LISTAR ARTIGOS DESTA CATEGORIA
LISTAR MENUS

Curiosidades



Artigo visto 7721 vezes




Visto: 7721 - Impresso: 355 - Enviado: 50 - Salvo em Word: 179
Postado em: 23/11/10 às 14:36:05 por: James
Categoria: Curiosidades
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=177&id=6702
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Curiosidades

A maior mina de diamantes do mundo.

As fotos abaixo são da mina de diamante de Mirny, uma pequena cidade de 38000 habitantes localizada na Sibéria oriental, Rússia. Sendo da Sibéria, o local é extremamente frio, com uma temperatura média de quarenta graus centígrados negativos. Mas o que chama mesmo a atenção no local é a mina. Ela tem a forma cone de um aberto terra adentro com um diâmetro de 1250 metros e profundidade de 525 metros. Pelas suas magnânimas dimensões o buraco acabou sendo apelidado de “umbigo do mundo”.

É difícil compreender a magnitude da mina mesmo vendo as fotos, por isto, primeiro veja este caminhão usado em mineração, aí comparado com um carro de passeio. Ele tem quase nove metros de altura.

 

Agora, nesta foto acima batida da borda do buraco, ao nível do chão, observe a pequena seta vermelha que aparece do lado direito ao centro. Ela aponta para um caminhão do mesmo tipo do da foto anterior. Veja que aí ele é apenas um minúsculo ponto, menor que um grão de areia, permitindo ter uma noção mais aproximada do porte das escavações.


Tirada de helicóptero, o ponto de visão desta foto é aproximadamente 300 metros acima do solo. Ela permite comparar o diâmetro do buraco da mina com as construções da cidade, ao fundo.


Mais duas fotos aéreas permitem a localização e comparação com a paisagem circundante e a cidade. Curiosamente, a relatos de acidentes envolvendo helicópteros que sobrevoaram o buraco passando por cima dele. Acredita-se que tenham sido provocados pelo fluxo de ar descendente que o buraco propicia. Ou seja, foram tragados.

 


Amplie esta foto, feita por um avião que se preparava para posar em Mirny. A altitude aproximada é quatro mil metros. Ela permite ver muitos detalhes da topografia da área e, inclusive, os aviões estacionando ao lado da pista do aeroporto da cidade.


Esta imagem em preto e branco foi produzida por um satélite e mostra o “umbigo do mundo”, de onde se extrai diamantes desde 1955.

 

Fonte: pesquisa James - www.espacojames.com.br

 
Total Visitas Únicas: 6.489.131
Visitas Únicas Hoje: 850
Usuários Online: 122