Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos




Artigo N.º 9901 - Culpa Católica por padre Zezinho, scj
Artigo visto 3273 vezes




Visto: 3273
Postado em: 29/06/12 às 06:18:40 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=9901
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos

Já li em livros, vi em filmes, ouvi em entrevistas. E acho estranho que falem em culpa católica e não em culpa espírita, culpa evangélica, culpa ortodoxa, culpa muçulmana ou culpa judia. É um dos preconceitos mais disseminados contra o catolicismo, às vezes, por ex-católicos. O que pretendem dizer estes entrevistados, artistas, redatores de cinema, articulistas com a expressão culpa católica? Uma análise mais detalhada mostra que falam de uma culpa por algo que eles acham natural e não consideram pecado.


No fundo, culpa católica é o sentimento que resta numa pessoa por ter feito algo que ela considera errado e que o mundo não acha errado. Envolve quase sempre questões de sexo por causa da rigidez com que o catolicismo encara o sexo antes e durante e depois do matrimônio.

Na maioria das vezes em que se toca no assunto, o tema é sexualidade. Vale dizer que o católico vai à confissão por alguma coisa que não precisaria, porque ele mesmo deveria resolver, libertando-se do sentimento de culpa. Então a culpa católica seria diferente da culpa evangélica? Diferente da culpa muçulmana, judia ou ortodoxa, ou da culpa de algum ateu? A Igreja Católica inventou pecados e culpas que não existem? As outras religiões nunca fizeram isso? E é verdade? Os católicos oram nas missas: “Por minha culpa, minha tão grande culpa” e pedem que as pessoas orem por eles que pecaram e que o céu ore por eles para que Deus os perdoe.

Isto mesmo! Católico assume sua culpa. Bate no peito e diz “fui eu!” Não põe a culpa em ninguém. Ele assume os seus erros. Isto mesmo! Católico vai à confissão, procura o padre, conta seus pecados e assume seus erros; não põe a culpa nos outros. Isto mesmo! Católico tem culpa, sim, mas liberta-se dela através do sacramento da penitência e através da honestidade de admitir que foi ele quem aceitou pecar, foi ele que cedeu, foi ele que concordou, foi ele quem quis. É bem mais sadio do que fingir que não foi nada. Ele diz tudo isso porque sente culpa. Mas para um católico culpa é uma coisa, remorso é outra. Isso decorre do fato de que nós, católicos, admitimos que a virtude existe, mas deve ser procurada e assumida. O pecado existe e, se alguém o cometeu, deve assumir a culpa; mas o católico também admite e afirma que existe o perdão que é dado a quem se arrependeu e tentou reparar o mal feito.

Por isso, quando vejo um entrevistado, ou leio um artigo, ou percebo a ironia de algum comediante ou comentarista, ao acusar os católicos de sentirem culpa, minha vontade é estar ali perto e responder: “Isto mesmo! O católico sente culpa e feliz aquele que sente culpa e assume e sente que ela pode ser perdoada”. Hitler não sentiu e não assumiu, Stalin não sentiu e não assumiu, Pol Pot não sentiu e não assumiu, Fidel Castro aparentemente não sentiu e não assumiu, ­­­­nem alguns partidos de esquerda ou de direita, nem a turma do mensalão, nem torturadores, nem ditadores admitem culpa pelo que fizeram. Justificam-se ou acusam os outros de tê-los obrigado a agir como agiram. A culpa é sempre da oposição.

Através da história muitos santos sentiram culpa e mudaram de vida. Paulo fez isso, Agostinho fez isso, Madalena fez isso. Entre os hebreus Davi fez isso; Judas sentiu remorso e se matou, Pedro sentiu culpa e arrependeu-se. A história mostra que quem se sente culpado e expia seu pecado tem muito mais chance de ser feliz do que aqueles que não se sentem culpados e, se pudessem repetiriam o que fizeram. Acham que não devem nada e nenhuma explicação a ninguém.

Isto mesmo! Culpa de católico existe! E seria bom também se existisse culpa de evangélico, judeu, muçulmano e budista e culpas de partidos de direita e esquerda e culpa de ditadores e auxiliares da ditadura, porque se a humanidade sentisse um pouco mais de culpa, talvez, tomasse mais cuidado em não repetir os seus erros.

Se você é católico… da próxima vez que ouvir essa expressão: “culpa de católico”, concorde. Católico sente culpa. E é uma pena que outros não sintam!


Fonte:
http://reporterdecristo.com/culpa-c
atolica-por-padre-zezinho-scj/



LEIA TAMBÉM
Regra de São Bento
A pregação e o dinheiro – por padre Zezinho, scj
AMAR TAMBÉM É SE SACRIFICAR
LAMENTOS DE JESUS AO PADRE PIO
EXISTEM SANTOS NO BRASIL?
"Tão real sobre o Altar, como outrora sobre a Cruz"
Frases de santos sobre a Eucaristia
SANTA JOANA DARC: Surpreedentes e variadas são as vias da Providência!
São Paulo e a luta pelo Deus que realmente era desconhecido.



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.162.907
Visitas Únicas Hoje: 2.318
Usuários Online: 384