Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 12410 - Conheça o país onde todos torcem na Copa pelo Brasil ou pela Argentina como se fossem brasileiros ou argentinos.
Artigo visto 1211 vezes




Visto: 1211
Postado em: 23/06/14 às 10:53:23 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=12410
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

A Copa do Mundo 2014 estava para iniciar no Brasil, no último dia 12 de junho, e um entusiasmo frenético pela disputa já havia tomado conta de Bangladesh, como sempre ocorre a cada quatro anos.

Nada consegue diminuir a paixão que este país do Sul da Ásia tem por futebol, nem mesmo sua perene baixa classificação junto à FIFA [en] – neste ano ficou na posição 167. Bengalis podem não ter a oportunidade de celebrar os feitos de seu próprio time durante os campeonatos da Copa do Mundo, mas acompanham com fervor e torcem apaixonadamente por seus times estrangeiros favoritos.

A maioria dos bengalis são fãs incondicionais dos times, seja do Brasil ou da Argentina. A rivalidade entre os dois times se apodera de cada fã bengali.

Ahmad-Musa relata [bn] em seu blog Somewhereinblog: A guerra futebolística terá início, em São Paulo, no dia 12 de junho. Bangladesh inteira estará, praticamente, dividida entre dois campos – Brasil e Argentina. Tal demonstração de suporte a um dos dois times estará representada em cada residência. Todo bairro encontra-se repleto de espírito competitivo sobre quem será capaz de hastear a bandeira de seu time antes de seus vizinhos. Estão ocorrendo debates calorosos, acompanhados de um sem fim de xícaras de chá, sobre quem terá hasteado a maior bandeira, qual time conta com o maior número de torcedores, etc.

Os comerciantes estão prontos para ganhar dinheiro extra com a venda de camisetas de vários países, à medida que o negócio aumenta em antecipação à Copa do Mundo FIFA no Brasil.

Todos exibem fidelidade a seus times não só nas camisetas que vestem, mas principalmente nas mídias sociais.

Alfaiates fazem bandeiras do Brasil e da Argentina numa oficina em Dhaka, em preparação para a Copa do Mundo.

A venda de bandeiras das nações competidoras alcançam o patamar mais elevado durante o período da Copa do Mundo. Torcedores e fãs exibem bandeiras de seus times favoritos em suas casas, um fenômeno que levou o blogueiro Sobak Pakhia a fazer o seguinte comentário:

O governo poderia arrecadar dinheiro se cobrasse uma taxa de pessoas que hasteassem bandeiras do Brasil e da Argentina.

Ashiqur Rahman Rean escreveu no Facebook: Neymar e Messi deveriam ganhar “participação de receita” advinda da venda de bandeiras em Bangladesh durante a Copa do Mundo: eles ficariam doidos se soubessem as estatísticas de venda aqui.

O curioso é que, embora o país não tenha sido escalado para jogar na Copa do Mundo, sete times internacionais jogarão vestindo camisetas feitas em Bangladesh. Zubayer Aziz está orgulhoso deste fato. Ele tuitou:

As camisetas usadas pelos jogadores brasileiros para a Copa do Mundo terão sido feitas em Bangladesh e, com orgulho, trarão este registro nas etiquetas.#MadeInBangladesh


O blogueiro e educador, Ragib Hasan, levantou a seguinte questão no Facebook:

Em meio à presença, por toda parte, das bandeiras do Brasil e da Argentina, onde fica nossa bandeira bengali? De acordo com a legislação sobre o uso de bandeiras, pode-se hastear uma bandeira estrangeira somente quando se hasteia também a bandeira bengali, a qual deve ser exibida, em toda sua glória, num patamar mais elevado. Tudo bem quando se trata de fanatismo e divertimento ao redor de esportes (e do futebol). Faz parte de nossas vidas, é um tônico em nosso cotidiano. Mas ao mesmo tempo que temos este comportamento, também temos que nos lembrar de respeitar e honrar nossa própria bandeira nacional. Não devemos nos esquecer disto; alcançamos nossa bandeira com o sacrifício de nossos mártires, e foi o sangue deles, o sacrifício deles, que nos trouxe esta bandeira – e não qualquer sangue brasileiro ou argentino. Portanto, vá em frente, hasteie a bandeira de seu time favorito, mas ao mesmo tempo, deixe que nossa bandeira nacional voe mais alto, como símbolo de nosso orgulho nacional, nossas alegrias e tristezas.

Fonte: Global Voices


Fonte: http://blog.comshalom.org/carmadelio/



LEIA TAMBÉM
Sacerdote revoluciona paróquia católica em bairro muçulmano em Marselha,França. Veja o seu segredo!
Papa Francisco reafirma posição da Igreja contra à legalização das drogas:” a droga não se vence com a droga!”
Notas Musicais! A Igreja católica e mais essa contribuição ao mundo
Jogadores Católicos que assumem sua fé de forma pública e estão na Copa 2014.
Padre é afastado de igreja após abençoar casal gay em Goiânia
Papa une o Oriente Médio no sonho pela paz.
Fundamentalismo com viés islâmico leva Reino Unido a intervir em escolas.
Novena breve de Santa Rita
Estudo revela que crianças no ventre sentem o estresse de suas mães.



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.275.839
Visitas Únicas Hoje: 1.749
Usuários Online: 472