Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 9116 - Lei de Deus não é escravidão e sim um dom para liberdade e felicidade, afirma o Papa
Artigo visto 1685 vezes




Visto: 1685
Postado em: 10/11/11 às 08:51:01 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=9116
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Vaticano, 09 Nov. 11 / 03:16 pm (ACI/EWTN Noticias)

Na audiência geral desta quarta-feira, o Papa Bento XVI meditou sobre o salmo 118 (119) e explicou que a lei de Deus, sua Palavra, não constitui de forma alguma uma escravidão para o homem mas é um dom para que seja plenamente livre e feliz.

Na Praça de São Pedro e perante milhares de fiéis, o Papa explicou que este salmo é um dos mais extensos já que consta de 176 versículos e 22 estrofes, escrito como um "acróstico alfabético" que usa todas as letras do alfabeto hebraico. O texto é um canto solene sobre a lei de Deus, sobre a Palavra "que interpela o homem e impulsiona sua resposta de obediência confiante e de amor generoso".

"E este Salmo está impregnado de tal modo do amor pela Palavra de Deus, que celebra sua beleza, sua força salvífica, sua capacidade de doar alegria e vida. Porque a Lei divina não é um jugo pesado de escravidão, mas dom de graça que liberta e conduz à felicidade".

O Papa assinala logo que "a Lei do Senhor, sua Palavra, é o centro da vida do orante; nela ele encontra consolo, nela medita, a conserva em seu coração: ‘Conservo sua palavra em meu coração, para não pecar contra ti’, este é o segredo da felicidade do Salmista; que diz também: ‘Os orgulhosos tramam enganos contra mim. Mas eu com todo o coração guardo seus preceitos’".

O salmista, como Maria, é fiel porque escuta a Palavra. "É Ela, de fato, a verdadeira "bem-aventurada", proclamada por Isabel porque "acreditou, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas!"e é dEla e da sua fé que Jesus mesmo dá testemunho". 

"Certamente, Maria é bem-aventurada porque o seu ventre carregou o Salvador, mas, sobretudo, porque acolheu o anúncio de Deus, porque foi atenta e amorosa guardiã da sua Palavra". 

Bento XVI sublinhou logo que "a lei divina, objeto do amor apaixonado do Salmista e de todo crente, é fonte de vida. O desejo de compreendê-la, de observá-la, de orientar para ela todo seu próprio ser é a característica do homem justo e fiel ao Senhor, que a ‘medita dia e noite’, como reza o Salmo 1".

"A lei de Deus –continuou– é uma lei que deve ser conservada no coração come diz o célebre texto do Shemá no Deuteronômio: Escuta, Israel. Estes preceitos que eu te dou, grava-os em seu coração. Inculca-os em seus filhos, fale deles quando estiver em sua casa, quando for de viagem, ao deitar-te e ao levantar-te".

A Lei de Deus, disse também o Papa, deve ser o centro da existência humana que "requer a escuta do coração, uma escuta feita de obediência não servil, mas filial, confiada, consciente. A escuta da Palavra é encontro pessoal com o Senhor da vida, um encontro que deve ser traduzido em opções concretas e que deve chegar a ser caminho e seguimento".

"Quando lhe é perguntado o que fazer para ter a vida eterna, Jesus aponta o caminho da observância da Lei, mas indicando como fazer para levá-la à completude, diz: "Uma só coisa te falta; vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me!" O cumprimento da Lei é seguir Jesus, andar sobre a estrada de Jesus, na companhia de Jesus".

O Papa explicou também que o salmo 119 fala da herança que recebeu o homem com a Palavra do Senhor, com a custódia de seus ensinamentos, preceitos, mandatos que são "a alegria do meu coração", como diz o salmista.

"Queridos irmãos e irmãs, estes versículos são de grande importância também hoje para nós. Acima de tudo para os sacerdotes, chamados a viver só do Senhor e de sua Palavra, sem outras seguranças, tendo a Ele como único bem e única fonte de vida. Sob esta perspectiva se compreende a livre eleição do celibato pelo Reino dos céus, cuja beleza e força é preciso redescobrir".

Mas estes versículos, prosseguiu, "são também importantes para os fiéis, povo de Deus que pertence só a Ele, ‘reino de sacerdotes’ para o Senhor, chamados à radicalidade do Evangelho, testemunhas da vida gasta pelo Cristo, novo e definitivo ‘Supremo Sacerdote’ que se ofereceu como sacrifício para a salvação do mundo. O Senhor é sua Palavra: estes são nossa "terra" na qual viver em comunhão e alegria".

"Deixemos, portanto, que o Senhor coloque em nosso coração este amor pela Sua Palavra, e conceda-nos ter sempre no centro da nossa existência a Ele e a Sua santa vontade. Peçamos que a nossa oração e a nossa vida sejam iluminadas pela Palavra de Deus, lâmpada para os nossos passos e luz para o nosso caminho, como diz o Salmo 119 (cf. v. 105), para que o nosso andar seja seguro, na terra dos homens".

Finalmente o Papa manifestou sua esperança de que "Maria, que acolheu e gerou a Palavra, seja para nós guia e conforto, estrela polar que indica o caminho para a felicidade". 

Ao final da Catequese, o Papa dirigiu-se aos peregrinos lusófonos:

Com cordial afeto, saúdo todos os peregrinos de língua portuguesa,
em especial os brasileiros da paróquia de Nossa Senhora da Glória. Que o Senhor vos encha o coração de um grande amor pela sua Palavra, para poderdes colocar a sua vontade no centro da vossa vida, como a Virgem Maria. Ela que acolheu e gerou a Palavra divina, seja o vosso guia e conforto, o astro luminoso que aponta o caminho da felicidade. Em penhor do muito bem que vos quero, dou-vos a minha Bênção Apostólica.


Fonte: http://acidigital.com/noticia.php?id=22741



LEIA TAMBÉM
OS TRÊS CONSELHOS DO PAPA AOS SACERDOTES
PAPA PEDE ORAÇÕES PELAS IGREJAS ORIENTAIS
Israel discute eventual ataque contra o Irã
Ahmadinejad adverte EUA e Israel contra ataque ao Irã
Um enorme asteroide passará perto da Terra na terça-feira
Aumenta temor em Israel com possibilidade de ataque ao Irã
Você sabe quantas igrejas cristãs já foram atacadas no Iraque? Veja lista.
"Eu, ateu, convidado pelo papa".
“Basta de cristãofobia!” Peça de teatro em que ator responde às suas necessidades fisiológicas...



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.273.333
Visitas Únicas Hoje: 2.070
Usuários Online: 490