ARTIGOS ESPACOMARIA


Voltar



São Francisco de Assis
Artigo visto 1237 vezes


Como se apresentava depois da oração...


 

No dia 04 de outubro celebramos São Francisco de Assis. Vejamos alguns comentários sobre sua vida de oração, escritos por Tomás de Celano:


Quando voltava de suas orações particulares, em que se transformava quase num outro homem, esforçava-se muito para se assemelhar aos demais, não aparecendo inflamado, para que não viesse a perder pela fama pública o que tinha lucrado pela oração. Muitas vezes dizia a seus mais íntimos: “Quando o servo de Deus, na oração, é visitado pelo Senhor por alguma nova consolação, antes de sair da oração deve levantar os olhos para o céu e dizer ao Senhor de mãos postas: Senhor a mim, que sou pecador e indigno, mandaste do Céu esta consolação e esta doçura. Senhor, eu as devolvo, para que as guardes para mim, porque sou um ladrão de teu tesouro”. E ainda: Senhor, tira-me o teu dom neste mundo e guarda-o para o futuro”.

Dizia o Santo: “Assim é que se deve fazer: Quando sair da oração deve mostrar-se aos outros tão pobrezinho e pecador como se não tivesse conseguido nenhuma graça nova”. E explicava: “Pode acontecer que, por uma pequena recompensa, a pessoa perca um bem de valor incalculável e leve com facilidade aquele que o deu a não dar mais”. Tinha o costume de se levantar para rezar tão disfarçada e quietamente, que nenhum dos companheiros percebia que se havia levantado ou que estava rezando. Mas, à noite, quando ia para a cama, fazia muito ruído para todo mundo saber que tinha ido deitar.

De sua devoção a Nossa Senhora, a quem consagrou particularmente a Ordem

Envolvia com um amor indizível a Mãe de Jesus, porque gerou nosso irmão, o Senhor da Majestade. Cantava-lhe louvores especiais, derramava orações, oferecia afetos, tantos e tais que a língua humana nem pode exprimir. Mas, o que mais nos alegra é que a constituiu Advogada da Ordem, submetendo às suas asas os filhos que ele estava para deixar para serem sustentados e protegidos até o fim. Eia advogada dos pobres realiza em nós teu ofício protetor, até o tempo que foi predeterminado pelo Pai!







Total Visitas Únicas: 5.777.206
Visitas Únicas Hoje: 648
Usuários Online: 221
2006 - 2018: www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil