“Porei hostilidade entre ti e a mulher, entre tua descendência e a descendência dela:
Ela te pisará a cabeça e tu lutarás contra o seu calcanhar.” (Gn 3,15)
Sistema de Busca
Documento sem título


Novena




Salvar em PDF


     

Algumas imagens são ilustrativas



Visto: 5665 - Impresso: 416 - Enviado: 28 - Salvo em Word: 16
Postado em: 21/10/09 às 11:17:34 por: James
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=3&id=911
Marcado como: Artigo Simples

ORAÇÃO PARA TODOS OS DIAS
Querida Mãe Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável, em espírito me ajoelho diante de ti, no teu Santuário para rezar esta novena pedindo a cura do mal que sofro da depressão.


Teu Filho Jesus disse: “Todo o que disser a este monte: levante-te e lança-te ao mar, se ele não duvidar no seu coração, mas acreditar que sucederá tudo o que disser, ele obterá esse milagre” (marcos 11,23).

Mãe, estou diante de uma montanha imensa, intransponível para mim: a depressão. Preciso, Mãe Santíssima, que esta montanha seja lançada ao mar... seja levada para bem longe de mim.

Ajuda-me. Conceda-me de Deus a graça de uma fé maior. Que eu não tenha dúvida no meu coração. Alcança-me, Mãe, este milagre.

Sei, Mãe, que teu Filho Jesus, quando falou da fé que devemos ter, disse também: “Tudo o que pedirdes na oração, crede que o recebereis e ser-vos-á dado. Mas quando vos puserdes de pé para orar, perdoai, se tiverdes algum ressentimento contra alguém, para que também vosso Pai, que está no céu, vos perdoe os vossos pecados” (Marcos 11, 25-25).


Queria agora, Mãe, pedir perdão, mas quero também perdoar. Sei que preciso me dispor a receber a graça que peço. Ajuda-me a perdoar. Purifica-me interiormente, transforma meu coração cheio de pecado, Mãe. E, assim, com o coração purificado, possa eu merecer a graça do teu materno abrigo e ouvir teu Filho Jesus dizendo também para mim: “Levanta-te e vai. A tua fé te salvou”! (Lucas 17, 19).

Por isso, louvo e bendigo o nome santo de teu Filho.


Vem, Mãe querida e reza comigo esta novena. Conduz-me. Cuida de mim. Intercede junto a teu Filho por mim.
 “Confio em teu poder, em tua bondade. Em ti confio com filialidade. Confio cego em toda situação, Mãe, no teu Filho e em tua proteção”. Amém.

Esta pequena oração de confiança foi feita pelo servo de Deus, Pe. José Kentenich, fundador do Santuário da Mãe e Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt, no campo de concentração, em Dachau.

 

1º Dia


Reze a oração para todos os dias.
 

Reconhecendo o pecado


Oração do 1º dia.


Mãe querida, neste primeiro dia da novena, peço a cura da depressão. Venho confiante a ti e como o salmista quero dizer: “As minhas culpas não te são ocultas” (Salmo 68, 6). “Salvai-me, ó Deus, porque as águas me vão submergir. Estou imerso num abismo de lodo... já cansado de tanto gritar, enrouqueceu-me a garganta” (Salmo 68, 2-4).

Sim, sinto as dolorosas manifestações deste mal. A depressão me tomou o corpo, a mente e a alma. Também sinto o peso de meus pecados por isso quero aqui pedir perdão sincero. Vivo muitas vezes me remoendo pelo remorso.


Esqueço que Deus é um Pai amoroso e de misericórdia e que sabe e pode tratar minha miséria com todo o amor de seu coração. O remorso me angustia. Preciso acreditar na bondade e no perdão de Deus e me libertar interiormente.


Peço perdão ao Pai, querida Mãe, por nem sempre ter vivido na intimidade com Ele. Não rezei... não comunguei... não valorizei as coisas espirituais... talvez até ridicularizei.


Peço perdão ao Pai, querida Mãe, por todas as vezes que vivi egoisticamente pensando só em mim, só no meu bem-estar. Perdão pela falta de pureza no corpo, na mente e na alma. Perdão por todo sentimento negativo que senti por alguém... sentimento de vingança, raiva, ódio e rancor.


Perdão pelo meu orgulho que não deixou pedir perdão. Perdão pela minha auto-suficiência. Perdão se vivi remoendo mágoas, frustrações, angústias...


Quero agora Mãe, pedindo a graça da transformação, clamar com o salmista:”Vossa palavra é um facho que ilumina meus passos. É uma luz em meu caminho. Faço juramento e me obrigo a guardar os vossos justos decretos. Estou extremamente aflito, Senhor, conservai-me a vida como prometeste. Aceitai, Senhor, a oferenda da minha promessa e ensinai-me as vossas ordens” (Salmo 118, 105-108).

 
Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai (Estas orações estão escritas no final da apresentação).


Passo Concreto: Faça um exame de consciência e veja onde mais você ofendeu a Deus. Peça perdão no seu coração e reze o “Ato de contrição”: “Meu bom Jesus, que morrestes na cruz para me salvar, perdoai todos os meus pecados porque deles me arrependo e não quero mais pecar. Amém”.

2º Dia


Reze a oração para todos os dias.
 

Dando o perdão
 

Oração do 2º dia.


Mãe querida, neste 2º dia da novena, venho filialmente pedir tua intercessão. Tu és a Mãe Três Vezes Admirável. Eu me sinto mil vezes miserável, mas estou confiante no teu poder intercessor e na tua bondade maternal.

Sei que no teu Santuário tens três graças especiais para dar a teus filhos: a graça da transformação interior, do abrigo espiritual e da fecundidade apostólica. Preciso, Mãe, sentir o teu abrigo protetor, pois a depressão me dá a sensação de total desproteção. Sinto-me frágil, só, desanimado, com medo. Preciso que haja uma mudança radical em mim, uma transformação. Só assim. Poderei sentir-me útil, com segurança e tudo o que eu fizer será fecundado com a graça de Deus.


Mãe, hoje quero, sinceramente e com o coração aberto, perdoar meus semelhantes para poder merecer o perdão deles e de Deus. Teu Filho falou: “O que quereis que os homens vos façam, fazei-o também a eles”, (Lucas 6, 31).

Sei, Mãe Santíssima, que a falta de perdão acumulada no meu coração é uma das causas da depressão que sinto.
Pode ser, Mãe, que meu coração tenha sido marcado desde a minha infância, talvez até a vida intrauterina, por rejeição, desamor, incompreensão. Há vivência que não recordo conscientemente, mas que ficaram com certeza, gravadas no meu subconsciente. Há outras das quais me recordo muito bem e me marcam ainda hoje, sinto-as profundamente.


Preciso me libertar, Mãe, de tudo aquilo que fui guardando em mim... as lembranças negativas da infância, no meu lar, na escola, no bairro. Preciso me libertar das mágoas que guardei das pessoas que me fizeram sofrer, que foram injustas comigo, que me acusaram sem eu ter culpa, que me ofenderam, que me maltrataram, que me desrespeitaram, que não me aceitaram do jeito que sou. Mãe, ajuda-me a perdoar àqueles que me fizeram criar complexos e traumas.


Mãe, ajuda-me a aprender a amar mais, a começar por mim. Que eu saiba amar a pessoa que sou, aceitando-me perdoando-me... ajuda-me, Mãe, a não transferir para os outros as minhas responsabilidades. Quero sim, Mãe, tomar minha cruz e seguir firme e vitorioso no caminho do teu Filho Jesus.


Preciso, Mãe, para sair deste sofrimento, desta depressão, purificar meu coração. Minha alma. Reconheço que muitas doenças têm suas raízes no pecado. Como diz claramente o Salmo 106 no versículo 17 ... “Outros, enfermos por causa de seu mau proceder, eram feridos por causa de seus pecados... Em sua angústia clamaram, então, para o Senhor”.


Seguindo os ensinamentos de teu Filho Jesus, que nos diz: ”amai vossos inimigos, fazei o bem aos que vos odeiam, orai pelos que vos maltratam e perseguem” (Mateus 5,44). Quero, hoje, rezar por todos que me maltrataram de um jeito ou de outro e mais ainda, quero perdoar a todos. É difícil, Mãe. Há marcas, há cicatrizes bem profundas. Preciso de tua ajuda. Vem, Mãe, vem me ajudar a perdoar. Preciso de tua cura. Preciso me libertar. Sei que preciso curar primeiro minha alma pecadora. Preciso, Mãe, libertar-me da falta de perdão que também me atinge. Preciso saber perdoar. Preciso saber amar. Transforma-me, Mãe!

Contigo, Mãe, quero rezar a Deus com a palavra do salmista: “Voltai-vos para mim mostrai me vossa misericórdia, como fazeis sempre com os que amam o vosso nome” (Salmo 118,132).

Pai-Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.

Passo concreto: Reze hoje pelas pessoas que magoaram você. Perdoe-as no seu coração.

Reze por você e se perdoe.

3º Dia


Reze a oração para todos os dias.
 

Pedindo perdão

 

Oração do 3º dia.


Mãe e Rainha Três Vezes Admirável, minha Mãe querida. Neste 3º dia da novena venho pedir tua intercessão para que seja curada minha depressão. No teu Santuário, tens distribuído tantas graças, especialmente a graça da transformação. Preciso  desta graça, Mãe. Minha vida precisa ser mudada, transformada.

Eu quero curar-me com tua ajuda, Mãe. Como o salmista, digo também: “Meu destino está nas vossas mãos” (Salmo 30,16).


Entendo, Mãe, que meus pecados e minhas culpas contribuíram para que eu chegasse a esse estado de alma e essa fraqueza de espírito, a este cansaço que atinge meu corpo. Por isso, hoje eu quero humildemente pedir perdão. A palavra de Deus diz que é “Feliz aquele cuja iniqüidade foi perdoada, cujo pecado foi absolvido” (Salmo 31,1).


Quero voltar a ser feliz e transmitir essa felicidade, por isso, reconheço meus pecados, venho pedir perdão a Deus e peço-te, Mãe, para apresentar a Ele, hoje, esse meu pedido. Mais uma vez, quero rezar como o salmista: “Então, eu vos confessei o meu pecado, e não mais dissimulei a minha culpa... vou confessar ao Senhor a minha iniqüidade” (Salmo 31,5).


Quero renunciar aos meus erros, Mãe ajuda-me! Eu quero levar em conta o que diz o profeta Ezequiel: “Se, no entanto, o mal renuncia todos os seus erros para praticar as leis e seguir a justiça e a equidade, então ele viverá de certo, e não há de perecer” (Ezequiel 18,21). Para não perecer, Mãe, reconheço minha miséria, fragilidade e minhas limitações, e peço humildemente perdão.


Meu orgulho e vaidade são grandes obstáculos no meu caminho e não me possibilitam um arrependimento sincero. Ajuda-me a tirar as máscaras. Transforma-me! Eu preciso mudar de vida. Cobre-me com teu manto para receber toda coragem necessária para minha transformação de pessoa adoecida pelo pecado em uma pessoa nova, liberta e cheia de saúde que vem do Espírito Santo de Deus.


Mãe, coloco-me humildemente, como criança, a teus pés pedindo a graça de ser uma nova criatura, sem mancha, sem pecado, sem maldade. Cura o meu orgulho. Que se cumpra hoje em mim a promessa feita pela boca do profeta Ezequiel!: “Dar-vos-ei um coração novo e em vós porei um espírito novo; tirar-vos-ei do peito o coração de carne. Dentro de vós meterei meu espírito, fazendo que obedeçais as minhas leis e sigais e observeis os meus preceitos” (Ezequiel 36, 26-27).

Ajuda-me a ter um novo coração. Não quero mais pecar, minha Mãe. Ajuda-me!


Pai-Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.


Passo concreto:
Seria tão bom se pudesse, hoje, fazer uma confissão.
                          Procure um sacerdote.

4º Dia


Reze a oração para todos os dias.
 

Qual a medida de minha tristeza
 

Oração do 4º dia.


Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável, é o 4º dia da novena pedindo cura da depressão. Também hoje me ajoelho em espírito no teu Santuário. Venho renovar minha fé e confiança no teu poder de intercessão junto a Deus.

No teu Santuário, estás presente distribuindo as graças e bênçãos de Deus. Uma graça especial que tens para dar a todos os teus devotos é a graça do abrigo.


Quanto precisamos, Mãe, desta graça. Vivemos num mundo tão complicado, tão perigoso... sentimo-nos desabrigados e somos tomados pelo medo. Os problemas e as dificuldades que tenho que enfrentar no meu dia-a-dia me levam, Mãe, a uma tristeza muito grande. Sei que é o acúmulo dessas tristezas que se vão juntando, uma das grandes causas da minha depressão. Não quero, Mãe, viver constantemente triste. Preciso sair desse túnel escuro. Preciso sentir que sob tua proteção, sob teu olhar materno, vou superar os meus problemas. Quero confiar mais e mais no teu Filho Jesus. O que Ele disse aos seus apóstolos, quero ouvir agora, acreditando que Ele está falando para mim: “Agora estais tristes, mas hei de ver-vos outra vez, e o vosso coração se alegrará e ninguém vos tirará a vossa alegria” (João 16,22).


Mãe querida, pede a Jesus por mim, pede a Ele que aumente minha fé. Mãe, muitas vezes perco a medida certa das dificuldades e vejo-as bem maiores do que são. Eu valorizo a sombra, a noite escura e seus temores e me esqueço da luz. Hoje, eu peço, Mãe, inunda meu ser da luz da vida, a luz que é Teu Filho Jesus. Faz com que eu O deixe entrar na minha vida, iluminando-me plenamente. Aumenta e fortalece a minha fé. Que eu não me esqueça nunca das palavras de Teu Filho: “Eu sou a luz do mundo; aquele que me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida” (João 8,12).


Mãe, às vezes, sinto medo de tudo e de todos. Vivo me assustando. Sinto insegurança. Acho que nada vai dar certo. Não acredito mais nas pessoas, até nas mais próximas. Desconfio de todos e de tudo. Tudo me causa angústia.


Tenho que clamar a Teu Filho com as palavras do salmista: “Tende piedade de mim, Senhor, porque vivo atribulado, de tristeza definham meus olhos, minha alma e minhas entranhas. Realmente minha vida se consome em amargura e meus anos em gemidos. Minhas forças se esgotam na aflição” (Salmo 30, 10-11).


Mãe, eu sei que Deus pode tudo. Sei que Ele pode dar-me a graça de tirar proveito até dessa tristeza que sinto. São Paulo escreveu aos Coríntios dizendo que se alegrassem com a tristeza que eles estavam vivendo, porque aquela tristeza os levou à penitência e que a tristeza, segundo Deus, produz o arrependimento salutar, enquanto a tristeza do mundo produz a morte (2 Coríntios 7,10).


Mãe, que minhas tristezas de hoje me levem, sim, à penitência, à mudança de vida. Que eu me arrependa dos males que cometi e cometo. Ajuda-me, Mãe, a conhecer melhor o rosto amável de Deus com essa situação pela qual estou passando.


Mãe, teu Filho Jesus vem em meu favor e consola-me com estas palavras: “Até agora não pediste nada em meu nome. Pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja perfeita” (João 16,24).


Pai, em nome de Jesus, eu te peço: tira de mim a tristeza, cura minha depressão! Em nome de Jesus, por intercessão de Maria. Cura-me, Senhor!

Pai-Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.


Passo concreto: Procure pensar nos motivos de suas tristezas. São motivos relevantes ou são pequenos problemas?

           
Acenda uma vela e peça a luz de Deus para sua vida.

5º Dia


Reze a oração para todos os dias.
 

Quero alegrar-me em Deus
 

Oração do 5º dia.


Mãe querida, neste 5º dia de novena, venho me unir a ti para pedirmos juntos ao Pai a cura da minha tristeza profunda, da minha depressão.
Muitas vezes, Mãe, eu sinto que a depressão me leva a isolar-me das pessoas, até mesmo das mais queridas.

Ajuda-me, Mãe! Não tenho gosto de assumir compromissos. Até as coisas que mais gostava de fazer não me atraem mais. Estou sem vontade, sem ânimo, sem vigor físico, mental e espiritual.


Preciso da tua ajuda, Mãe! Aqui, contigo, quero ler agora um conselho de São Paulo dado aos Filipenses e te pedir que eu possa seguir, hoje, esse conselho:


“Alegrai-vos sempre no Senhor: Repito, alegrai-vos! Seja conhecida de todos os homens vossa bondade. O Senhor está próximo. Não vos inquieteis com nada! Em todas as circunstâncias apresentai a Deus as vossas preocupações, mediante a oração, as súplicas e a ação de graças. E a paz de Deus, que excede toda a inteligência, haverá de guardar vosso corações e vossos pensamentos, em Cristo Jesus” (Filipenses 4, 4 –7).


Mãe, que a Paz do Teu Filho guarde realmente o meu coração e os meus pensamentos. Mãe, que a alegria, que vem do Teu Filho, transborde no meu coração, chegue ao meu corpo, contagie minha mente e vibre no meu espírito. Que todos, a começar por mim, possam sentir, mediante tua intercessão amável, os benefícios do amor e da graça de Teu Filho.


Ajuda-me Mãe, abrigando-me sob teu mento, fazendo-me sentir tua presença materna, ajuda-me a não me inquietar com nada. Que eu saiba ,antes de tudo, apresentar a Deus minhas preocupações. Ensina-me a rezar, a pedir e agradecer.

Mãe, se, às vezes, duvidei ou duvido do poder de Jesus e no desespero procuro em outros caminhos a solução para meus problemas, peço perdão. Peço-te, Mãe, que me ajudes a não me desviar do caminho que é Jesus. Peço-te que seja só a luz de Jesus que me venha iluminar hoje e sempre.


Peço perdão pela minha falta de fé e de confiança naquele que tudo pode. Sei que na Sua misericórdia Deus me compreende e me perdoa.


Mãe, não quero mergulhar na tristeza. A palavra de Deus me pede para cultivar a alegria quando diz: “Não entregues tua alma à tristeza, não atormentes a ti mesmo em teus pensamentos. A alegria do coração do homem é um  inesgotável tesouro de santidade. A alegria do homem torna mais longa a sua vida. Tem compaixão de tua alma, torna-te agradável a Deus, e sê firme; concentra teu coração na santidade” (Eclesiástico 30, 21 – 24).


Mãe, obrigado por orar comigo ao Pai. Obrigado por me abrigar no teu coração. Obrigado, Mãe. Preciso muito de ti.


Pai-Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.


Passo concreto:
Escreva uma lista das coisas boas que aconteceram na sua vida. Comece pelo ar que respiramos. Diante da Mãe e Rainha, com sua vela acesa, diga baixinho 10 vezes: “Que o amor e a graça de Deus habite em mim”.

6º Dia


Reze a oração para todos os dias.
 

A força de Deus é maior
 

Oração do 6º dia.


Mãe e Rainha, este é o 6º dia da novena. Venho com mais confiança ainda pedir tua ajuda. Em teu coração de Mãe, quero ter o meu abrigo. Tu sabes que a depressão me envolve numa tristeza muito grande e me faz exagerar muitas vezes em demasia as dificuldades que tenho diante de mim. Vivo com a mente cheia de dúvidas, idéias estranhas.

Às vezes, até imagino que sou vitima de perseguição... Outras vezes, me entrego à resignação, ao desânimo, achando que já não há mais solução, que não vale à pena lutar mais... até a ajuda que outros me querem dar não sou capaz de aceitar.


Mãe, ajuda-me a acreditar mais no poder de Jesus e no teu amor intercessor.

Não permita, Mãe, que eu me deixe guiar por crendices, por superstições. Sei, Mãe, que o maligno também tem poder. Sei que é grande a força diabólica. Como diz São Pedro: “Nosso adversário, o demônio, anda ao nosso redor como um leão que ruge, buscando a quem devorar” (1ª carta de São Pedro, 5,8). Não me deixes, Mãe, exagerar a força do demônio em minha vida ou identificar tudo como sendo do demônio. Ajuda-me a resistir-lhe, a ser forte na fé. Muito mais poder tem teu Filho Jesus. Ajuda-me, Mãe, a ouvir constantemente teu divino Filho a me dizer: “Coragem! Eu venci o mundo” (João 16,33).


Mãe, abriga-me no teu coração para que eu, como Jesus, possa me sentir sempre na presença do Pai e dizer: “Não estou só porque o Pai está comigo” (João 16,32).


Mãe, hoje também quero dizer: eu venci! A Mãe está comigo. O Pai está comigo. Jesus me sustenta.

Mãe, não deixes que as dificuldades que a vida me apresenta me derrotem. Tira de mim a tristeza, tu que és invocada também com o titulo “Causa de nossa alegria”. Que em ti, Mãe, eu encontre o conforto, o ânimo, a força. Sei que também tu tiveste muitos problemas e dificuldades para enfrentar na vida. E foi a fé que te deu forças para seguir sempre adiante, mesmo sem entender tudo.


Mãe querida, na minha tristeza e em meu sofrimento venho pedir-te: reza comigo, Mãe,
“Lavai-me, Senhor, e me tornareis mais branco do que a neve.

Fazei-me ouvir uma palavra de gozo e de alegria, para que exultem os ossos que trituraste...

Ó meu Deus, criai em mim um coração puro e renovai-me o espírito de firmeza.

De vossa face não me rejeites e nem me priveis de vosso santo espírito.

Restitui-me a alegria da salvação e sustentai-me com uma vontade generosa...

Senhor, abri meus lábios a fim de que minha boca anuncie vossos louvores (Salmo 50, 9-17).


Pai-Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.


Passo concreto: Participe da Celebração da Eucaristia. Procure preparar-te para receber Jesus ressuscitado na Eucaristia. Ofereça sua comunhão pela sua cura e a cura de todos os que sofrem. Após a sua Eucaristia, fique um pouco mais na Igreja, vá até o sacrário e peça a Jesus que se manifeste em sua vida, reze a jaculatória do 6º dia:
“Que o amor e a graça de Deus habite em mim.”

7º Dia


Reze a oração para todos os dias.
 

O meu futuro está nas mãos de Deus
 

Oração do 7º dia.


Mãe querida, neste 7º dia da novena para a cura da depressão, estou mais uma vez em espírito no teu Santuário. Jesus disse que
“O desejo do Pai é que não se perca nenhum desses pequeninos” (Mateus 18,14).

Sei, Mãe, que esse é também teu desejo. Estou aqui me sentindo frágil, impotente, sem forças... Sou realmente pequeno... Preciso de salvação. Não posso me entregar à derrota. Preciso vencer. Preciso sair dessa situação difícil, Mãe. Por isso estou recorrendo a ti. Sei que queres fecundar com a graça de Deus e tua bênção, a minha vida, meus empreendimentos, meu trabalho, minhas ações.

Tens essa graça para me dar no teu Santuário: a graça da fecundidade apostólica.


Quando penso no futuro, no amanhã, vivo uma grande ansiedade. Vou acumulando preocupações... a montanha das preocupações vai crescendo, e me sinto um grão de areia diante do mais alto monte. Mas, agora Mãe, quero ouvir contigo a palavra do teu divino Filho: “Não temas, pequeno rebanho, porque foi do agrado do vosso Pai dar-vos o reino” (Lucas 12,32).


Sei que Deus tem preparado maravilhas para mim... um reino eterno de paz e de felicidade. Sei também que, já aqui na terra, Ele quer me fazer sentir as delícias desse reino, ganharei 100 vezes já na terra e a vida eterna no céu.


Ajuda-me, Mãe, a não esquecer isso. Às vezes, a vida me afoga num mar de preocupações frente ao futuro que até me esqueço que meu Pai é um Deus cheio de poder e de bondade, e que só quer o meu bem. Às vezes, me sinto só diante de barreiras intransponíveis. Um problema vem após o outro... vivo pensando naquilo que terei para resolver amanhã, depois de amanhã... no fim do mês... Não consigo ter uma visão objetiva dos problemas... Às vezes, nem são problemas, mas tarefas inerentes ao meu viver, ao meu estado de vida, mas eu vejo tudo pelo lado problemático, valorizo só as dificuldades. Vejo tudo com subjetivismo. Perco-me facilmente no labirinto das dificuldades e problemas... labirinto que eu mesmo vou criando para mim. Vivo numa inquietação terrível...

Não permitas, Mãe, que as preocupações frente ao futuro me arrasem. Grava agora no meu coração as palavras que o apóstolo Paulo escreveu aos Filipenses: “Não vos preocupeis com nada. Em todas as circunstâncias apresentai ao Senhor as vossas preocupações” (Filipenses 4,6).


Cura, Mãe, a minha ansiedade! Contigo quero rezar o Salmo 114, 1 – 4: “Amo ao Senhor, porque Ele ouviu a voz de minha súplica, porque inclinou para mim os seus ouvidos no dia em que o invoquei. Os laços da morte me envolviam, a rede da habitação dos mortos me apanhou de improviso; estava abismado na aflição e na ansiedade. Foi então que invoquei o nome do Senhor: Ó Senhor, salvai-me a vida!”


Pai-Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.


Passo concreto: Abra as janelas da sua casa, do seu quarto. Arrume as gavetas, as estantes. Mostre a si mesmo o quanto você tem alegria de viver, o quando o amor e a graça de Deus habitam em você. Mostre a seus familiares e amigos que você deseja a Luz, você é a Luz, e que por intercessão da Mãe e Rainha quer sair dessa situação e seguir os passos de Jesus, começando dentro da sua casa.

8º Dia


Reze a oração para todos os dias.
 

Livre das preocupações
 

Oração do 8º dia.


Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável este é o 8º dia da novena.

Agradeço e louvo a Deus por estar fazendo esta caminhada contigo.

Teu Filho me diz hoje o que disse há tantos anos atrás: “Velai sobre vós mesmos, para que os vossos corações não se tornem pesados com o excesso do comer, com a embriaguez e com as preocupações da vida; para que aquele dia não vos apanhe de improviso” (Lucas 21, 34).

Sim, Mãe, minha vida tem sido um mar de preocupações e meu coração parece estar pesado com as ansiedades que vou cumulando. O futuro me apavora. O que vai ser de mim, de minha família, de meus empreendimentos? São muitas as interrogações que faço. Não consigo, às vezes, libertar-me dessa ansiedade toda. Vejo as notícias na TV. Leio jornais. Diante dos acontecimentos, de catástrofes, dos acidentes, dos assaltos, apavoro-me e vivo me perguntando: Será que passarei por isso? Sinto medo.

Sofro com decepções, com traições, com infidelidades. Sofro golpes fortes dados pela vida e até por quem amo muito. Tudo isso me arrasa.


Contigo, Mãe querida, quero agora meditar nas palavras que São Paulo escreveu aos cristãos de Corinto: “Irmãos, o tempo é breve. O que importa é que os que têm mulher vivam como se não tivessem; os que choram como se não chorassem; os que compram como se não possuíssem e os que usam deste mundo, como se dele não usassem. Porque a figura deste mundo passa” (1Corinto 7, 29 – 31).


Mãe, Teu Filho pediu-nos que não nos preocupássemos tanto. Ele nos pediu em Mateus 6, 26 – 30: “Olhai as aves do céu: não semeiam, nem ceifam, nem recolhem os celeiros e o vosso Pai celeste os alimenta. Não valeis vós muito mais que elas? Qual de vós, por mais que se esforce, pode acrescentar um só côvado à duração da sua vida? E porque vos inquietais com as vestes, considerai como crescem os lírios do campo; não trabalham nem fiam. Entretanto, eu vos digo, que o próprio Salomão no auge de sua glória, não se vestiu como um deles. Se Deus veste assim a erva dos campos, que hoje cresce e amanhã será lançada ao fogo, quanto mais a vós, homens de pouca fé!”


Peço-te, Mãe, que nunca me falte o pão de cada dia, como ensinou a pedir teu Filho. Peço-te que nunca me torne insensível diante daqueles que não tem o que comer. Peço-te que eu não tenha ansiedade preocupante com relação ao futuro. Ajuda-me, Mãe, para que eu não tente mais afogar minhas mágoas, meus problemas e preocupações na droga, na bebida e em qualquer outra dependência. Pedindo tua bênção, Mãe, rezo como o salmista:

“Eu, porém, disse, seguro de mim: 'Não Serei jamais abalado'. Senhor, foi por favor que me deste honra e poder, mas quando escondeste vossa face fiquei aterrado.

A vós, Senhor, eu clamo e imploro a misericórdia de meu Deus. 'Que proveito vos resultará de retomar-me a vida, de minha descida ao túmulo? Por ventura vos louvará o meu pó? Apregoará ele a vossa fidelidade?'

Ouvi-me, Senhor, e tende piedade de mim; Senhor, vinde em minha ajuda” (Salmo 29, 7, 13).

Pai-Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.


Passo concreto: Muitos irmãos passam necessidades por não ter o mínimo, o básico, necessário à dignidade de Filhos de Deus. Leve até sua paróquia uma doação de alimentos não perecíveis, se puder dar uma cesta básica, faça-o, se só lhe for possível dar um quilo ou item, faça-o também. Para Deus, o valor não está na quantidade, mas no coração generoso e caridoso.


Agradeça a Deus por tudo que você tem recebido.

 

 9º Dia

 

Reze a oração para todos os dias.

 

Sou propriedade de Deus e de Maria
 

Oração do 9º dia.


Minha bondosa Mãe, Três Vezes Admirável, neste 9º e último dia da novena por minha cura, mostra-te três vezes admirável curando minhas culpas passadas; dando-me a graça da transformação interior.

Admirável curando minhas tristezas diante das dificuldades presentes, dando-me a graça do abrigo espiritual no teu coração materno.

           
Admirável curando minha ansiedade frente ao futuro, dando-me a graça da fecundidade em toda ação que eu realize. Que eu possa, sempre mais, realizar ações apostólicas, ajudando outros a receber também a graça da cura da depressão. Que eu seja o testemunho desta graça de cura.

           
Este é o ultimo dia da novena. No decorrer da mesma, Mãe, foste uma companheira, uma amiga na caminhada.


Deste-me a mão e caminhaste comigo por nove dias. Sei que ficarás comigo para sempre. Sei que no teu Santuário estás sempre a minha espera com teu doce e terno olhar. Sei que posso estar contigo e com Teu Filho sempre que eu quiser. Se não puder ir ao Santuário fisicamente, posso ir em espírito. Sei também que queres me visitar, como Mãe Peregrina que és, assim como visitaste Isabel. Vem, Mãe, vem visitar-me sempre. Vem ficar sempre comigo. Faz teu Santuário, hoje e sempre, no meu coração e no meu lar.


Mais uma vez, coloco-me diante de ti como uma talha vazia. Tu sabes bem, minha Mãe, a graça que preciso para encher a minha vida de paz, de tranqüilidade, de esperança, de fé e de amor.


Coloco-me, também, diante de ti, como um amontoamento de cacos. Sou um vaso quebrado, como diz o Salmo 30, 13: “Fui esquecido dos corações como um morto, fiquei rejeitado como um vaso partido”.


Mas sei, Mãe, que tu podes alcançar de teu Filho, a graça da restauração para mim. Eu quero ser como diz Deus no livro de Jeremias: “A argila na mão do oleiro” (Jeremias 18, 6). Restaura-me! Faz da minha vida, faz de mim, um vaso novo”!


Mais uma vez, eu te peço, Mãe, arranca de mim as vãs preocupações e ansiedades frente à vida. Grava no meu entendimento, mais ainda no meu coração, as palavras de teu Filho: “Não vos inquieteis com que haveis de comer ou beber; e não andeis com vãs preocupações. Porque os homens do mundo é que se preocupam com todas essas coisas. Mas, vosso Pai bem sabe que precisais de tudo isso” (Lucas 12, 29 – 30).


Agora, Mãe, no fim desta novena, quero me consagrar a ti. No alto do Calvário, estavas de pé junto à cruz do teu Filho. No meu Calvário, quero ouvir todos os dias teu Filho dizendo: “Eis aí tua Mãe” por isso, Mãe, só me resta consagrar-me a ti, depositar em ti a minha vida. Apresenta-me ao Pai, hoje e sempre.


Ó minha Senhora, ó minha Mãe, eu me ofereço todo a vós e, em prova da minha devoção para convosco, vos consagro neste dia os meus olhos, os meus ouvidos, a minha boca, o meu coração e inteiramente todo o meu ser, e porque assim sou vosso, ó incomparável Mãe, guardai-me, defendei-me, como coisa e propriedade vossa. Amém.

 
Pai-Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.


Passo concreto: Tendo oportunidade, visite o Santuário da Mãe e Rainha e leve a ela um presente: Leve a ela, se puder, 9 rosas, lembrando os 9 dias desta novena. Deposite aos seus pés uma de cada vez. Para cada rosa reze uma “Ave-Maria” com fervor e agradecimento pela graça da cura por sua materna intercessão.

Se não puder ir ao Santuário, vá à Igreja mais próxima. Na primeira oportunidade, visite a Mãe, no seu Santuário.








Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 21/10/09 às 11:17:34 h.


1) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. CADASTRE-SE AQUI é grátis!
 
2) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. ENVIE POR AQUI!

ATENÇÃO!
Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste
      que sempre sejam citados a fonte.



VEJA TAMBÉM:
A Dupla Novena (em reparação aos Corações de Jesus e Maria)
A "Flor "do Carmelo Mãe, Irmã e Mestra das Carmelitas
Novena à Divina Misericórdia
Novena a Nossa Senhora Aparecida
A Novena do Rosario de 54 dias
Novena ds Rosas de Santa Terezinha do Menino Jesus
Novena a Nossa Senhora das Mercês
Novena ao Espirito Santo
Consagração da familia à Nossa Senhora
Novena a Nossa Senhora de Fátima
Terço da Divina Misericórdia
Novena ao Espírito Santo
Nossa Senhor da Agonia
Novena à Nossa Senhora da Anunciação
Novena a Nossa Senhora Rosa Mística
Nossa Senhora dos Anjos
Orãção e Consagração à Nossa Senhora da Sagrada familia
Novena a Nossa Senhora de Nazaré
Oração para conseguir emprego
Oração à Nossa Senhora do bom parto

Total Visitas Únicas: 3.515.461
Visitas Únicas Hoje: 999
Usuários Online: 267
  2006-2013 - James - Webmaster - www.espacomaria.com.br - Santarém - Pará - Brasil