Imagem de Jesus escorre sangue em igreja na Argentina
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.073.935
Visitas Únicas Hoje: 58
Usuários Online: 253
Sistema de Busca

 

Fotos Milagrosas




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 2522 - Impresso: 69 - Enviado: 28 - Salvo em Word: 52
Postado em: 10/12/10 às 22:53:01 por: James
Categoria: Fotos Milagrosas
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=53&id=6825
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Fotos Milagrosas

Uma pequena igreja da Argentina tem ficado lotada com milhares de católicos depois que vestígios de sangue foram encontrados na imagem de Jesus Cristo.

A substância vermelha foi fotografada correndo da testa de Jesus. O padre local, Jorge Gandur, disse que o sangue vem de uma das feridas causadas pela coroa de espinhos no lado esquerdo da testa de Cristo.

A marcas do líquido foram percebidas por dois homens que tinham ido ao Oratório do Sagrado Coração de Jesus em Yerba Buena, província de Tucuman. A dupla relatou o que viu para o padre, que recolheu amostras da substâncias para que elas fossem analisadas cientificamente, procedimento padrão adotado pela Igreja.

Para que o fenômeno seja considerado sobrenatural, é preciso primeiro descartar as hipóteses de que o fenômeno tenha como causa mudanças climáticas ou alguma modificação no elementos que compõem a imagem.
Depois que a mídia local começou a tratar do assunto, as ruas que cercam a igreja ficaram lotadas de fiéis, que fazem fila para ver o fenômeno. Segundo os jornais, centenas de pessoas foram flagradas chorando e orando. A maioria da população argentina segue o catolicismo.

No último domingo, por conta da lotação, a missa foi celebrada no meio da rua. Funcionário da Arquidiocese de Tucuman tentam a todo momento convencer os fiéis de que é preciso cautela e prudência, uma vez que ainda não se sabe a origem do sangue presente na imagem.

"Se isso é algo de Deus, terá continuidade, se for de homens, vai desaparecer", disse o Padre Gandur em entrevista ao Daily Mail.

"Como sacerdote, em nenhum momento quero criar falsas expectativas", completou.

Segundo o Vaticano, a maioria dessas aparições é fruto da imaginação das pessoas ou fraudes planejadas por gente que procura se aproveitar da fé para ganhar financeiramente.




MANCHA VERMELHA NO ROSTO DE CRISTO EM UM ORATORIO É ANALISADA

Tucumán-Argentina. Três fieis que compartilhavam um turno de adoração no Oratório do Coração Eucarístico de Jesus, da avenida Aconquija aos 400, observaram uma mancha vermelha que se deslocava da testa até a face esquerda de Cristo em uma imagem embutida. Bioquímicos a analisam. Grande afluência de fiéis.

"É um fenômeno concomitante". Com este conceito o pároco da Igreja de Nossa Senhora da Caridade, Jorge Gandur, sintetizou a presença de um fluido vermelho, que três paroquianos descobriram no rosto de Cristo, em uma imagem embutida no Oratório do Coração Eucarístico do Jesus.

O edifício que data de cinco anos atrás e que se encontra na intercessão de avenida Aconquija e Andrés Vila, é o lugar de adoração ao que comparecem os fiéis para exercitar suas orações. Nessa circunstância se encontravam o advogado Jorge Iramaín, quem compartilhava do "turno" de adoração com a Luciana Müller e Mercedes Macome.

"Oravam ás duas da tarde. Eu me encontrava sentado no último banco, a seis ou sete metros da imagem. Em meio a minhas orações me pareceu ver no lado esquerdo do rosto do Jesus em uma imagem metálica de cor cinzenta que representa a Ultima Ceia, uma mancha avermelhada que se estendia da testa e se deslocava até a face. Em primeira instância não lhe dei maior importância. Depois de alguns segundos, tornei a observar, desta vez com maior atenção e pensei que se tratava de sangue. Ocorreu que nesse momento, a senhora Macome, que estava no primeiro assento, teve idêntica percepção. “A partir desse momento, pusemo-nos em contato com a paróquia e começaram a chegar os adoradores, que cada vez eram mais", explicou Iramaín.

A título pessoal, o advogado de 50 anos definiu o episódio como um fenômeno natural, "de todos os modos, a igreja tem a última palavra", concluiu.

O padre Gandur na celebração da missa das 20.00 h., na igreja de La Caridade, deveu necessariamente abordar o tema, oportunidade na qual disse que se dispôs que se realize um estudo para determinar as características da mancha. Para isso se estabeleceu contato com bioquímicos, quem com a delicadeza que requer o caso, extraíram as amostras de rigor para submetê-las aos reagentes que usam os forenses, e assim determinar ou não a presença de sangue.

"Igualmente, o que espero é que não se perca de vista a adoração, e este fato, não tem que nos entreter para nos desviar do objetivo principal", - concluiu.
O certo, e mais à frente do desejo porque o Oratório não perde sua essência de tal, desde a tarde e durante a noite de ontem, a afluência de gente foi tão marcada, que até se teve cortar avenida Aconquija pelo atalho Oeste - Leste, para evitar engarrafamentos.

Se escutou entre quem chegou até o Oratório, as mais variadas expressões, havendo especial coincidência no sentido que se tratava de uma mensagem divina.



FONTE: ELSIGLOWEB.com





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 10/12/10 às 22:53:01 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES