Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.200.601
Visitas Únicas Hoje: 1.433
Usuários Online: 243
Sistema de Busca

 

Anjos de Deus
Artigos sobre os anjos de Deus, seres celestes que realizam as mais arduas tarefas, todas em pró do céu. Acredita-se que cada pessoa tem o seu prórpio anjo da guarda, que nos proteje de todos os espíritos malignos.




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 2764 - Impresso: 102 - Enviado: 20 - Salvo em Word: 59
Postado em: 06/09/09 às 21:49:00 por: James
Categoria: Anjos de Deus
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=38&id=2988
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Anjos de Deus


Em hebraico, gabrî 'êl quer dizer: "Homem de Deus" ou "Deus se mostrou forte" ou, ainda, "força de Deus".

Já no Antigo Testamento esse Arcanjo aparece a Daniel. Depois da visão que este profeta teve sobre os impérios dos persas e gregos, e procurava entendê-la, aparece-lhe São Gabriel.

E o faz com tanta majestade e esplendor, que quando ele chegou, caí espavorido com o rosto por terra" – confessa Daniel.

Depois que o Arcanjo lhe explica o significado da visão e desaparece, afirma Daniel: "perdi as forças e fiquei doente alguns dias" (Dan 8, 15ss).

Pouco tempo depois São Gabriel aparece-lhe novamente para lhe revelar o tempo preciso da vinda do Messias (Dan 9,19ss).

Chegada a plenitude dos tempos, o próprio Arcanjo aparece a Zacarias (pai do Precursor, São João Batista), dizendo-lhe: "Eu sou Gabriel que assisto diante (do trono) de Deus" (Lc 1,29). O que leva a crer que se trata mesmo de um dos primeiros espíritos angélicos.

São Gabriel, o Anjo da Encarnação, é considerado igualmente como o Anjo da Consolação e da Misericórdia; mas, de acordo com o significado de seu próprio nome, representa o poder de Deus.
É por isso que as Escrituras, ao referir se a ele, utilizam expressões como poder, força, grande, poderoso (cf. Dan 8- 10).
A tradição judaica atribuía a esse glorioso Arcanjo a destruição de Sodoma (cf. Gen 19, 1 – 29), bem como o ter marcado com um Tau* a fronte dos eleitos (Ez 9, 4); e o apresentava como o Anjo do Julgamento Final*.

A tradição cristã vê nele o Anjo que apareceu aos pastores para anunciar o nascimento do Salvador (Lc 2, 8- 14), e a São José, em sonhos, para explicar a concepção virginal de Maria Santíssima (Mt 1, 20). Teria sido ele também quem confortara Jesus em sua agonia no Horto (cf. Hino de Laudes* do dia 24 de março).

 



(Fonte: http://www.livrariapetrus.com.br/)





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 06/09/09 às 21:49:00 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM




Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES