso, Misericórdia e Justiça indicam os tempos reais. O tempo da Misericórdia, que é necessário aproveitar antes que seja demasiado tarde ( efetivamente: " não há muito tempo") é o presente. E o tempo da justiça? Que nos reserva este tempo? O que acontecerá ao finalisar o tempo da Misericórdia?
 
Parece lícito dar uma olhada de santa curiosidade sobre os segredos, se ele mesmo Rosário, que deve manter sigilo sobre os segredos, no quarto aniversário das aparições (11 de maio de 1991) ha deixado entrever algo a respeito da sua dinâmica e do seu conteúdo, com essa movimentação. "Disse-lhes tudo isso somente para informar-lhes, e concientizá-los de tantas coisas que estão no direito de conhecer".
 
 
NOSTRA SIGNORA ROCCIA DI BELPASSO, NA SICÍLIA
 
 
 
 
A linguagem usada não deixa dúvidas. Sobretudo se trata de "eventos não gratos" (1-V-88), de "gravíssimos castigos" (1-1IV-87), de "purificações" (1_X_87).
 
No dia 11 de maio de 1991 Rosário dava esta precisão:
 
"Muitos têm perguntado se tais acontecimentos não gratos serão muito dolorosos. Basta-lhes saber que tenho chorado por semanas inteiras e creio que nunca mais teria paz se o Coração de nossa Mãe não tivesse me consolado e se a Graça de Nosso Senhor não houvesse me assistido".
 
O contexto das mensagens nos deixa entender tambeém que Deus tem tomado decisão e estabelecido etapas, por tanto, os segredos se realizarão, embora possam ser atenuados.
 
Rosário disse " submetidos".
 
Comprende-se também, pela tristeza na qual Maria anuncia e prevê a falta de resposta por parte do homem: "Muitos se relaxaram de novo e se esqueceram de Deus e de suas luzes" (1-V-88).
 
Também o contexto das mensagens se deduz que os castigos contidos nos segredos tem dois motivos:
 
1 - são castigos pelo pecado; 
2 - são purificadores a vista do retorno de Jesus.
 
Deus dá ao homem a possibilidade de se purificar através de uma ação que consiste em uma vida de penitência, sacrifício, jejum, e principalmente, do recurso dos sacerdotes e da oração.
 
Os pecados que atraem os castigos são:
 
"A superficialidade" (1-11-88),
"O relaxar-se" ( 1-V-88 ),
O estar "vendidos concientemente aos prazeres mundanos" (1-II-88),
"o esquecimento de Deus de suas leis" (1-V-88)
Como também a "indiferença para com Jesus Cristo e Seu sacrifício" (1-VI-87).
 
Todos estes pecados estão localizados nos corações endurecidos (1-VIII-87).
 
O povo de Deus, de modo particular tem uma maneira decisiva como já vimos. Colocando em prática os conselhos de Maria estarão colaborando para "abrandar os corações endurecidos". Para sua "purificação" e para transformá-los "em corações mais fervorosos" (1-VIII-87) e para levar a todos a unidade do Cristo total e a paz.
 
Os segredos formam parte do grandioso projeto de Deus, para que em uma nova Páscoa haja a recapitulação de "todas as coisas em Cristo" (Ef.1,10).
 
Trata-se de um processo de aceleração da história até parusía, o retorno de Jesus Cristo. Que o senhor manifesta a existência destes segredos é um sinal de amor misericordioso de Seu Coração e da especial predileção para com o Seu Povo.
 
Frente aos segredos não se deve ter uma atitude incorreta. Não deve aproximar-se a eles com vã curiosidade nem ar de suficiência, recordando que Deus não abre Seu Coração aos soberbos e aos sábios deste mundo (Mt11,25).
 
Aos segredos é necessário se aproximar com respeito, com o mesmo respeito que se deve a Vontade de Deus, que é a fonte bendita que fomos irmanados.
 
O triunfo do Coração Imaculado de Maria e o período da paz constituem em sinal que forma parte de uma série de sinais que devem manifestar ao mundo o esplendor não só de Maria, senão também da Igreja, como parece indicar o referido ao sétimo segredo.
 
Acerca dos tempos, é necessário dizer que os segredos cabe a esta geração. Afirma implicitamente as mensagens, e explicitamente o fato de estar vivo Rosário, já que quando os segredos aconteção, será Rosário, o responsável em anunciá-los. 
 
 
  
No dia 11 de maio de 2000, o Arcebispo de Catania, S.E. Mons. Bommarito, benzeu a estátua da Virgem da Rocha de Belpasso e consagrou a Capela como Santuário Mariano da Diocese de Catânia, aplicando ao mesmo a Indulgência Jubilar.


Fonte: http://fotosmilagrosasbrasil.blogspot.com.br/





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 12/04/13 às 10:25:40 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES