Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 12682 - O aborto NÃO é um direito, a vida NÃO é negociável! Ciência prova que desde a concepção existe um novo ser humano, único e irrepetível, que se distingue de seus pais.
Artigo visto 1155 vezes




Visto: 1155
Postado em: 06/10/14 às 20:26:48 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=12682
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

A questão dos princípios não negociáveis ​​retorna com força na Espanha, onde semana passada, o governo decidiu retirar o projeto de lei que teria mudado no sentido mais restritivo a lei sobre o aborto promulgada pelo ex-primeiro-ministro SOCIALISTA, Zapatero, porque não tinha – como disse o presidente Mariano Rajoy – “um consenso suficiente”.

O Comité Permanente da Conferência Episcopal Espanhola ‘interveio ontem, no final do seu encontro realizado em Madrid, emitindo um documento com o título “O direito à vida humana não é negociável”. Os bispos ibéricos salientam que “a vida humana é sagrada e inviolável e deve ser protegida desde a concepção até a morte natural”, já que “a própria ciência prova que desde a concepção existe um novo ser humano, único e irrepetível, que se distingue de seus pais”.

A tutela do nascituro é um dos pilares da sociedade, porque “não se pode construir – lê-se no comunicado – uma sociedade democrática, livre, justa e pacífica, se não vem defendido e respeitado os direitos de todos os seres humanos, na sua dignidade inalienável, em particular o direito à vida, prioridade entre todos os outros”. Portanto, “proteger a vida humana” é de fato “responsabilidade de todos”, mas especialmente “dos governos”. A Espanha é considerada “uma triste exceção”, já que considera “o aborto como um direito”.

Os prelados espanhóis especificam que a batalha pela vida não é uma mera questão de princípio. Conscientes do fato de que “a vida humana não está livre de dificuldades”, recordam que “a Igreja conhece os sofrimentos e as carências de muitas pessoas, à quais dirige a sua ajuda, em todo o mundo, no exercício da caridade”. No mais, são “muitos voluntários e organizações de apoio à vida e à promoção da mulher e de solidariedade para com os mais necessitados”, que desejam “estender a civilização do amor e a cultura da vida” àqueles que “vivem nas periferias sociais e existenciais”.

O apelo dos bispos ibéricos é dirigido às instituições, a fim que atuem com “um esforço mais generoso na implementação de políticas eficazes de apoio às mulheres grávidas e às famílias”. “As mulheres que enfrentam o dilema de uma gravidez não desejada devem ser acompanhadas para não optarem pela morte, mas pelo caminho da vida, que é a maior realização da verdadeira liberdade e do progresso humano.”


Fonte: http://blog.comshalom.org/carmadelio





LEIA TAMBÉM
Papa: razões religiosas não justificam perseguição em Iraque e Síria
Irã preocupa congressistas americanos
Jihadistas avançam para cidade síria de Ain al-Arab
Agora querem acabar com a criminalização do incesto: “Tabu social”. Homem tem 4 fillhos com sua própria irmã.
Um simples acontecimento familiar ajudou um menino a descobrir a sua vocação sacerdotal.
Uma carta para si mesma cheia de amor e confiança em Deus: O legado de uma menina falecida que comoveu o mundo.
Para evitar profanação de catedral por feministas radicais, jovens católicos providas se mobilizam em Campinas.
Bispos brasileiros pedem aos católicos que busquem eleger candidatos que promovam os valores cristãos.
Saiba como é a vida dos cristãos no Kuwait, país muçulmano no Oriente Médio.



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.575.244
Visitas Únicas Hoje: 618
Usuários Online: 199