Livro sobre Nossa Senhora transforma um jovem de rua imerso em drogas e crime em um sacerdote.
 
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 5.781.309
Visitas Únicas Hoje: 291
Usuários Online: 307
Sistema de Busca



Qual a aparição de Nossa Senhora mais importante na História?

Medjugorje

Fátima














Newsletter Espacojames
Receba nossas atualizações diretamente no seu Email - Grátis!
 

Artigos Medjugorje
Medjugorje é um pequeno vilarejo localizado na Bósnia, onde desde 1981 seis jovens tem falado com Nossa Senhora quase que diariamente, e aqui embaixo estão alguns artigos sobre esses milagres em plenos dias de hoje, Glória a Deus por isso.




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1508 - Impresso: 76 - Enviado: 15 - Salvo em Word: 29
Postado em: 06/10/08 às 11:28:27 por: James
Categoria: Artigos Medjugorje
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=18&id=613
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Medjugorje

16 de Fevereiro de 2004 – Reportado no journal online Spirit Daily.com. “Em 1992, minha vida mudou dramaticamente”, diz o Padre Donald Calloway. “Eu tive uma profunda experiência de conversão depois de chegar ao fundo do poço”.

Realmente o fundo do poço!! Agora um padre de 31 anos de idade que serve como assistente do reitor da paróquia nacional da Divina Misericórdia em Stockbridge, Massachussets, Padre Calloway era um jovem de rua que estava envolvido em tudo, de abuso de drogas a roubos.
“Eu tinha sido tudo o que um garoto poderia ser até a idade dos vinte anos”, diz padre Calloway. “Minha mãe foi casada três vezes e nós não tinhamos religião. Minha família era muito hedonista (adepta do viver pelo prazer). Havia uma espiral descendente em minha vida.

Começou Virginia Beach – onde seu padrasto estava nas forças armadas – e continuou quando a família se mudou para a Califórnia. Drogas, sexo, fumo e bebida – todos na idade de 11 anos. “Foi até o ponto de perder o controle”, ele agora relata, “Nós nos mudamos para Los Angeles. Depois, para o Japão. Isto abalou meu mundo”.

Sendo separado tão continuamente de seus amigos e de seu ambiente, o jovem Donald Calloway decidiu dar uma lição a seus pais. Tão logo chegaram ao Japão, ele se tornou um “inferno vivo” para eles. Ele passou a andar com pessoas erradas e começou a ingerir inacreditáveis quantidades de drogas: ópio, heroína, e álcool todos os dias, também inalando fumaça de gasolina.

Chegou ao ponto de fugir da base militar e escapar para um país vizinho cometendo crimes: roubando grandes quantidades de dinheiro, carros, motocicletas. Esteve mesmo envolvido em missões para a máfia japonesa.

“Eu não me preocupava com nada ou ninguém” disse padre Calloway, cuja a mãe teve um colapso nervoso, terminando por consultar um padre e se tornado católica – algo do qual o jovem Donald nada sabia. Ela foi também forçada a voltar aos Estados Unidos sem ele. A polícia instalou escutas na base militar para tentar capturar o jovem e finalmente o agarraram. Quando o prenderam, Calloway cuspiu na cara de um dos policiais militares. Nesta época, ele tinha 15 anos com longos cabelos e uma boca profana – tão selvagem que ele foi algemado e deportado.

Expulso do Japão, Calloway retornou para os Estados Unidos, onde disse a sua mãe que a odiava mas concordava em entrar para um centro de reabilitação. Em pouco tempo ele saiu de lá e retornou as drogas em maior escala. Heroína, Crack, LSD, estimulantes, calmantes. E tinham as garotas. “Chegou ao ponto de eu começar a seguir a “ morte grata” e viver em lugares como um tronco de árvore”, relembra o padre. “Em Louisiana, eu terminei na cadeia. Eu era uma confusao absoluta.”.

Ele era um indigente, seu cabelo caído até a cintura. Eele estava tatuado. Era um “ciclo de vida de morte”. Houve outra tentativa de reabilitacao, mas , é claro, falhou. O consumo de drogas estava ainda mais forte.

“Entao, uma noite in 1992, eu sabia que minha vida mudaria radicalmente, que alguma coisa estava para acontecer em minha vida e causaria uma mudanca radical”. “Eu sabia que algo estava para acontecer. Alguma coisa estava vindo.”

Foi esta peculiar, súbita e poderosa intuicao que mudou sua vida – um sentimento tao poderoso que ele rejeitou as chamadas dos amigos para irem às festas, o que ele fazia todas as noites. Ele ainda tem dificuldades de explicar o que exatamente aconteceu. As preces de uma mae?

Por um tempo, Calloway permanecu no seu quarto, esperando por esta “coisa” desconhecida chegar. Entao foi à sala de estar, procurando por uma revista ou livro para ler enquanto esperava, guiado por um impressionante sentimento interior. “Eu queria dar uma olhada em algum tipo de revista com fotos enquanto eu estava esperando, algo como o National Geographic, com fotos, e eu fui lá e lá havia um livro que chamou minha atencao”.ele diz. “Na capa estava dito, A Rainha da Paz visita Medjugorje”.

Era um livro sobre o local da aparição na Bósnia-Herzegovina do padre Joseph A. Pelletier e Calloway não pode compreender o siginificado das palavras. Ele se perguntou se seus pais tinham aprendido um lingua estrangeira. Olhando aas fotos, ele viu seis criancas olhando fixamente para o nada. Erma os videntes, durante uma aparição -- algo de que ele numca tinha ouvido falar. Ele leu o título e dizia que eles estavam olhando para a “Bem-aventurada Virgem Maria”. Ele eram tao pobremente versado em religiao que ele não sabia quem era a Mae Divina. “Eu pensava que Jesus era como o Papai Noel”, ele lembra. “Eu era uma ardósia branca”. Olhando mais as figuras, ele viu outras palavras como o Rosário, a Comunhao , e a Eucaristia das quais que ele tinha pouca idéia.

Havia toda essa língua Católica, mas ele comecou a lê-lo avidamente. Ele não podia parar. “Eu li aquele livro inteiro das 3:30 as 4 da manha”, ele diz. “ eu comi aquele livro como se fosse minha vida. Eu o consumi. E disse a mim mesmo: Isto é verdade. Tudo neste livro é verdade. Ela estava dizendo que Jesus era Deus, e eu pensei que qualquer coisa que Ela diz é verdade. Ele parecia tao linda e sem defeitos. Ela cativou meu coracao. E eu disse: eu me darei totalmente a esta mulher”.

O jovem foi até a sua mae na manhã seguinte e disse para ela que ele queria ser padre. Ele ficou chocada. Ele sabia que havia um capelão na base, e foi onde ele terminou por ir - pulando de alegria como um garotinho, seu longo cabelo de hippie seguia a marcha dos Fuzileiros Navais.

Quando Calloway encontrou-se com o capelao, o padre lhe disse que ele fosse á igreja e se sentasse nos fundos, enquanto ele celebrasse a Missa. Depois, eles se falariam. Donald fez o que ele lhe tinha dito, esperando enquanto um pequeno grupo de mulheres filipinas recitavam uma oracão repetitiva, que era, é claro, o Rosário. Entao veio o momento que mudou sua vida. O padre apareceu com o manto. Calloway pensava que era algum tipo de encenação. Ele não tinha idéia do que estava acontecendo. “Era incrível. Todas estas senhoras estavam se ajoelhando e ficando de pé ao mesmo tempo”.

Mas teve sucesso. De um súbito, este jovem – este drogado, este jovem de rua – “sabia” o que estava acontecendo, que, o que estava acontecendo, era uma representacao “real” do que ocorreu 2.000 anos atrás, e que isto estava acontecendo novamente. “O tempo parou”, ele diz. “Eu me vi no Calvário com o fiel observando o sacrifício do cordeiro”. Tudo isto o ctivou. Ele sentiu a presenca de Cristo – sabia que Ele estava lá – quando o padre segurou o “círculo branco”.

Ele tinha 20, indo para os 21, e “tudo que eu sabia era que eu estava loucamente apaixonado por Deus e por Nosso Salvador”.

Tão tocado foi ele pela Missa, que Calloway estava pronto para ir de porta em porta para falar a todos sobre isso. O entusiasmo explodiu. Depois da Missa, ele foi para casa, pôs abaixo todos os seus pôsteres, pegou vários sacos grandes de lixo e jogou fora tudo o que tinha no seu quarto -- substituindo tudo isso por uma foto do Papa e uma outra do Sagrado Coracao de Jesus, que o padre tinha lhe dado (junto com um crucifixo).

“Eu não me lembro sequer de ter rezado uma vez na minha vida”, ele disse quando do seu retorno do seu quarto. “Eu olhei o livro, as seis criancas, que estavam ajoelhadas de maos postas, e fiz o mesmo e apenas olhei. Eu não tinha idéia de como isto funcionava. Eu não sabia o que deveria vir a seguir. Meus olhos fixaram-se na imagem do Sagrado Coracao de Jesus e quando eu olhei a imagem, alguma coisa dentro de mim sabia que era o Homem-Deus pendurado na cruz – e que tudo que a Bem-Aventurada Virgem Maris disse era para pessoas como eu.”

Eu chorei profusamente. Voce poderia ter enchido um balde. Eu estava muito arrependido das coisas que eu tinha feito. Tudo veio a mim de uma vez. Era como se todo o liquido de meu corpo estivesse saindo pelos meus olhos. Ainda, ao mesmo tempo, eu sabia que havia esperanca, e eu estava chorando lágrimas de alegria. Eu estava quase sorrindo. Eu sabia que este Jesus morreu por mim e me amou”.

Depois de um longo tempo, eu deitei na cama e pela primeira vez em anos, eu me senti livre. Algo aconteceu comigo, que eu não sei explicar. Quase adormecendo, algo veio atrás de mim e me empurrou para fora do meu corpo. Minha alma ou espírito ou o que quer que seja estava deixando meu corpo. Eu não podia dizer nada. Eu não podia me mover. A única pessoa que eu conhecia para chamar era Maria. Eu chamei espiritualmente. Eu estava aterrorizado de medo. Eu gritei com tudo que eu tinha, Maria – de súbito, eu fui puxado de volta para o meu corpo com a forca do universo quebrando diante de mim, e eu ouvi a mais bela voz feminina, que eu já tinha ouvido e que eu ouvirei, dizer: ‘Donnie, I am so happy’. ”

“Ninguem me chamava de Donnie exceto minha mãe”, diz. Era inacreditável.

E foi assim o que estava para acontecer a seguir.

Calloway, instantaneamente, perdeu seu desejo pelos seus vícios – de pensamentos impuros sobre mulheres a cigarros. não havia mais desejo de fazer nada do que ele tinha feito. “Deus simplesmente me transformou, e era inacreditável”, ele diz. “Cristo me dominou com seu amor. Eu comecei a ‘viver’ na igreja, recitar a Via Sacra até me cansar e mesmo dormir nos bancos da igreja. Eu comecei a rezar o Rosário, usar o escapulário, e ler tudo que eu podia sobre os santos”.

Ele disse que ele experimentou uma “infusão de conhecimento” sobrenatural sobre a fé e tornou-se um Católico em 9 meses.

Imediatamente depois, ele se juntou as Marianos da Imaculada Conceicão e discerniu uma vocacão sacerdotal.

Setembro passado, ele fez isso finalmente em Medjugorje – onde ele fez a homilia e outros quarenta sacerdotes se juntaram a ele no altar. “Tudo que eu sabia era que eu amava Jesus”, ele diz. “Eu amei cada minuto em Medjugorje. Eu estarei voltando em Marco. É o limiar do Paraíso, maravilhoso”. No seminário, ele diz, a maioria de seus colegas também tinham estado lá. Nossa Senhora está construindo seu exército, esta geracão totalmente nova, camada a camada. Fileira a fileira, eles estao saindo dos seminários para tomar seus lugares. Há uma geracão totalmente nova de padres vindo, e eles sao como eu. Sem exagero. Eu sempre digo às pessoas, estejam prontas, porque está vindo a uma paróquia perto de voce. Nós conhecemos apenas um Papa e ele era santo. Nós temos sido formados pela Bem-Aventurada Virgem Maria e suas aparicoes. Assim, muitos dos caras que eu conheci no seminário amavam coisas como Medjugorje ou Betania ou Amsterdam ou Kibeho. Eles não tem problemas com isso. Eles seguram a verdade com os dentes como um tubarao, e eles serão os caras nas aulas dos seminários. Eles estarão nas paróquias. Um cardeal disse que se não fosse por Medjugorje, ele teria muito poucos seminaristas. Eu comparo isto à Guadalupe”.

O inferno quebrou a porta da Igreja, opina Calloway, devido a falta de ênfase em ambos, Maria e o Santíssimo Sacramento. “Voce toma a eucaristia, e voce toma a paixao de um padre, sua compreensão de quem ele é”, ele diz. “E quando Maria foi desconstruída—tornada apenas uma irmã -- separou-se o sacerdócio. Eu atribuo muitos dos problemas ao feminismo. Nós necessitamos ser contra isso”.

Homossexuais na Igreja são o resultado, ele acredita, de seminaristas e padres de “entrelacamento maldoso”. “Sem Maria, há uma falta de ternura, e eles procuram uma nova maneira”, ele afirma. Sobre a cultura atual, diz padre Calloway: “Nao é o Reino dos Céus. Nós estamos voltando à Sodoma e Gomorra, e nós estamos lá. E nós estamos bem prontos para a disciplina do Pai. Ele nos ama, e por isso, Ele nos castigará. “ Com a juventude o grade problema é a indiferenca, ele nota – a atitude do “que seja”. Tudo está bem.”

Qual é a coisa mais importante que os pais devem fazer?

A melhor coisa que um garoto pode ver em seus pais é, um homem, um pai, de joelhos. Diz Padre Calloway. Isto é força. Quando um homem está ajoelhado, isto é estabilidade. Quando uma crianca vê isso, é um testemunho de fé. Ele fala alto. E quando eles veêm um pai e uma mae sendo ternos e amando-se , isto é também importante – mostrar ternura entre si.

De sua conversão , Padre Calloway diz: “ Não há acidentes na vida. Tudo acontece por uma razão, por causa dos planos de Deus Pai. E de Nossa Senhora de Medjugorje: “sem Ela, ele diz, eu poderia estar morto”.



www.medjugorjebrasil.com











Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 06/10/08 às 11:28:27 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.




LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES