O Primeiro terço de uma evangélica convertida ao catolicismo: "Uma verdadeira libertação!"
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.016.499
Visitas Únicas Hoje: 1.856
Usuários Online: 410
Sistema de Busca

 

Ex-protestante




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 2537 - Impresso: 39 - Enviado: 13 - Salvo em Word: 24
Postado em: 04/08/14 às 13:02:52 por: James
Categoria: Ex-protestante
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=88&id=12545
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Ex-protestante

O primeiro terço de uma evangélica recém-convertida ao catolicismo: parecia entediante…

Em 2006, Kirsten McDonald, uma canadense evangélica e devota, de espiritualidade carismática, que nunca havia tido muito trato com católicos, foi guiada por Deus em ‘sonhos e profecias ‘para a fé católica, que aceitou em 2007.

Quatro meses depois de tornar-se católica fez uma catequese acelerada, experimentou seu primeiro encontro com o Rosário.

Ela explica assim em sua pagina web CatholicBridge.com

Eu estava cética. Sentada no sofá entre duas amigas, começamos o Rosário. Só havia cerca de quatro meses que eu tinha me tornado católica, uma viagem acelerada tinha me levado à minha Confirmação em novembro passado. Tinha dito ao pároco que eu preferia não esperar até a Páscoa para encontrar o Senhor. Ele me autorizou, porque eu tinha uma licenciatura evangélica em teologia e havia vivido seis anos como missionária de oração evangélica”.

Com o rosário a história era diferente, eu sabia que era algo que não estava” obrigada “a praticar para ser uma boa católica. Eu vim do mundo carismático evangélico, via o Rosário com um objeto suspeito; uma “prática” que os católicos sentiam que “deviam” fazer para ser escutados por Deus ou ganhar sua aprovação. Não queria envolver-me em “fazer obras” .Afinal de contas, Jesus e eu tínhamos um relacionamento próximo e não precisava acreditar nessas “orações memorizadas” para ganhar a sua atenção.”.

“No entanto, como um membro de uma fiel e vibrante comunidade paroquial, foi impossível evitar o Rosário . Eu sabia que precisava tentar. No passado, quando alguma coisa estava me incomodando ou duvidava, Deus sempre foi fiel a mim e mostrou-me a sua vontade, então eu senti que tinha que tentar fazê-lo com os minhas duas amigas. “

Reuni toda a minha coragem e vontade para convidar a Linda e Margaret a rezar comigo o terço deste Domingo de Páscoa. Coisa que fazemos juntas, porque eu não sabia como rezar. Elas me guiaram com as orações e eu as seguia.”

“Sentada com Linda à minha direita e à minha esquerda com Margarita em um sofá de couro confortável, esta secular oração começou. Real e honestamente queria tentar, assim timidamente rezei as orações com o coração centrado [em Jesus] como uma parte de mim ainda orando a Deus para me proteger de todo o engano e ato idolátrico.”

Enquanto orávamos as dezenas, era exatamente como eu suspeitava, não sentia nenhuma “unção” em particular”.

” Quando chegamos à oração final ,”a Salve Rainha” algo agitou-se dentro de mim e eu comecei a lacrimejar. imediatamente saltou de mim o que eu posso descrever como um gemido alto, como um uivo, gritando por ajuda enquanto minha mente gritava mais alto “ajuda-me, Jesus! “Ajuda-me, Pai” Isso foi muito semelhante a uma experiência de cura interior que já aconteceu antes de me tornar uma missionária, com a diferença que desta vez foi muito mais poderoso. “

Eu me senti como uma bola quicando descontroladamente contra as paredes e não sabia nem mesmo o que eu estava sendo curada.

“Mais tarde eu soube que minha amiga Linda estava aterrorizada com o que podiam pensar ou fazer os seus vizinhos. Me trouxe um travesseiro para tapar a minha boca e eu poderia continuar gritando [sem ser ouvida do lado de fora] Isso durou vários minutos. De alguma forma, estava agora mais aberta interiormente, eu senti que tinha caído barreiras que não me deixavam crescer mais acerca do Pai e de Jesus “.

“Sem perceber, eu tinha entrado no mistério em que as inúmeras almas fiéis antes que eu tivesse experimentado: a força oculta de Nossa Senhora, que declara na Bíblia, “A minha alma engrandece o Senhor”. É o Magnificat . Ela disse isso”!

Aquela experiência foi tudo que eu precisava: eu decidi rezar o terço diariamente, e era o início de uma bela relação com Maria.”

“Eu acho que as barreiras foram removidas naquele dia (não sei se as experiências de autoproteção da infância, ou feridas muito profundas) me capacitaram para andar mais plenamente com a vontade do Pai para a minha vida”.

“Agora [desde 2011] estou casada e rezo o terço diariamente com o meu marido . Fortalece não só a nossa relação com Jesus, mas a relação entre nós. Estamos convencidos que esta oração nos ajuda a viver e caminharmos para um futuro marcado pela unidade, pela fé, pela esperança e pelo amor.“

De: www.carifilii.es








Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 04/08/14 às 13:02:52 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES