Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.192.890
Visitas Únicas Hoje: 710
Usuários Online: 210
Sistema de Busca

 

Destaque




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1015 - Impresso: 23 - Enviado: 8 - Salvo em Word: 11
Postado em: 21/10/15 às 13:02:26 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=13858
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Conheça o que a Igreja Católica diz sobre as aparições de Nossa Senhora à italiana Pierina Gilli

A advocação “Maria Rosa Mística” tem uma devoção válida, pois a Igreja venera a Virgem Maria invocando-a como Rosa Mística, mas também umas aparições relacionadas. De que aparições estamos falando? Das aparições de Nossa Senhora como Rosa Mística à italiana Pierina Gilli, que começaram em 1944, em Montichiarli (Itália).

Desde o século V, a rosa era considerada símbolo da Virgem Maria; portanto, a veneração da Rosa Mística remonta aos primeiros séculos do cristianismo. E, dando um salto no tempo, podemos ver também como, dentro das Ladainhas Lauretanas (1587), inclui-se o título de “Rosa Mística” em honra da Santíssima Virgem. Esta devoção à Rosa Mística tem um impulso ou momento particular a partir das aparições.

As aparições

Ainda que as aparições tenham começado em 1944, foi na primavera italiana de 1947 que Nossa Senhora acentuou sua presença a Pierina Gilli: Lá se manifestou com a conhecida imagem das três rosas em seu peito e com uma atitude repleta de amor.

Maria Rosa Mística é o nome com que a Virgem se manifestou a Pierina. Mas em que grau de aprovação eclesiástica estão tais aparições? Estão em processo de investigação pela Igreja Católica. Portanto, o reconhecimento oficial da autenticidade das aparições de Maria como Rosa Mística ainda não chegou. Os processos de discernimento são difíceis, longos e podem ficar estancados por décadas, ou não acabar nunca.

No entanto, há um fato que cabe mencionar: no lugar das aparições, celebra-se a missa – obviamente, com a aprovação do bispo local. O que isso quer dizer? Que esta aparição, ainda que não tenha sido ainda aprovada pela Santa Sé, não está condenada, pois nestes lugares foram observados frutos – algo parecido com o que acontece com Medjugorje, cujas aparições tampouco foram aprovadas ainda.

A maioria das aparições fica neste grau de “aprovação”, e às vezes não é necessário mais nada. O fato de que não haja uma aprovação da Santa Sé não indica uma desaprovação ou uma rejeição absoluta; não implica necessariamente que a Igreja as considera falsas.

Há muitíssimas aparições que, de fato, foram consideradas falsas, entre as inúmeras reportadas. Mas não é o caso desta aparição.

 

--

Leia os artigos:

Artigo N.º 7664 - Vida da irmã Maria Pierina
Artigo N.º 11067 - Aparição de Nossa Senhora Rosa Mystica - Montichiari / Itália - 1947 - Parte 1
Artigo N.º 11068 - Aparição de Nossa Senhora Rosa Mystica - Montichiari / Itália - 1947 - Parte 2
 



Fonte: www.aleteia.org





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 21/10/15 às 13:02:26 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES