O truque jesuíta para curar feridas do passado


LISTAR ARTIGOS DESTA CATEGORIA
Artigos




Artigo visto 108 vezes




Visto: 108 - Impresso: 0 - Enviado: 0 - Salvo em Word: 0
Postado em: 15/05/19 às 00:10:44 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=15261
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos

Esta prática de 5 etapas de Santo Inácio pode abrir o caminho para a cura

Frequentemente, emoções surgem de uma fonte misteriosa dentro de mim, e eu me vejo ansioso ou irritado, sem saber o porquê. Eu normalmente não sei dizer por que estou tendo um dia ruim e tenho dificuldade em corrigi-lo. Isso porque, como um psicólogo uma vez me disse, não tenho a menor ideia do que estou sentindo em momento algum. O que significa que eu geralmente me comporto de maneiras que não são saudáveis, porque eu estou carregando coisas do passado que nem tenho consciência de que ainda estão me afetando. E só mais tarde eu reflito e entendo a causa.
Tão pequenas quanto minhas mágoas podem ser, eu me esforço para deixá-las para trás. Como sacerdote, eu converso com pessoas que estão buscando aconselhamento e oração, e descubro que as dores do passado e o trauma podem permanecer como uma ferida aberta. Pode ser uma lembrança da infância ou um evento mais recente, mas, de qualquer forma, se não for tratada, a dor do passado continuará a causar um efeito negativo e permanente. A falta de cura interior pode destruir casamentos e amizades. Faz com que nos comportemos de forma autodestrutiva e podemos tornar a paz interior impossível.

Então, como curar e seguir em frente?

Vejamos o que diz Santo Inácio de Loyola, padre do século XVI e fundador dos jesuítas. Sua vida foi marcada por vários eventos indutores de trauma. Sua mãe morreu quando ele era jovem, ele esteve envolvido em várias brigas violentas, assassinou um homem em um duelo, e ainda teve sua perna estilhaçada por uma bala de canhão em batalha. Como resultado da lesão, ele passou por várias cirurgias dolorosas sem anestesia. Foi durante a recuperação que ele começou a contemplar sua vida e começou a fazer mudanças. Por fim, ele publicou seus Exercícios Espirituais, que detalham seu método prático para alcançar a liberdade espiritual. Parte de seu processo, chamado Examen, ajuda a examinar as mágoas, os erros e as motivações do passado.

Aqui está sua meditação diária de cinco etapas que ajuda a trazer à luz o que está doendo e abre o caminho para a cura.

Buscar esclarecimento

Santo Inácio indica aqui que devemos ampliar nossa perspectiva. É muito fácil ficar focado em mágoas passadas e permitir que elas se tornem nossa identidade. É extremamente útil nos vermos com novos olhos. Inácio tem particularmente em mente buscar uma perspectiva divina, mas também é bom encontrar apoio de amigos e familiares.

Agradecimento

Quando estou ansioso ou me sentindo magoado, minha mente fixa constantemente em minhas preocupações, o que só faz a mágoa crescer. Os psicólogos concordam com Santo Inácio que é importante insistir na experiência positiva para quebrar um ciclo mental negativo. Isso não apagará a dor, mas proporcionará um espaço de ar fresco emocional muito necessário.

Conheça suas emoções

Dê uma olhada honesta no seu dia, incluindo as mágoas que podem ter se acumulado e quais feridas passadas ainda persistem. Costumo tirar um tempo sozinho no final do dia para refletir e considerar honestamente onde estou, perguntando a mim mesmo quais emoções estou sentindo e identificando sua origem. Emoções fortes significam que eu tenho algo para resolver na minha alma. Os psicólogos concordam que é vital fazer essa revisão, identificar emoções e trabalhar para compreendê-las.

Seja responsável

É difícil, mas não importa quem tenha me machucado, não posso usar isso como desculpa para minhas falhas. Um dos passos para a cura é quebrar o ciclo de ação. Mesmo que eu seja afetado negativamente por mágoas passadas, não posso permitir que a negatividade sature o resto da minha vida e controle o meu comportamento. Quando assumimos a responsabilidade por nossas ações, isso nos liberta para fazer escolhas positivas no futuro.

Esteja pronto para o amanhã

Nós não temos que ser escravos do nosso passado para sempre, e o futuro é iluminado para cada pessoa, independentemente das experiências que nos levaram aonde estamos hoje. Santo Inácio aconselha que todos os dias que façamos uma resolução, que seja a melhor versão possível de nós mesmos.

Ao longo de sua vida, Santo Inácio achou que suas meditações eram uma forma eficaz de deixar o passado para trás e progredir em direção ao tipo de pessoa que ele queria se tornar. Sua influência continua a ser amplamente sentida hoje, quando pessoas de todas as esferas da vida usam seus métodos práticos para progredir no autoconhecimento, compreender suas emoções e encontrar a cura.

Fonte: www.aleteia.org

 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.564.453
Visitas Únicas Hoje: 877
Usuários Online: 297