Espacojames


Página Inicial
Listar Profecias




Artigo N.º 7940 - Ezequiel 7 (O Fim está próximo)
Artigo visto 6680 vezes




Visto: 6680
Postado em: 01/06/11 às 19:50:51 por: James
Categoria: Profecias
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=11&id=7940
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Profecias

Espacojames: Como diz São Miguel "Quem é como Deus?" Quem fugirá do castigo? Ninguém!!!


"Para onde irei? para onde fugirei?/ se subo ao céu/ Ou se me prosto no abismo,/eu te encontro lá...

Não existe buraco, não existe montanha, não há abrigo na terra e nem no fundo do mar, não há como se esconder da ira de Deus. Ninguém fugirá pois "O fim vem para todos os quatro cantos da terra".

Devemos fazer como foi orientado pelo Movimento Salvai Almas e por muitos outros profetas. Nos três dias de trevas fechar as portas, acender a vela benta e implorar a misericórdia divina, e jamais abrir as portas pois o castigo lá fora será terrível! Assim como a mulher de Ló virou sal, todos que abrirem a porta por curiosidade deixará livre para a entrada dos demônios e perecerá no mesmo instante.

Estejamos preparados para a vinda do Mestre, e ele virá, ELE VIRÁ!

Vem Senhor Jesus, vem fazer novas todas as coisas...

james - www.espacojames.com.br

---------------

1 A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:

2. filho do homem, oráculo do Senhor à terra de Israel: eis o fim. O fim vem para todos os quatro cantos da terra.

3. Chegou o fim para ti, vou desencadear contra ti a minha cólera, vou julgar-te de acordo com o teu procedimento e fazer cair sobre ti o peso de todas as tuas práticas abomináveis.

4. Não te tomarei em consideração, serei sem complacência, pedirei conta de teu proceder, e todos os teus horrores serão manifestos no teu meio. Então sabereis que sou eu o Senhor.


5. Eis o que diz o Senhor Javé: uma desgraça única! Eis que irá suceder: uma desgraça!

6. O fim se avizinha, o fim se aproxima, ele desperta para cair sobre ti; ei-lo!

7. Tua vez é chegada, habitante da terra! É vindo o momento, o dia está próximo; não há mais alegria sobre as montanhas; é o pânico.


8. Vou em breve desencadear o meu furor contra ti, fartar a minha cólera, julgar-te segundo o teu proceder; farei cair sobre ti o peso das tuas abominações.

9. Não te tomarei em consideração, serei implacável, pedirei conta de teu proceder, e todos os teus horrores serão manifestos no teu meio. Então sabereis que sou eu o Senhor que fere.


10. Eis o dia! Ei-lo que chega. Tua vez chegou. A vara floriu o orgulho produziu seus frutos!



11. a violência levantou-se com um cetro de impiedade: isso não vem deles, nem da multidão, nem da sua tropa, nem da sua magnificência.

12. Chegou o tempo o dia se aproxima! Que não se alegre o comprador, que não se aflija o vendedor, pois a cólera vai pesar sobre toda a multidão.


13. O vendedor não recuperará o que houver vendido, mesmo que esteja vivo, porque a visão contra toda a multidão não será revogada, e ninguém terá força de proteger a si mesmo, devido a seu pecado.

14. Soa a trombeta; está tudo pronto; mas ninguém marcha para o combate, porque o meu furor se desencadeia sobre toda a multidão.


15. Fora, a espada; dentro, a peste e a fome. Quem estiver no campo perecerá pela espada; o que se encontrar na cidade será devorado pela peste e pela fome.


16. Se alguns chegarem a se refugiar nas montanhas, gemerão como as pombas dos vales, cada qual por causa do seu pecado.

17. Todas as mãos cairão (desalentadas), todos os joelhos tremerão.

18. Revestir-se-ão de saco e tremerão como varas verdes! A vergonha transparecerá em todos os rostos e todas as cabeças serão raspadas.

19. Deitarão o dinheiro às ruas, seu ouro será como imundície; sua prata e seu ouro não poderão salvá-los no dia da cólera do Senhor. Não saberão eles nem comer à vontade nem encher o ventre, porque é lá que os farei cair no pecado.

20. Punham seu orgulho na beleza das suas jóias; fabricavam seus ídolos abomináveis; por isso farei deles objetos de repugnância.

21. Abandoná-los-ei à pilhagem, às mãos de estranhos e, devido à profanação, farei deles o espólio dos ímpios da terra.

22. Desviarei os olhos e será profanado o meu tesouro; bárbaros penetrarão aí para profaná-lo.

23. Prepara-te uma cadeia; pois a terra está repleta de crimes, e a cidade cheia de violências.


24. Farei vir também os mais bárbaros pagãos, que se apoderarão de todas as casas; porei termo ao orgulho dos poderosos, e os lugares santos serão profanados.

25. É a ruína que está chegando. Procurar-se-á salvação, sem que se possa encontrá-la.

26. Sobrevirão desastres sobre desastres, má nova sobre má nova. Pedir-se-ão oráculos ao profeta, faltará a lei para o sacerdote, e o conselho para os anciãos.


27. O rei há de pôr luto, ficará o príncipe cheio de consternação, tremerão as mãos dos homens do povo. Tratá-los-ei de conformidade com o proceder que levaram, julgá-los-ei conforme houverem merecido.

Então saberão que sou o Senhor.


(Ezequiel 7, 1-27)

 


 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.839.199
Visitas Únicas Hoje: 394
Usuários Online: 225