Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 12259 - Cristão acusado de blasfêmia por ouvir músicas religiosas
Artigo visto 1441 vezes




Visto: 1441
Postado em: 30/04/14 às 13:02:09 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=12259
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

As minorias no Paquistão, étnicas, religiosas ou políticas, são vítimas de ódio, discriminação e preconceitos que tornam suas vidas um inferno: é o que afirma um novo estudo patrocinado e divulgado pela “British Pakistani Christian Association” (BPCA) que envolve os paquistaneses imigrantes do Reino Unido, do resto da Europa e outros países do mundo.

O texto enviado à Agência Fides intitulado “The Targeting of ‘Minority Others’ in Pakistan”, oferece uma análise das políticas implementadas na nação nos últimos dez anos e mostra numerosos testemunhos como prova de argumentos expressos.

“Muitas decisões e atividades estatais e não estatais facilitaram ações que têm como objetivo atingir as minorias como cristãos, ahmadis, hinduístas, balúchis, hazara xiita, siques e muitos outros” observa o estudo, citando, em particular, a “lei sobre a blasfêmia” como uma entre os principais instrumentos de abusos, pois muitas vezes é usada como “armadilha” para cristãos e hinduístas. Os autores do estudo – Desmond Fernandes especialista em sistema educacional no Paquistão e Nathaniel Lewis, pesquisador da BPCA – citam as várias intervenções de órgãos das Nações Unidas como o Conselho de Direitos Humanos que fez algumas perguntas que permaneceram sem respostas.

Dentre os testemunhos citados, o depoimento do jovem cristão Samson Barkat de Karachi, único cristão que superou o exame de admissão entre os cadetes da Polícia. Alguns cadetes muçulmanos, seus companheiros, começaram a provocá-lo, por inveja, para obrigá-lo a se demitir. Em janeiro de 2014, Samson, estava ouvindo músicas religiosas cristãs em seu carro, e foi agredido e espacado por alguns cadetes. Um deles tirou o Alcorão do bolso, arrancou algumas folhas do livro e depois iniciou a gritar acusando-o de blasfêmia.

Exemplos de abusos contra as minorias são os freqüentes casos de estupros de jovens cristãs e hinduístas e casamentos islâmicos forçados: os últimos casos, ressalta a BPCA, são os de Komal Yousaf, 15 anos cristã, violentada, convertida ao Islã e obrigada a se casar com um muçulmano, e o caso da jovem de 19 anos cristã Sobia, de Lahore, seqüestrada e também obrigada a contrair matrimônio islâmico com um muçulmano rico que vivia na casa onde a jovem trabalhava como doméstica. As duas foram socorridas pela Ong “World Vision in Progress” (WVIP). “Os muçulmanos no Paquistão acreditam poder usar as garotas cristãs das minorias religiosas como bens de consumo”, comentou o líder de WVIP, Farroukh Saif.


Fonte: http://www.comshalom.org/jovem-acusado-de-blasfemia-por-ouvir-musicas-religiosas/





LEIA TAMBÉM
Maior parte da população mundial considera religião positiva para a sociedade, afirma pesquisa
Mãe perdoa assassino de filho e o salva da forca no Irã
Milagres que levaram João XXIII e João Paulo II aos altares
O que a Igreja Católica pensa da “TEORIA” da evolução?
Extremistas islâmicos sírios mantém bebê cristão como refém sob a mira de fuzis e usam foto para pressionar governo.
Igreja Católica nos EUA utiliza comerciais em rádios seculares para evangelizar.
Estudo afirma que o número de católicos na América Latina caiu 13% em 19 anos.
Fumar maconha apenas 1 vez por semana pode deformar cérebro.
O vídeo do “nó na garganta” e da gratidão que tem emocionado o mundo!



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.148.209
Visitas Únicas Hoje: 740
Usuários Online: 400