Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 15369 - Pe. Zezinho: “O sermão do padre tem que ter fundamento. O povo cobra isso”
Artigo visto 161 vezes




Visto: 161
Postado em: 10/07/19 às 12:41:42 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=15369
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

"Há uma diferença entre falar PALAVRAS SOBRE DEUS ao microfone e refletir sobre A PALAVRA DE DEUS naquele microfone"

O pe. Zezinho postou as seguintes considerações sobre a necessidade de que os padres preparem com esmero as suas homilias:

PALAVRAS, SINAIS E GESTOS
Não sei como você pensa, mas catequese inclui palavras, sinais e gestos e testemunho.

A Bíblia descreve palavras e sinais e valoriza o testemunho e os gestos. Moisés fez isso. Os profetas fizeram isto. Jesus e os apóstolos fizeram isto. Os sinais seguiam as palavras. Mas as palavras apontavam para A PALAVRA DE DEUS. Eles apontavam para a mensagem essencial!

Por isso, um bom pregador que, na missa do domingo, em menos de 20 minutos oferece PALAVRAS E REFLEXÕES sobre os temas daquele domingo, se seguir os gestos e sinais da liturgia, terá evangelizado. Valorizou A PALAVRA.

O outro pregador, que não refletiu sobre o tema daquele domingo, e que encheu a missa de gestos e sinais alheios à celebração porque ele é competente em balanços, gingas, gestos e piadas, mas é pouco versado em exegese bíblica ou litúrgica, certamente deixa a desejar.

Nossa Igreja dedica 4 a 6 anos ensinando História, Sociologia, Liturgia, Teologia e Psicologia, na esperança de que os pregadores no mundo inteiro, em qualquer canto deste planeta, ajudem a refletir sobre as três leituras daquele domingo. É a nossa aula dominical na Universidade que se chama Igreja!

Certamente os fiéis não vão à missa para primeiro dançar, cantar e balançar os braços. Vão para OUVIR e CELEBRAR a liturgia daquele dia. O sermão do padre tem que ter fundamento. Há livros e livretos para isso!

Fui e sou professor de comunicação e sempre disse aos meus jovens ouvintes que há uma diferença entre falar PALAVRAS SOBRE DEUS ao microfone e refletir SOBRE “A PALAVRA DE DEUS” naquele microfone.

E este pensamento nem é meu. O jesuíta Padre Antônio Vieira disse isto em meados do século XVII, cerca de 1640. De pregar ele entendia! Isto porque lia muito e preparava seus sermões! Não havia mesmice nas suas pregações!

O povo cobra isso dos seus pregadores!

____________

 


Pe. Zezinho, via
Facebook
https://www.facebook.com/
padrezezinhoscj/posts/1289681071180
975



LEIA TAMBÉM
A casa sobre a rocha
5 dicas para testemunhar sua fé no local de trabalho
Como foi o processo de canonização de Irmã Dulce
Nunca abra uma janela para o diabo
Se você alguma vez sentir a presença do mal, recite este nome
Dificuldades de aprendizagem? 3 santos que viveram isso
As bestas, as besteiras e o Cordeiro
Está passando por um momento difícil? Reze este Salmo
Ocultismo do Número 11



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.183.083
Visitas Únicas Hoje: 1.986
Usuários Online: 527