Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 7253 - MUNDO DE HOJE TAMBÉM SENTE NECESSIDADE DE DEUS, DIZ PAPA
Artigo visto 1989 vezes




Visto: 1989
Postado em: 07/02/11 às 22:47:32 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=7253
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Durante a ordenação de cinco novos bispos, no sábado passado

ROMA, segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 (ZENIT.org) - Embora o mundo de hoje dê as costas para Deus, ainda continua ansiando por Ele e, com essa convicção, os sucessores dos bispos devem continuam lançando a "rede" do Evangelho, afirmou o Papa no último sábado, durante a ordenação de cinco novos bispos na Basílica de São Pedro.

Os novos prelados são: Dom Sávio Hon Tai-Fai, chinês, secretário da Congregação para a Evangelização dos Povos; Dom Marcello Bartolucci, italiano, secretário da Congregação para as Causas dos Santos; Dom Celso Morga, espanhol, secretário da Congregação para o Clero; Dom Antonio Guido Filipazzi, italiano, e Dom Edgar Peña, venezuelano, ambos núncios apostólicos.

O Papa recordou aos novos bispos sua missão de "pescadores de homens" e de "trabalhadores na messe de Deus", sem deixar-se intimidar pelas dificuldades.

Ainda que possa parecer que "grandes partes do mundo moderno viram as costas para Deus e consideram a fé como uma coisa do passado - disse ele -, ainda existe o desejo de que, no final, seja restabelecida a justiça, o amor, a paz, que a pobreza e o sofrimento sejam superados".

"Todo este anseio está presente no mundo de hoje, o anseio pelo que é grande, pelo que é bom. É a nostalgia do Redentor, do próprio Deus, mesmo nos lugares em que Ele é negado", sublinhou.

Portanto, precisamente neste momento, "o trabalho no campo de Deus é especialmente urgente", afirmou, constatando que "sentimos de maneira particularmente dolorosa a verdade das palavras de Jesus: os trabalhadores são poucos".

Quatro fundamentos

O Papa disse aos cinco ordenados que sua primeira missão é "entrar no campo da história humana", sem desanimar-se, lembrando dos "quatro fundamentos" que regem a comunidade cristã desde o começo.

O primeiro, afirmou, é a perseverança em uma fé que "não é uma espiritualidade indeterminada", porque o bispo "não deve ser uma vara de pântano, que se dobra com o soprar do vento, um servo do espírito do tempo".

Pelo contrário, disse ele, "o ser intrépido, a coragem de resistir às correntes do momento pertence de modo essencial ao dever do Pastor".

O segundo fundamento, explicou Bento XVI, é a comunhão na Igreja, a "corrente" de testemunhas que remonta às testemunhas oculares que puderam "tocar" Jesus.

"É a este fim que o ministério dos bispos serve: que essa corrente de comunhão não seja interrompida. Esta é a essência da sucessão apostólica: conservar a comunhão com aqueles que encontraram o Senhor de maneira visível e tangível e, assim, ter o céu aberto, a presença de Deus entre nós."

O terceiro fundamento é a Eucaristia, que "é o centro da Igreja", da vida de cada cristão e de cada sacerdote. O Papa exortou os cinco novos bispos a celebrá-la "com uma dedicação, um fervor cada vez mais profundos", tentando viver cada dia "segundo a sua medida", deixando-se "modelar por ela".

O quarto e último fundamento, recordou o Papa, é a oração. Esta, "por um lado, deve ser muito pessoal, uma profunda união com Deus. Deve ser a minha luta com Ele, minha busca dEle, meu agradecimento a Ele e minha alegria nEle".

Por outro lado, contudo, "deve sempre alimentar-se com a comunhão dos orantes, com a unidade do Corpo de Cristo, para plasmar-se verdadeiramente a partir do amor de Deus", concluiu o Papa.


Fonte: http://www.zenit.org/article-27198?l=portuguese





LEIA TAMBÉM
O Padre que usou da inteligência para proteger a população da ignorância da polícia
COMEÇA TERCEIRA FASE DO DIÁLOGO ENTRE CATÓLICOS E ANGLICANOS
EUROPA PRECISA RECONHECER SUAS RAÍZES CRISTÃS, AFIRMA PAPA
SEGUIR CRISTO NA CHINA
Por que um CATÓLICO não pode ser ESPÍRITA?
Refrigerante de maconha será lançado nos Estados Unidos
É urgente que os cristãos testemunhem com valor o Evangelho no mundo, afirma Bento XVI
França diz não ao "matrimônio" homossexual
Bento XVI pede moderação aos usuários de redes sociais apesar de não navegar na Internet



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.148.173
Visitas Únicas Hoje: 704
Usuários Online: 381