Devoção a Nossa Senhora da Rosa Mística- II
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 5.884.433
Visitas Únicas Hoje: 566
Usuários Online: 218
Sistema de Busca

 

Devoção




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 3011 - Impresso: 71 - Enviado: 16 - Salvo em Word: 58
Postado em: 02/07/11 às 15:03:41 por: James
Categoria: Devoção
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=36&id=8151
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Devoção


A veneração a Maria como Rosa Mística remonta aos primeiros séculos do Cristianismo. O Hino Acatista, das igrejas do Oriente, tem a invocação "Maria, Rosa Mística, da qual saiu Cristo como milagroso perfume"... As ladainhas lauretanas, que datam de 1587, também já traziam a invocação 'Rosa Mística". Tanto nos escritos dos Padres da Igreja, como no culto mariano, aparece o título de Rosa Mística, através dos séculos, para louvar a Mãe de Jesus.

Na Itália, a devoção mais antiga a Rosa Mística está relacionada a uma pequena imagem de Nossa Senhora segurando Menino Jesus no braço esquerdo, tendo na mão direita um galho de roseira com uma flor aberta (na ilustração desta página, aparece coroada e com véu azul, ao centro). Essa imagem foi levada para o Convento das Irmãs de Caridade em Cormons em 1737, quando aconteceu um primeiro milagre: do braço e da mão da imagem que segura a rosa, escorreu com um abundância um líquido, como suor. Esse fenômeno aconteceu durante 15 dias. Muitos milagres foram registrados desde a efusão da água milagrosa. Em 1885 foi celebrada de maneira particular, no dia 15 de janeiro, a primeira festa da Rosa Mística de Cormons.

Na Alemanha, o Santuário de Rosenberg abriga uma imagem milagrosa de Nossa Senhora Rosa Mística, venerada desde 1738. No pedestal da imagem estão três rosas: uma vermelha, uma amarela e uma branca. Essa imagem está em um nicho com 13 rosas douradas de cada lado, em fileiras e cachos de 3, 4 e 6 flores

A mais conhecida devoção a Rosa Mística é relacionada a aparições de Nossa Senhora a Pierina Gilli, sob esse título. Esses fenômenos ainda não foram analisados pela Igreja, mas a devoção particular se estendeu por todo o mundo. Em Montichiari, Nossa Senhora Rosa Mística se apresentou em 1947 com três rosas sobre o peito: uma vermelha, uma amarela e uma branca, pedindo oração, sacrifício e penitência.
Essas aparições aconteceram em Montichiari e em Fontanelle, subúrbio de Montichiari, na Itália. Os bispos de Bréscia, desde 1966 até os dias de hoje, proibiram a devoção pública a Rosa Mística. No ano de 2001, o bispo atual, Mons. Giulio Sanguineti, determinou a organização da dispensa dos sacramentos e do culto mariano em Fontanelle, estabelecendo um sacerdote responsável pelo atendimento daquela comunidade. Além disso, uma nova associação de fiéis – Rosa Mistica Fontanelle – foi constituída, para a promoção e divulgação da devoção a Nossa Senhora, na localidade de Fontanelle, sob orientação do Bispo de Bréscia.

A Rosa Mística de Montichiari se tornou conhecida pelo mundo todo, de tal maneira que fora da Itália existem 4 santuários associados a essa devoção: no Brasil (em Jambeiro, SP), na Venezuela, no Líbano e na China.








Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 02/07/11 às 15:03:41 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.




LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES