Bispos dos EUA agradecem intenso trabalho do Papa Bento XVI ante abusos
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.129.057
Visitas Únicas Hoje: 651
Usuários Online: 200
Sistema de Busca

 

Destaque




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1339 - Impresso: 40 - Enviado: 11 - Salvo em Word: 38
Postado em: 31/03/10 às 23:11:14 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=4776
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

WASHINGTON DC, 31 Mar. 10 / 05:26 pm (ACI).- A Conferência de Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB) deu a conhecer esta manhã uma declaração na qual agradecem o Papa Bento XVI pelo seu intenso trabalho, preocupação e mão firme ante os casos de abusos sexuais cometidos por alguns membros do clero. Este texto sai à luz em meio da campanha da mídia que busca apresentar o Santo Padre como um "encobridor" destes dolorosos fatos, quando não o é e nem nunca foi.


O texto inicia assinalando que "em nome dos bispos católicos dos Estados Unidos, nós, os membros do Comitê Executivo da Conferência de Bispos Católicos dos Estados Unidos escrevem para expressar nossa profunda preocupação por aqueles danificados pelo crime e o pecado do abuso sexual por membros do clero, assim como nosso profundo agradecimento pelo respaldo que o Papa Bento XVI nos deu para dar resposta às vítimas, tratar com os responsáveis pelo abuso e criar ambientes seguros para as crianças".

"A recente saída à luz pública de mais casos de abusos sexuais por parte de membros do clero entristece e encoleriza a Igreja e nos envergonha. Se em algum lugar as crianças deveriam estar seguras, este deveria ser em seus lares e na Igreja", prossegue.

Os prelados destacam logo que por sua própria experiência sabem que o Papa Bento XVI "preocupa-se profundamente por aqueles a quem foi feito mal com os abusos sexuais e também quanto fortaleceu ele mesmo a resposta da Igreja às vítimas. Também apoiou nossos esforços por lutar com os responsáveis".

Depois de recordar o diálogo que sustentara o Santo Padre em sua visita aos Estados Unidos com algumas das vítimas destes abusos, o comunicado assinala que "com o apoio tanto do Papa João Paulo II como o de Bento XVI, nós, os bispos têm realizado um compromisso enérgico para fazer tudo que esteja ao nosso alcance para prevenir que o abuso aconteça com as crianças".

"Vivemos este compromisso mediante o Estatuto Para o Amparo das Crianças e Jovens, o qual nos chama a responder com compaixão às vítimas, a trabalhar diligentemente para selecionar aqueles que trabalham com crianças e jovens na Igreja, a proporcionar educação para a conscientização e prevenção, a denunciar suspeitas de abuso às autoridades civis e a prestar contas de nossos esforços para proteger as crianças e os jovens mediante uma auditoria externa anual em nível nacional", explica o texto.

Finalmente os bispos afirmam que "enquanto acompanhamos a Cristo em sua paixão e morte durante esta Semana Santa, permanecemos unidos ao Santo Padre, Bento XVI, em oração pelas vítimas de abusos sexuais, por toda a Igreja e pelo mundo".



Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=18606





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 31/03/10 às 23:11:14 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES