Mulher que estava à beira da morte conta como recebeu milagre em Lourdes
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.145.545
Visitas Únicas Hoje: 1.722
Usuários Online: 318
Sistema de Busca

 

Milagres




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1544 - Impresso: 31 - Enviado: 11 - Salvo em Word: 21
Postado em: 12/01/16 às 10:09:56 por: James
Categoria: Milagres
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=52&id=14070
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Milagres

Foi reconhecido por comissão médica o 69° milagre no Santuário da Virgem de Lourdes, na França

Os médicos do Santuário de Lourdes reconheceram um novo milagre: agora são 69 milagres certificados pela Comissão Médico-Científica deste santuário mariano na França.

É o caso da italiana Danila Castelli, esposa de um médico ginecologista, mãe de quatro filhos, que sofria de hipertensão arterial com graves e frequentes crises. A cura da mulher ocorreu quando ela tinha 43 anos, no dia 4 de maio de 1989, nas piscinas do Santuário de Lourdes.

 

 

Seu corpo mutilado e enfraquecido sentiu um alívio inexplicável assim que ela visitou em oração a gruta da aparição da Virgem Maria a Bernardette Sobirou, em 11 de fevereiro de 1858.

“A Lourdes somos chamados, assim como foi chamada Bernadette. Parece que viemos por curiosidade. Mas é Ela (a Virgem) que nos chama. Foi uma viagem infernal. Eu estava muito mal quando chegamos… e no quarto dia fiquei curada”, afirmou Castelli.

Eu não aguentava mais. Meu esposo me disse: ‘arrume as malas’. Quando você sabe que está para morrer, pensa as coisas mais estranhas. ‘Deve ser a última viagem romântica’, pensei”.

Eu não podia ficar de pé. Ele me disse: “Vamos a Lourdes”, conta Castelli, em um vídeo-testemunho comovedor.

A cura foi reconhecida pelo bispo de Pavia (Itália), Giovanni Giudici, e certificada por uma comissão médica de 100 especialistas e uma comissão científica internacional em Paris.

A declaração chegou depois de uma avaliação médica e teológica para testificar a certeza da senhora Castelli. Ela viveu como mulher e mãe de família normalmente até os 34 anos. Então, em 1980 começou a ter crises de hipertensão, desmaios, crises neuro-comportamentais”, contou o médico Di Franciscis, presidente da Comissão em Lourdes.

Nas piscinas eu me curei. Eu apenas queria que o Senhor me levasse, que fosse o fim. Eu já não suportava mais, nem os outros.”

O sacerdote me disse: ‘se você vai pedir a morte, lembre que irá com todos os seus pecados. Porque eu não a absolvo se você fizer este pedido’.

Todos devemos sempre pedir a vida. Me envergonhei, porque havia pessoas em estado pior do que o meu. Então pedi a vida, pelo menos um pouco mais, para que pudesse me dedicar aos meus filhos”, conta a senhora Castelli.

Em 1982, Castelli iniciou procedimentos cirúrgicos para retirada de parte do útero e do pâncreas. Em 1983, o diagnóstico era severo, e males físicos haviam atingido várias partes do seu corpo.

Depois de sete anos de operações e tratamentos, à espera de organizar uma nova viagem de tratamento aos EUA, o esposo então decidiu levá-la a Lourdes.

 

 


O marido da senhora Castelli é um médico iraniano residente na Itália que também foi tocado pelo milagre. Ela, desde a adolescência, sempre quis visitar o Santuário mariano. No entanto, ao seu esposo, mesmo sendo convertido ao catolicismo, isso parecia uma ideia absurda no contexto da doença.

O banho foi rápido. Meu marido veio chamado por uma voz a me ver. Esse dia, em maio de 1989, ela recebeu o segundo milagre: a fé do seu marido, que lhe disse: ‘sei que tudo já passou, você tinha razão’.

O terceiro milagre foi o perdão. “Você tem razão, eu perdoo”. Uma família destruída pela enfermidade, mas também pela disputa judicial contra alguns médicos. “O perdão foi parte do milagre”.

Finalmente, depois de uma enfermidade longa e dolorosa, quando ela regressou ao hotel, percebeu que tinha sido curada.

Poucos meses depois ela regressou a Lourdes para falar conosco”, afirmou o doutor Di Franciscis.

O reconhecimento do milagre durou décadas. Em 2010, a Comissão Médico-Científica de Lourdes decretou por unanimidade a cura definitiva e duradoura no tempo.

Assim se constatava que os males que por mais de 21 anos afligiram a senhora Castelli tinham desaparecido sem explicação científica. Em 2011, outra comissão internacional avaliou o diagnóstico no âmbito clínico e confirmou o milagre.

Depois, o bispo de Pavia criou outra comissão diocesana para estudar a cura. Definitivamente, é um milagre inexplicável. “O bispo reconheceu a cura prodigiosa como ‘sinal’ da cura realizada por Jesus nos Evangelhos”, afirmou o dr. Di Franciscis.

“Antes eu amava Jesus junto dele na cruz, agora Ele me pedia para amá-lo curada”, conta Castelli.

Retirada da morte para começar a caminhar… senti-me livre para dizer sim ou não. Ainda peco. O milagre me deixou normal. A santidade chegará ao fim… sou normal como uma criatura com suas misérias e debilidades. Jesus não trai os seus amigos.

“Estou feliz em comunicar esta alegria, quando venho a Lourdes sinto a alegria de comunicar Deus”, acrescentou.

 

Em Lourdes, aos pés dos Pirineus, uma jovem apareceu a uma adolescente chamada Bernadette Soubirous, quando esta tinha 14 anos, em uma série de visões que duraram cinco meses, entre fevereiro e julho de 1858.

Apresentando-se como a Imaculada Conceição, a Virgem Maria convidava à penitência, oração e conversão dos pecados; também pediu que fosse construído ali um Santuário.

 

 

Mais informações em https://lourdes-france.org



Fonte: www.aleteia.org





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 12/01/16 às 10:09:56 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES