A Festa Junina é uma festa Pagã ou Cristã ???
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.015.550
Visitas Únicas Hoje: 907
Usuários Online: 374
Sistema de Busca

 

Artigos Levi Sousa
Artigos enviados por Levi L.O. Sousa / SP




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1220 - Impresso: 59 - Enviado: 8 - Salvo em Word: 26
Postado em: 01/07/15 às 13:55:47 por: James
Categoria: Artigos Levi Sousa
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=200&id=13478
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Levi Sousa

Levi L. O. Sousa

James, irmãos boa noite!
Que a Paz do Senhor JESUS, o amor de Maria e a justiça de Jose estejam convosco.

Nota:

Existem muitas contradições, misticismos, crendices em torno da comemoração da festa Junina. Portanto eu achei interessante e importante compartilhar esta matéria sobre a história e os fatos importantes desta época, inclusive para que possamos entender um pouco mais sobre os contos folclóricos e as fantasias que o povo faz sobre os Santos

 

A tradicional Festa Junina é o segundo maior evento festivo do Brasil. Comidas, bebidas e brincadeiras típicas fazem a alegria dos participantes. As festas acontecem em junho e homenageiam três santos: Santo Antônio, no dia 13; São João, 24; e São Pedro, no dia 29 de junho.

 

 

Festa pagã ou cristã?

A celebração originalmente era uma festa pagã realizada para comemorar a chegada do solstício de verão (quando o Sol atinge o ponto mais baixo no céu em relação à Terra) no Hemisfério Norte. Com o avanço do Cristianismo na Europa durante a Idade Média, o ritual passou a ser incorporado no calendário Cristão. A data 24 de junho ficou conhecida como o dia do nascimento de São João Batista. As festas de Santo Antônio e de São Pedro vieram mais tarde, mas como aconteciam no mesmo mês, foram incluídas nas festas juninas.

 

Origem no Brasil:

A festa foi trazida pelos portugueses na época da colonização. Mas, segundo o 'Guia dos Curiosos", os índios já realizavam festas relacionadas à agricultura na mesma época do ano, com rituais de canto, dança e com muita comida. Nos países europeus Católicos, a festa era inicialmente chamada de "joanina" (em homenagem a São João). Aqui virou festa "junina" e foi se misturando à cultura nacional.

 

 

Quadrilha:

"Anarriê", "No balancê", "Olha a cobra! ... É mentira!". Ao som do forró ou da música caipira, casais bailam pelo salão com suas danças coreografadas. As roupas quadriculadas e o chapéu de palha são características marcantes do vestuário junino. Originalmente, a quadrilha é uma adaptação de uma dança da nobreza europeia (quadrille), muito presente nos salões franceses do século 18. No Brasil, ela recebeu elementos rurais e ritmos populares, como o xote, o baião e o forró .

 

 

Fogueira:

Segundo a tradição católica, a fogueira serve para lembrar o nascimento de São João. Na noite em que ele nasceu sua mãe mandou acender uma fogueira para anunciar a chegada do Filho à Maria, Mãe de JESUS. Por isso ela é um elemento fundamental da festa. Para cada santo há um tipo diferente. Na festa de Santo Antônio, a fogueira tem formato quadrangular; na de São Pedro, triangular e na de São João ela é arredondada na base. Além disso, o fogo protegeria as pessoas dos maus espíritos.

 

Bandeirolas:

Antigamente, as imagens dos santos homenageados eram gravadas em bandeiras e imersas em água na chamada lavagem dos santos. Quem se banhasse ali seria purificado. Com o tempo, elas perderam as imagens e ganharam cores.

 

 

O milho:

O milho é um dos atores principais: canjica, pamonha, curau e muito mais. Boa parte dos quitutes típicos das festas juninas é feita de milho. O pessoal aproveita que junho é época de colheita para usar e abusar das delícias do grão.

 

Fogos de artifício e rojões:

Segundo a tradição popular, os fogos de artifício são utilizados para despertar São João e chamá-lo para a comemoração de seu aniversário. Acredita-se também que o barulho das bombas e rojões espantam os maus espíritos.

 

 

Balões:

Os mais devotos soltavam balões com o desejo de que seus pedidos chegassem aos céus e a São João. A prática foi proibida devido ao alto risco de incêndios.

 

Fonte: Uol

 

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO - PARA SEMPRE SEJA LOUVADO.../ SALVE MARIA - SALVE MARIA ... / SALVE JOSE - SALVE JOSE ...

Grande abraço,    








Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 01/07/15 às 13:55:47 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES