Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.192.567
Visitas Únicas Hoje: 387
Usuários Online: 109
Sistema de Busca

 

Livro Aberto
Coloco nesta catogira livros inteiros sobre nossa fé católica, que serão inseridos por partes.




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1780 - Impresso: 66 - Enviado: 20 - Salvo em Word: 43
Postado em: 21/02/11 às 19:47:42 por: James
Categoria: Livro Aberto
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=180&id=7337
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Livro Aberto

Palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo à sua esposa escolhida e muito amada, Santa Brígida; sobre a proclamação de sua santíssima encarnação; a rejeição, profanação e abandono de nossa fé e batismo; e como Ele convida sua amada esposa e todo o povo cristão a amá-Lo.

Baixe o livro completo em nosso site no artigo N.º 4917

http://www.espacojames.com.br/?cat=99&id=4917

--

Livro 1 - Capítulo 50

Maria falou a seu Filho, dizendo: ”Bendito seja teu nome, meu Filho, bendita e eterna seja tua divina natureza que não tem principio nem fim! Em tua natureza divina há três atributos maravilhosos de poder, sabedoria, e virtude. Teu poder é como a mais ardente das chamas na qual, qualquer coisa firme e forte, assim também como a palha seca, passará pelo fogo. Tua sabedoria é como o mar, que nunca se pode esvaziar devido a sua abundancia e que cobre vales e montanhas quando aumenta e as inunda. É igualmente impossível compreender e penetrar tua sabedoria. Quão sabiamente criaste a humanidade e a estabeleceste sobre toda tua criação!

Quão sabiamente ordenastes as aves no ar, os animais na terra e aos peixes no mar, dando a cada um, seu próprio tempo e lugar! Quão maravilhosamente a tudo dás ou tiras a vida! Quão sabiamente dás conhecimento aos pequeninos e o tiras dos soberbos! Tua virtude é como a luz do sol, que brilha no céu e enche a terra com seu resplendor. Tua virtude, desse modo, satisfaz de alto a baixo e preenche todas as coisas. Por isso, bendito sejas, meu Filho, que és meu Deus e meu Senhor!”

O Filho assim respondeu: “Minha querida Mãe, tuas palavras me soam doces pois procedem de tua alma. És como a aurora que avança serenamente. Tu iluminas os Céus; tua luz e tua serenidade ultrapassam a de todos os anjos. Por tua serenidade, atraíste a ti o verdadeiro sol, ou seja, a minha natureza divina, tanto que o sol da minha divindade veio até a ti se instalou em ti. Por tua pureza tu recebeste a pureza do meu amor mais que todos, e por teu esplendor foste iluminada em minha sabedoria, mais do que todos. As trevas foram lançadas fora da terra e todos os Céus foram iluminados através de ti.

Em verdade Eu digo que tua pureza, mais agradável para mim do que a de todos os anjos, atraiu tanto a minha divindade para Ti, que foste inflamada pelo calor do Espírito. Nele, Tu geraste o Verdadeiro Deus e Homem, resguardado em teu ventre, pelo qual a humanidade foi iluminada e os anjos cheios de alegria. Assim, bendita sejas por Teu bendito Filho! E por isso nenhum pedido teu chegará a mim sem ser ouvido. Qualquer um que peça misericórdia através de ti, e tenha a intenção de emendar seus caminhos, conseguirá graça. Como o calor vem do sol, igualmente,toda a misericórdia será dada através de ti. És como um abundante manancial do qual mana toda misericórdia para os infelizes”.

Por sua vez, a Mãe respondeu ao Filho: ”Teus sejam todo poder e glória, meu Filho! És meu Deus, um Deus de misericórdia. Todo o bem que tenho vem de ti. És como uma semente que, mesmo sem ser semeada cresceu e deu centenas e milhares de frutos. Toda misericórdia emana de ti, e ainda que sendo incontável e indizível, pode ser simbolizada pelo número cem, que representa a perfeição, pois todo o perfeito e a perfeição se devem a ti”.

O Filho, respondeu à Mãe: ”Mãe, me comparaste corretamente a uma semente que nunca foi semeada e, mesmo assim cresceu, pois em minha natureza divina eu vim a ti e minha natureza humana não foi semeada por inseminação alguma, e mesmo assim cresci em ti, e a misericórdia emanou de ti para todos. Tens falado corretamente. Agora, pois, porque extrais de minha misericórdia pela doçura de tuas palavras, pede-me o que desejas e se te dará”

A Mãe acrescentou: ”Meu Filho, por haver conseguido a misericórdia, peço-te que tenhas misericórdia dos infelizes e os ajudes. Afinal de contas, há quatro lugares. O primeiro é o Céu, onde os Anjos e a alma dos Santos não precisam de mais nada além de ti, e te têm pois possuem todo o bem em ti. O segundo lugar é o inferno, e aqueles que estão lá, estão repletos de maldade e por isso, excluídos de qualquer piedade. Assim, nada bom pode entrar neles nunca mais. O terceiro é o lugar daqueles que são purificados. Estes precisam de uma tripla misericórdia, pois estão triplamente afligidos. Sofrem em sua audição, pois não ouvem nada mais que lamentos, dor e miséria. São afligidos em sua visão pois não veem mais que sua própria miséria. São afligidos em seu tato, pois somente sentem o calor insuportável do fogo terrível de seu angustioso sofrimento. Assegura-lhes tuas misericórdias, Senhor meu, Filho meu, por meus rogos!”

Jesus assim respondeu: ”Com gosto lhes garantirei uma tríplice misericórdia por ti. Em primeiro lugar, sua audição será aliviada, sua vista será mitigada, e seu castigo será reduzido e suavizado. Além disso, a partir deste momento, aqueles que se encontram no maior dos castigos do purgatório, passarão para a fase intermediaria, e os que estejam na fase intermediaria, avançarão para a punição mais leve. Os que estejam na punição mais leve, cruzarão para o descanso.” A Mãe respondeu: ”Louvor e honra a ti meu Senhor!” E de imediato acrescentou: ”O quarto lugar é o mundo. Seus habitantes precisam de três coisas: primeiro, contrição por seus pecados; segundo, reparação; terceiro, força para fazer o bem.”

O Filho respondeu: ”A todo o que invoque meu nome e tenha esperança em Ti, junto com o propósito de emenda por seus pecados, serão dadas estas três coisas, alem do Reino dos Céus. Tuas palavras são tão doces para mim, que não posso negar-te nada do que me peças, pois tu não queres nada mais do que o que Eu quero. És como uma chama brilhante e ardente, pela qual as tochas apagadas se reacendem, e uma vez acesas, crescem em força. Graças a teu amor, que se elevou até meu coração e me atraiu a ti; aqueles que estão mortos pelo pecado reviverão e os que estejam tíbios e escurecidos como a fumaça negra, se fortalecerão em meu amor”.


Palavras da Mãe de louvor ao Filho e sobre como o Filho glorioso compara sua doce Mãe com um lírio do campo

Livro 1 - Capítulo 51

A Mãe falou a seu Filho, dizendo: “Bendito seja teu nome, meu Filho, Jesus Cristo! Louvores à tua natureza humana, que supera toda a criação! Glória a tua natureza divina acima de toda a bondade! Tua natureza divina e a humana são um único Deus.” O Filho respondeu: “Minha Mãe, és como uma flor que cresceu em um vale em cujo redor há cinco montanhas." A flor brotou de três raízes, tendo uma haste perfeita sem nós. Esta flor tem cinco pétalas suavíssimas. O vale e sua flor ultrapassam as cinco montanhas e as pétalas da flor se estendem sobre cada altura do céu, e sobre todos os coros de anjos.

Tu, minha querida Mãe, és esse vale em virtude da grande humildade que possuis em comparação com os demais. Este, ultrapassou as cinco montanhas. A primeira montanha foi Moisés, devido ao seu poder, pois manteve o poder sobre meu povo através da Lei, como se o sustentasse firme com seu pulso. Porém, tu mantiveste o Senhor de toda Lei em teu ventre e, por isso tu és mais alta que essa montanha. A segunda montanha foi Elias, tão santo que seu corpo e sua alma ascenderam ao lugar sagrado. Tu, porém querida Mãe foste assunta em alma ao trono de Deus sobre todos os coros dos anjos e teu puríssimo corpo está ali junto à tua alma. Tu, portanto, minha querida Mãe, és mais alta que Elias.

A terceira montanha foi a grande força que possuía Sansão em comparação com outros homens. Contudo, o diabo derrotou-o através da astúcia. Mas tu venceste o demônio por tua força. Portanto, és mais forte que Sansão. A quarta montanha foi Davi, um homem de acordo com meu coração e vontade, que, apesar disso, caiu em pecado. Mas tu , minha Mãe, te submeteste completamente à minha vontade e nunca pecaste. A quinta montanha foi Salomão, que estava cheio de sabedoria mas se tornou tolo. Tu ao contrário, Mãe, estavas cheia de toda sabedoria e nunca foste ignorante nem enganada. És, pois, mais alta que Salomão. A flor brotou de três raízes no sentido de que possuíste três qualidades: obediência, caridade e conhecimento divino. Destas três raízes brotou a haste mais perfeita, sem um único nó, ou seja, sua vontade nunca se desviou para nada além da minha vontade. A flor também tinha cinco pétalas mais altas que todos os coros dos anjos. Tu, minha Mãe, és de fato a flor com estas cinco pétalas. A primeira pétala é sua nobreza, que é tão grande, que meus Anjos, que são nobres em minha presença, ao observar tua nobreza, a veem acima deles e mais exaltada que sua própria santidade e nobreza. Tu és, portanto, mais alta que os Anjos.

A segunda pétala é a tua misericórdia, que foi tão grande que, quando viste a miséria das almas, te compadeceste delas e sofreste enormemente a dor da minha morte. Os Anjos estão cheios de misericórdia, contudo nunca sofrem dor. Tu, entretanto, amada Mãe, tiveste piedade dos miseráveis uma vez que experimentaste toda a dor de minha morte e, por essa misericórdia preferiste sofrer a dor do que livrar-te dela. É por isso que a tua misericórdia ultrapassa a de todos os anjos.

A terceira pétala é tua doce amabilidade. Os Anjos são doces e amáveis, desejam o bem para todos mas tu, minha muito querida Mãe, tiveste tão boa vontade como um anjo, em tua alma e em teu corpo antes de tua morte, e fizeste o bem para todos. E agora não recusas atender a ninguém que reze razoavelmente para seu próprio bem. Assim, tua amabilidade é mais perfeita que a dos Anjos. A quarta pétala é a sua pureza. Cada um dos anjos admira a pureza dos demais e eles admiram a pureza de todas as almas e de todos os corpos. Entretanto, eles veem que a pureza da tua alma está acima do resto da criação e que a nobreza do teu corpo supera a de todos os seres humanos que foram criados.

Assim, tua pureza ultrapassa a de todos os anjos e toda a criação. A quinta pétala é teu gozo divino, pois, nada te deleitou mais que Deus, assim como nada deleita os anjos mais que Deus. Cada um deles conhece e conheceu seu próprio gozo dentro de si. Mas quando viram teu gozo em Deus dentro de ti, lhes pareceu a cada um em sua consciência que sua alegria resplandecia neles como uma luz no amor de Deus. Perceberam teu gozo como uma grandíssima fogueira, ardendo com o mais aceso dos fogos com labaredas tão altas que chegavam perto da minha divindade. Por isso, dulcíssima Mãe, tua divina alegria ardeu muito acima dos coros dos Anjos.

Esta flor, com estas cinco pétalas de nobreza, misericórdia, amabilidade, pureza e supremo gozo, era dulcíssima em todos os sentidos. Quem queira provar sua doçura deve se aproximar dela e recebê-la dentro de si. Isto foi o que tu fizeste, boa Mãe. Porque foste tão doce com meu Pai que ele recebeu todo teu ser no seu Espírito e tua doçura o deleitou mais que nenhuma outra. Pelo calor e energia do sol, a flor também gera uma semente e dela cresce um fruto. Abençoado seja este sol, ou seja, minha divina natureza que adotou a natureza humana do teu ventre virginal! Como uma semente faz brotar as mesmas flores em qualquer lugar que sejam semeadas, assim os membros de meu corpo são como os teus em forma e aspecto, embora eu tenha sido homem e tu mulher virgem. "Este vale, com sua flor, foi elevado sobre todas as montanhas quando o teu corpo, junto a tua santíssima alma, foi elevado sobre todos os coros dos Anjos”.


Palavras de louvor e orações da Mãe a seu Filho para que suas palavras se difundam por todo o mundo e deixem raízes nos corações de seus amigos. Sobre como a própria Virgem é maravilhosamente comparada a uma flor que cresce em um jardim, e sobre as palavras de Cristo dirigidas através da esposa ao Papa e a outros prelados da Igreja.

Livro 1 - Capítulo 52

A bendita Virgem falou ao Filho dizendo-lhe: “Bendito sejas Filho meu e Deus meu, Senhor dos anjos e Rei de glória! Rogo que as palavras que pronunciaste deixem raízes nos corações de teus amigos e se fixem em suas mentes como o breu com o qual foi untada a arca de Noé, que nem as tempestades nem os ventos puderam dissolver. Que se espalhem pelo mundo como ramos e doces flores, cuja essência se impregna por toda a parte. Que também deem frutos e cresçam doces como a tâmara cuja doçura deleita a alma sem medida.”

O Filho respondeu: ”Bendita sejas tu, minha muito querida Mãe!" Meu anjo Gabriel te disse: Bendita sejas Maria sobre todas as mulheres! Eu te dou testemunho de que és bendita e mais santa que todos os coros dos anjos. És como uma flor de jardim rodeada de outras flores perfumadas, mas que a todas supera em perfume, pureza e virtude. Estas flores representam todos os eleitos, desde Adão até o fim do mundo.

Foram plantadas no jardim do mundo, e floresceram em diversas virtudes, mas entre todos os que foram e que ainda serão, tu foste a mais excelente em fragrância de uma vida santa e humilde, na pureza de uma gratíssima virgindade e na virtude da abstinência. Dou testemunho de que foste mais que um mártir em minha Paixão, mais que um confessor em tua abstinência, mais que um anjo em tua misericórdia e boa vontade. Por ti, eu fixarei minhas palavras, com o mais forte dos breus nos corações de meus amigos. Eles se espalharão como flores perfumadas e darão os frutos como a mais doce e deliciosa das palmeiras”.

Então, o Senhor falou à esposa: ”Diz a teu amigo que deve procurar repetir estas palavras quando escrever a teu pai, cujo coração está de acordo com o meu e, ele as dirigirá ao arcebispo e depois a outro bispo. Quando estes estiverem completamente informados, ele há de enviá-las a um terceiro bispo". Dize-lhe de minha parte: Eu sou teu Criador e o Redentor de almas. Eu sou Deus a quem tu amas e honras sobre tudo. Observa e considera como as almas que redimi com meu sangue são como as almas daqueles que não conhecem a Deus, como foram presas do demônio de forma tão espantosa, que ele as castiga em cada membro de seu corpo como se as passassem por uma prensa de uvas.

Portanto, se em algo sentes minhas feridas em tua alma, se meus açoites e sofrimento significam algo para ti, então mostre, com obras, o quanto me amas! Faça que as palavras da minha boca sejam conhecidas publicamente e traga-as pessoalmente até a cabeça da Igreja! Eu te darei meu Espírito, de forma que, onde quer que haja diferenças entre duas pessoas, tu as possas unir em meu nome e através do poder que se te dá se elas acreditarem. Como evidência adicional de minhas palavras, apresentarás ao Pontífice os testemunhos daquelas pessoas que provam e se deleitam com elas. Pois minhas palavras são como gordura que se derrete mais rapidamente quanto mais quente esteja em seu interior. Lá, onde não há calor, são rejeitadas e não chegam ao interior das pessoas.

As minhas palavras são assim, porque quanto mais as ingere e as mastiga uma pessoa com caridade fervente por mim, mais se alimenta com a doçura do desejo do Céu e de amor interior e mais arde por meu amor. Mas aqueles que não gostam de minhas palavras são como se tivesses gordura em sua boca. Quando a provam, cospem-na e a pisoteiam no chão. Algumas pessoas desprezam assim minhas palavras, porque não possuem gosto algum pela doçura das coisas espirituais. "O dono da terra, a quem escolhi como um dos meus membros e o fiz verdadeiramente meu, te auxiliará cavalheirescamente e te abastecerá das provisões necessárias para tua viagem, com meios corretamente adquiridos”.


Palavras de mútuas bênção e louvor da Mãe e do Filho, e sobre como a Virgem é comparada à arca onde foram guardados o cajado, o maná e as tabuas da Lei. Muitos detalhes maravilhosos estão presentes nesta imagem.

Continua...



Fonte: Extraído do Livro As Profecias e Revelações de Santa Brígida





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 21/02/11 às 19:47:42 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES