Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos




Artigo N.º 4011 - As almas se abraçam?
Artigo visto 2939




Visto: 2939
Postado em: 08/01/10 às 20:34:14 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=4011
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos

Sim, as almas se abraçam entre si. E abraçam a nós, os que ficamos na terra, só que raramente o percebemos.

O abraço de uma alma foi percebido por uma menina de nove anos que, por sinal, era abraçada por sua própria mãe. E Santa Faustina relata como recebeu um grande abraço de uma alma que acabava de sair do Purgatório.

Do “outro lado”, duas situações diversas. Fora do tempo e do espaço, pode uma só alma abraçar a milhares “ao mesmo tempo”, individualmente e sem confundi-las como uma multidão. Mas também têm, os bem-aventurados, as almas do Purgatório e os condenados a sensação de “caminhar” no tempo e no espaço (em diversos túneis, ou “subindo”,  por exemplo) como narra Gloria Pólo. Tem a sensação de “formato” da alma, o mesmo formato do seu corpo.

“Radiante de felicidade, (a alma) disse-me que já está no Céu. (...) Aproximando-se de mim, abraçou-me cordialmente e disse: ‘Já tenho que ir’. A alma que, ordinariamente está fora do tempo e do espaço, entra no tempo e no espaço (no tempo e no espaço de Santa Faustina aqui na terra) e “movimenta-se”, “aproximando-se” e indo embora. Em função desse abraço Santa Faustina compreendeu “como é estreita a união dessas três etapas da vida das almas, isto é, a terra, o purgatório e o céu.” (Diário, 594).

“Meu “corpo” já não estava nas medidas de tempo nem de espaço daqui da Terra, e vi todas as pessoas num mesmo instante, num mesmo momento, todas as pessoas, as vivas e as mortas e abracei os meus bisavós. Abracei meus pais que já haviam falecido, abracei a todos e foi um momento pleno e maravilhoso. Aí me dei conta de que havia caído por terra a teoria da reencarnação e eu via meu avô, meu bisavô, eles me abraçaram por um momento e encontrei com todas as pessoas que tiveram a ver comigo em minha vida, em todo lugar, ao mesmo instante.

Só minha filha de 9 anos (que estava viva) que se assustou quando a abracei, ela sim sentiu meu abraço. Não havia passado nada de tempo nesse momento tão lindo, e que maravilha estar sem o corpo! Já não via as coisas como antes, quando só olhava se alguém era gordo, ou magro, ou feio, ou negro, sempre olhando com critérios. Não era assim quando não tinha meu corpo humano. Eu podia ver o interior das pessoas, como é lindo poder ver o interior das pessoas! Ver nelas seus pensamentos, seus sentimentos. Abracei a todos em um instante e, no entanto, eu continuava subindo e subindo, cheia de alegria.

Isso a alma. Porém, depois da Ressurreição, o corpo pode ficar fora do tempo e do espaço, como estava habitualmente o Corpo de Jesus, ou entrar, quando quiser, no tempo e no espaço (1), o que se deu, por ex. quando Jesus Ressuscitado caminhava junto com os discípulos de Emaús. O Corpo ressuscitado tem pernas, e usa as pernas para caminhar!

Jesus na Hóstia Sagrada, não tem dimensão. Ele está todo inteiro, com Seu Corpo, Sangue, Alma e Divindade na Hóstia inteira, como está todo inteiro na menor partícula que se desprende da mesma e, quando não se usa mais a patena e quase sempre na comunhão na mão, cai no chão e é pisoteado. Ele está todo inteiro e com Seu Coração batendo, ora de alegria, ora de tristeza, como no último caso. Daí a necessidade da “reparação” para consolar o Coração de Jesus tão maltratado!

Quanto à situação “do outro lado” veja mais no artigo sobre GLÓRIA PÓLO.

Pesquisa de Hugo Ferreira Pinto, hugoap@terra.com.br 

(CREIO NA VIDA ETERNA!)

(1) Afirma o Catecismo da Igreja Católica: “Este corpo autêntico e real possui ao mesmo tempo propriedades novas de um corpo glorioso: não está mais situado no espaço e no tempo, mas PODE tornar-se presente a seu modo, ONDE (espaço) e QUANDO (tempo) quiser.” Número 645, onde também se lê: “Jesus ressuscitado estabelece com seus discípulos relações diretas em que estes o APALPAM e com Ele COMEM.” ("Mas ele lhes disse: Tenho um alimento para comer que vós não conheceis". (Jo 4,32).


Fonte:
http://www.mensagensdemaria.org/artigos_ver.php?codigo_texto=1



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

LEIA TAMBÉM
O Terço perdido
É bom fazer promessas?
RETIROS ESPIRITUAIS – PROGRAMAÇÃO 2010
FELIZ ANO NOVO!!!!
FELIZ ANO NOVO!!!!
CORAGEM IRMÃOS
CONVITE A CONVERSÃO DO CORAÇÃO
CONFIANÇA
Caridade
Veja mais artigos relacionados
 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.423.854
Visitas Únicas Hoje: 177
Usuários Online: 240