Quem foi Jezabel? Qual foi o pecado de Jezabel?
Espacojames



Página Inicial
Listar Saiba Mais




Artigo N.º 4842 - Quem foi Jezabel? Qual foi o pecado de Jezabel?
Artigo visto 38155




Visto: 38155
Postado em: 08/04/10 às 12:33:52 por: James
Categoria: Saiba Mais
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=19&id=4842
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Saiba Mais


” Tenho, porém, contra ti o tolerares que essa mulher, Jezabel, que a si mesma se declara profetisa, não somente ensine, mas ainda seduza os meus servos a praticarem a prostituição e a comerem coisas sacrificadas aos ídolos. “ ( Apc.2:20)

O MAIOR PECADO DE JEZABEL,FOI A IDOLATRIA POIS ELA ADORAVA OS IDOLOS COMO BAAL O QUE FEZ COM QUE ELA PERSEGUISSI OS PROFETAS DE DEUS,ELIAS O QUAL TENTOU MATAR,ALEM DISSO ELA PROVOCOU A MORTE DE UM HOMEM POR QUE ELE RECUSOU VENDER SUAS TERRAS PARA O MARIDO DELA,SAIBA TUDO SOBRE JEZABEL E SEU MARIDO E OS PECADOS QUE COMETERAM LENDO O PRIMEIRO LIVRO DOS REIS A PARTIR DO CAPITULO 16.VS :29 .JÁ NO SEGUNDO LIVRO DOS REIS NO CP 9.VS:30 VC LÊ SOBRE A MORTE JEZABEL. AI VC VERA O FIM DAQUELES QUE PERSEGUEM OS SERVOS DE DEUS. 

 

Jezabel espalhou a idolatria em todo a Israel, poderosa, astuciosa e arrogante, opôs-se ativamente a Deus mesmo tendo provas indescutíveis de sua soberania.

Era uma princesa Fenícia, filha do sacerdote-rei de Sidom. Esposa de Acabe, rei de Israel no tempo do profeta Elias. Foi rainha em Israel do Norte 100 anos depois da morte de Davi. Adorava a Baal deus pagão da fertilidade.

• Foi a pior rainha de Israel e uma das mulheres mais infames da Bíblia.

• O seu nome é sinônimo de perversidade. Jezabel significa sem coabitação, recusa criar laços, unir-se.

• Ela jamais se submeteu a unir-se com o seu marido. Acabe era o rei, mas era ela quem reinava. Poder e controle eram seus objetivos e Baal era o seu Deus.

• Ela serviu como exemplo para todos eternamente do que uma esposa não deve ser.

O espírito que atuava em Jezabel é uma das manifestações de Satanás. Temos que ter em mente que o espírito que produziu (atuava) Jezabel, existia antes dela ter nascido. Esse espírito não tem sexo, e por ter se manifestado tão fortemente através dessa mulher, ficou conhecido pelo seu nome.


É um espírito extremamente forte com suas raízes fincadas na rebelião e feitiçaria, o mesmo espírito que estava por detrás das antigas deusas e que está vivo e forte nos dias de hoje. É por natureza religiosa e procura entrar na igreja. Ap 2.20.

Assumir posições de autoridade, usando feitiçaria, domínio e até mesmo a sedução sexual.

Esse espírito pode atrair as mulheres pela habilidade de manipular sem usar a força física. Atua através de mulheres que desejam controlar e dominar outros.

É um espírito sem lei que atua por meio de um coração insubordinado. Se alimenta da fraqueza do homem prevalecendo sobre ele, o que o impede de assumir a autoridade legítima que Deus concedeu.

Mesmo sendo cristã, a mulher que dá lugar a esse o espírito ou que manifesta esse caráter poderá falar muito sobre submissão, mas em sua vida isso não passa de teoria.

Ela estabelece a autoridade no lar, atraí os filhos ao seu redor e esta ligação emocional os sufocará mesmo depois que estiverem casados.
A sua mensagem é : A mulher é mais importante que o homem.

• A morte de Jezabel de Gustave Doré.
• Jezabel (também Jezebel) foi uma princesa fenícia casada com o rei Acab de Israel.

• Jezabel era filha do rei dos Sidónios Etbaal, tendo o seu casamento com Acab sido o resultado de uma aliança que tinha como objectivo fortalecer as relações entre Israel e a Fenícia. A sua história é conhecida através do Primeiro Livro de Reis do Antigo Testamento.

• Jezabel continuou a adorar os deuses fenícios, mas não se limitou a isso, pois combateu o Deus de Israel. Recorreu ao dinheiro do tesouro público para sustentar os 450 profetas (ou sacerdotes) do deus Baal e os 400 profetas da deusa Achera (deusa fenícia da fertilidade). No palácio real seria mesmo construído um templo dedicado a Baal. Aparentemente o seu próprio marido sentiu-se atraído pelo culto destes deuses, relegando Javé para segundo plano. Os sacerdotes e profetas israelitas foram eliminados ou então tiveram que se exilar no deserto devido à perseguição promovida pela rainha.

• A resistência local contra esta política religiosa foi encabeçada pelo profeta Elias. Numa espécie de concurso religioso levado a cabo no Monte Carmelo, Elias derrotou todos os profetas de Baal, que morreram, pretendendo desta forma o Livro de Reis mostrar como o Deus de Israel era a única divindade. Quando Jezabel soube disto ficou furiosa, pretendendo mandar matar Elias, que teve fugir para Judá.

• Mulher determinada e independente, Jezabel não olhava a meios para conquistar os seus objectivos. Acab desejava a vinha de Nabot, contígua ao palácio de Jezrael, mas este recusou-se a vendê-la. Sabendo-se disto, Jezabel envolveu-se na questão, enviando cartas em nome de Acab aos chefes de Jezrael. O conteúdo das cartas ordenava a detenção de Nabot por blasfémia contra Deus e contra o rei e a execução deste por apedrejamento sob denúncia de duas falsas testemunhas. Segundo a lei da época, a propriedade de alguém que tivesse cometido estas acções passaria para o rei. Nabot foi executado e Jezabel presenteou o marido com a vinha. Quando Elias soube desta acção profetizou que cães devorariam Jezabel no campo de Jezrael.

• Um comandante chamado Jeú liderou uma revolta contra a família real, na qual matou o filho de Jezabel, Jorão. Quando Jezabel soube da revolta pintou os olhos e adornou a cabeça, desafiando Jeú da janela do palácio. Este ordenou aos eunucos da rainha que a atirassem da janela (defenestração): Jezabel morreu, tendo o seu sangue atingido as paredes e os cavalos. Uns cães que por ali passavam devoraram o corpo da rainha.

• Depois de ter feito uma refeição no palácio, Jeú ordenou que a Jezabel fosse sepultada, dado que se tratava da filha de um rei. De acordo com o Segundo Livro de Reis, os servos do palácio apenas encontraram o crânio, os pés e as mãos da rainha.


• Por causa desta rainha o nome "Jezabel" encontra-se associado na cultura popular a uma mulher sedutora sem escrúpulos.

 

 A morte de Jezabel de Gustave Doré.
Veja todas as fotos (222) do artista Gustave Doré, acesse:

 

 

Jezabel (também Jezebel) foi uma princesa fenícia casada com o rei Acab de Israel.

Jezabel era filha do rei dos Sidónios Etbaal, tendo o seu casamento com Acab sido o resultado de uma aliança que tinha como objectivo fortalecer as relações entre Israel e a Fenícia. A sua história é conhecida através do Primeiro Livro de Reis do Antigo Testamento.

 


 

Outras pesquisas: Wikipedia

Jezabel (também Jezebel) foi uma princesa fenícia casada com o rei Acab de Israel.

Jezabel era filha do rei dos Sidónios Etbaal, tendo o seu casamento com Acab sido o resultado de uma aliança que tinha como objectivo fortalecer as relações entre Israel e a Fenícia. A sua história é conhecida através do Primeiro Livro de Reis do Antigo Testamento.

Jezabel continuou a adorar os deuses fenícios, mas não se limitou a isso, pois combateu o Deus de Israel. Recorreu ao dinheiro do tesouro público para sustentar os 450 profetas (ou sacerdotes) do deus Baal e os 400 profetas da deusa Achera (deusa fenícia da fertilidade). No palácio real seria mesmo construído um templo dedicado a Baal. Aparentemente o seu próprio marido sentiu-se atraído pelo culto destes deuses, relegando Javé para segundo plano. Os sacerdotes e profetas israelitas foram eliminados ou então tiveram que se exilar no deserto devido à perseguição promovida pela rainha.

A resistência local contra esta política religiosa foi encabeçada pelo profeta Elias. Numa espécie de concurso religioso levado a cabo no Monte Carmelo, Elias derrotou todos os profetas de Baal, que morreram, pretendendo desta forma o Livro de Reis mostrar como o Deus de Israel era a única divindade. Quando Jezabel soube disto ficou furiosa, pretendendo mandar matar Elias, que teve fugir para Judá.

Mulher determinada e independente, Jezabel não olhava a meios para conquistar os seus objectivos. Acab desejava a vinha de Nabot, contígua ao palácio de Jezrael, mas este recusou-se a vendê-la. Sabendo-se disto, Jezabel envolveu-se na questão, enviando cartas em nome de Acab aos chefes de Jezrael. O conteúdo das cartas ordenava a detenção de Nabot por blasfémia contra Deus e contra o rei e a execução deste por apedrejamento sob denúncia de duas falsas testemunhas. Segundo a lei da época, a propriedade de alguém que tivesse cometido estas acções passaria para o rei. Nabot foi executado e Jezabel presenteou o marido com a vinha. Quando Elias soube desta acção profetizou que cães devorariam Jezabel no campo de Jezrael.

Um comandante chamado Jeú liderou uma revolta contra a família real, na qual matou o filho de Jezabel, Jorão. Quando Jezabel soube da revolta pintou os olhos e adornou a cabeça, desafiando Jeú da janela do palácio. Este ordenou aos eunucos da rainha que a atirassem da janela (defenestração): Jezabel morreu, tendo o seu sangue atingido as paredes e os cavalos. Uns cães que por ali passavam devoraram o corpo da rainha.

Depois de ter feito uma refeição no palácio, Jeú ordenou que a Jezabel fosse sepultada, dado que se tratava da filha de um rei. De acordo com o Segundo Livro de Reis, os servos do palácio apenas encontraram o crânio, os pés e as mãos da rainha.

Por causa desta rainha o nome "Jezabel" encontra-se associado na cultura popular a uma mulher sedutora sem escrúpulos.

 

 

 

 


Fonte: http://wikipedia.org



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!

Lenço Branco de N. Senhora
Saiba o que é, como fazer e as orações necessárias.
Óleo de São Rafael e Santa Filomena
Saiba mais sobre este santo remédio em tempos difícies
As 15 Orações de Santa Brígida
As promessas de Jesus para a alma que rezar estas orações.
Jesus eu Confio em vós
Nada negarei a alma que às 3 hs da tarde recitar minhas orações
Devoção às Gotas de Sangue de Cristo
Será livrado das penas do Purgatório.
Para os irmãos protestantes
Foi no colo de uma mulher que Deus colocou toda esperança do mundo



Total Visitas Únicas: 8.760.403
Visitas Únicas Hoje: 469
Usuários Online: 251