Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 4168 - Violência anti-cristã persiste; bispos europeus dizem “basta”
Artigo visto 1597 vezes




Visto: 1597
Postado em: 28/01/10 às 06:48:19 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=4168
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Todos os anos morrem 170.000 cristãos por sua fé

Por Nieves San Martín

BRUXELAS, quarta-feira, 27 de janeiro de 2010 (ZENIT.org).- O secretário da Comissão dos Episcopados da Comunidade Europeia (COMECE), frei Piotr Mazurkiewicz, manifestou sua apoio à recente resolução do Parlamento Europeu que condena os ataques contra as comunidades cristãs no Egito e na Malásia.

 
Os assassinatos, ocorridos no Egito em 6 de janeiro passado, de seis cristãos coptas e de um policial muçulmano (cfr. ZENIT, 7 de janeiro de 2010), e a recente onda de ataques contra igrejas e locais de culto cristãos na Malásia (cfr. ZENIT, 8 de janeiro de 2010) representam “graves atentados contra os direitos humanos”, afirma um comunicado da COMECE.

A União Européia, pediu o secretário, “deve prestar auxílio às minorias religiosas – entre as quais se incluem as comunidades cristãs – hoje perseguidas em todo o mundo”, acrescentando que “entre 75 a 85% das perseguições religiosas em curso no mundo hoje se referem a cristãos, e a cada ano, 170.000 deles perdem a vida por razões ligadas à sua fé; o número de fiéis brutalmente perseguidos no mundo hoje é da ordem de 200 milhões de pessoas”. Com base nas posições tomadas pelo Conselho dos Ministros e o Parlamento Europeu, a COMECE fez um apelo à Alta Representante para a Política Externa e Qustões de Segurança da União Européia, Catherine Ashton, por uma priorização no estabelecimento do novo Serviço Europeu de Ação Externa, prevista no Tratado de Lisboa, e cuja implementação está sob sua responsabilidade.

Para auxiliar os responsáveis pelas tomadas de decisão a definir instrumentos concretos de promoção da liberdade religiosa no âmbito das relações exteriores da UE, os bispos da COMECE criaram uma comissão de especialistas para elaborar um documento sobre o tema. O texto, que aborda a questão das violações deste direito fundamental em todo o mundo, propõe uma série de recomendações às instituições européias, e deve ser avaliada na próxima Assembléia Plenária dos Bispos da COMECE, prevista para abril deste ano, antes de ser encaminhado aos representantes da União Européia.

 


Fonte: zenit.org





LEIA TAMBÉM
Índia: Três igrejas católicas são depredadas
Paquistão: menina católica é torturada, violentada e morta
O CRUCIFIXO DO HAITI - Comentado
Início de ano sangrento para os cristãos
Maioria dos americanos considera aborto “moralmente incorreto”
Oposição da Igreja ao casamento de homossexuais não viola princípio da laicidade
Contas vaticanas poderiam melhorar este ano
Parlamento europeu condena recentes ataques a cristãos
Paquistão: prisão perpétua para jovem cristão acusado de queimar Alcorão



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.444.389
Visitas Únicas Hoje: 998
Usuários Online: 400