Sandy e Fagundes são atormentados por espírito em filme
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.075.837
Visitas Únicas Hoje: 34
Usuários Online: 245
Sistema de Busca

 

Artigos Levi Sousa
Artigos enviados por Levi L.O. Sousa / SP




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 2335 - Impresso: 102 - Enviado: 20 - Salvo em Word: 30
Postado em: 28/11/13 às 10:34:48 por: James
Categoria: Artigos Levi Sousa
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=200&id=11751
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Levi Sousa

Enviado por: Levi L. O. Sousa - Campinas / SP

Boa noite James, irmãos!
Que a Paz do Senhor JESUS, o amor de Maria e a justiça de Jose estejam convosco.

Sandy e Fagundes são atormentados por espírito em filme.

                                                                   

 

Na trama, após o fim do casamento e a perda do emprego, Júnior retorna à casa do pai. Mas esta não é mais a casa de sua infância. Seu quarto agora é habitado pela jovem inquilina Bruna e todo o ambiente lhe parece inóspito e opressor. No quartinho dos fundos, Júnior encontra uma misteriosa mensagem criptografada. A partir daí, acontecimentos sombrios começam a fazer parte do cotidiano da casa. Dirigido por Marco Dutra, o filme conta com Antônio Fagundes, Marat Descartes e a cantora Sandy no elenco. Estreia em 31 de janeiro de 2014.

 

 http://mais.uol.com.br/view/14758925

 

O filme "Quando Eu Era Vivo", baseado no livro "A Arte de Produzir Efeito Sem Causa", do escritor Lourenço Mutarelli, acaba de lançar seu novo trailer, divulgado com  exclusividade pelo UOL

Dirigido por Marco Dutra, o suspense conta com Antônio Fagundes, Marat Descartes e a cantora Sandy no elenco.

Na trama, após o fim do casamento e a perda do emprego, Júnior (Descartes) retorna à casa do pai (Fagundes). Mas o lugar não é mais o lar de sua infância. Sua mãe já morreu e seu quarto agora é habitado pela jovem inquilina Bruna (Sandy). Todo esse ambiente lhe parece inóspito e opressor.

No quartinho dos fundos, ele encontra uma misteriosa mensagem deixada pela mãe, escrita atrás de uma partitura musical. A partir daí, acontecimentos sombrios começam a fazer parte do cotidiano da casa. O filme estreia em 31 de janeiro de 2014.

Sandy fala sobre o filme e faz suspense sobre beijo técnico em filme

Veja em: http://youtu.be/oDA1ciF6qqw



A Arte de Produzir Efeito sem Causa, romance de Lourenço Mutarelli lançado pela Cia. das Letras em 2008, que vai virar filme com Antônio Fagundes e Fábio Assunção, terá a atriz e cantora Sandy fechando a trinca de protagonistas.

A trama de Quando Eu Era Vivo - título da adaptação - acompanha Júnior (Assunção), sujeito que larga a esposa e o emprego e decide voltar a morar na casa do pai (Fagundes). Júnior passa suas tardes largado entre o sofá e o bar, espiando a jovem inquilina que também mora com o pai, Bruna - papel de Sandy.

"Bruna talvez seja diferente das outras personagens que a Sandy fez na TV e no cinema, e o gênero do filme também é outro. Mas a presença dela em Quando Eu Era Vivo dialoga com o que é a personagem dentro da história - quase uma forasteira na casa, ela afeta e transforma os protagonistas. Além disso, Bruna também tem uma relação intensa com música. Vai enriquecer o filme ter a Sandy, e espero que o filme seja bom pra ela também", diz o diretor.


FONTE: UOL & PESQNET

 

--

 

OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO E SEUS FUNESTOS FINS: MORTE PARA ALMA

COMENTARIOS:   Eu gostaria de iniciar este assunto abordando uma grande revelação que Pe. Pio de Pietrelcina fez ao mundo sobre a televisão se tratar de uma invenção do demônio para que dia-após-dia roubasse almas. Dizia ele: - "Desapegue-se daquilo que não é de Deus e não leva a Deus”. (Padre Pio).

                                                                                                  
Os maiores intentos e ferramentas de satanás contra a humanidade, contra a família e especialmente contra os adolescentes continuam sendo as mesmas já reveladas pelos santos no passado. Século XXI, tudo acelera essencialmente através das emissoras de tvs e seus programas cheios de conteúdos, mensagens e atos subliminares e hiper liberais no contexto geral, rádios, jornais, filmes e livros.

 

Basta um clique para ter acesso a todo tipo de contaminação.

 

E na sequencia nasce um objeto que resume tudo em segundos, em um só toque - à internet. Todos os principais causadores, motivadores e geradores de desconstrução dos bons valores morais, familiares e cristãos provem destas fontes diabólicas supracitadas. Qual foi o alvo fulminante? (pior do que uma bomba nuclear). Foi o seio da família, posteriormente os filhos, sequencialmente os jovens e depois veio se transformando em uma geração, quase que totalitária. O restante nos já sabemos muito bem, liberalismos absurdos, drogas totalmente licitas como fumo e álcool, depois drogas mais fortes e dominadoras, sexo livre e abusivo, incentivos e provocações para nascer o feminismo, e por  ai vamos descendo em uma terrível e infinita ladeira moral e espiritual quase sem fim.

Hoje estamos vivendo um liberalismo absoluto, horizontal e vertical ou seja; tudo se pode ou tudo se espera de pior do mundo e das pessoas como um todo.

 

A moda atualmente é satanismos, heresias, bruxarias, espiritismos, quiromancias, ritualísticas e ocultismos em geral ou negar veementemente a DEUS PAI e virar um estupido, acéfalo e herege – ateu. Os exemplos agora vem dos filmes com grandes produções, atores ou atrizes famosos que acabam invertendo os valores e princípios aos poucos e assaltam e sequestram as saudáveis crenças que um cristão católico deve possuir para distinguir os absurdos deste mundo.

É igualmente óbvio, e todos os católicos tradicionais vão admitir isso, que crianças assistirem regularmente televisão é uma ocasião de pecado, e isso não apenas por causa dos pecados de impureza óbvios, mas especialmente do materialismo, da concupiscência dos olhos, da perda da Fé e da perversão da mente pelo desfilar dos falsos ideais do subjetivismo e do liberalismo sempre diante dos olhos dos jovens. Aquele que se expõe deliberadamente a uma ocasião próxima de pecado comete um pecado, e vai ser um pecado mortal se a ocasião próxima a que se expõe é de um pecado mortal. Quão mais grave é a culpa dos pais que expõem seus filhos indefesos às perversões apresentadas como ideais pelo mundo da televisão!

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO - PARA SEMPRE SEJA LOUVADO.../ SALVE MARIA - SALVE MARIA ... / SALVE JOSE - SALVE JOSE ...
 
Grande abraço, 

 








Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 28/11/13 às 10:34:48 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES