Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 14035 - A incômoda e perturbadora saudação de Natal de um realista bispo italiano
Artigo visto 1844 vezes




Visto: 1844
Postado em: 28/12/15 às 14:05:20 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=14035
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Festejou? Comeu bem? Descansou? Então se prepare para um belo soco no estômago e para o verdadeiro sentido do Natal

Sem mais delongas, reproduzimos a seguir o soco no estômago desferido pela mensagem de Natal do bispo italiano dom Tonino Bello.

Caríssimos, eu desobedeceria ao meu dever de bispo se lhes dissesse “Feliz Natal” sem incomodá-los. E eu quero incomodar. Eu não posso suportar a ideia de fazer saudações inócuas, formais, impostas pela rotina do calendário.

Então, meus queridos irmãos, a vocês as minhas melhores saudações incômodas!

Que Jesus, nascido por amor, lhes dê náuseas pela vida egoísta, absurda, sem impulso vertical, e lhes conceda a graça de recriar a sua vida na doação de si mesmos, na oração, no silêncio, na coragem. Que o Bebê que dorme em cima da palha lhes tire o sono e faça vocês sentirem o travesseiro da sua cama tão duro quanto uma pedra até acolherem de verdade um desalojado, um necessitado, um pobre que vaga pelas suas ruas por falta de compaixão.

Que o Deus feito carne faça vocês se sentirem vermes toda vez que a sua carreira se tornar o ídolo da sua vida; toda vez que passar os outros para trás for o projeto dos seus dias; toda vez que as costas do próximo se tornarem o instrumento da sua escalada.

Que Maria, a mãe que só encontrou no esterco dos animais o berço em que deitar com ternura o fruto do seu ventre, force vocês, com os seus olhos feridos, a suspender suas festinhas de fim de ano até que a sua consciência hipócrita enxergue que as latas de lixo e os incineradores das clínicas são transformados impunemente em túmulos sem cruz de vidas humanas exterminadas.

Que José, aquele que encarou mil portas fechadas na cara e que é símbolo de todas as desilusões paternas, incomode a esbórnia da sua comilança e dê curto-circuito no seu desperdício de luzes piscantes até vocês entrarem em crise sincera diante do sofrimento de tantos pais que derramam lágrimas pelos filhos sem saúde, sem trabalho e sem oportunidades.

Que os anjos, anunciadores da paz, tragam a guerra à sua tranquilidade sonolenta, incapaz de enxergar que, sob o seu silêncio cúmplice, perpetram-se injustiças, expulsam-se pessoas, fabricam-se armas, militariza-se a terra dos humildes, condenam-se povos ao extermínio da fome.

Que os pobres que acorrem à gruta de Belém enquanto os poderosos conspiram na escuridão e a cidade dorme na indiferença façam vocês entenderem que, se quiserem ver “uma grande luz”, precisam se levantar e partir; façam vocês entenderem que as esmolas de quem lucra com o couro das pessoas são calmantes inúteis; façam vocês entenderem que as belas roupas compradas com o décimo terceiro podem até causar boa impressão, mas não aquecem a alma; façam vocês entenderem que a coexistência de pessoas sem lar e de especulação corporativa é um ato de horrendo sacrilégio.


Que os pastores que velavam no meio da noite vigiando o rebanho e perscrutando a alvorada deem a vocês um sentido para a história, a emoção da expectativa, a alegria do abandono em Deus e lhes inspirem o desejo profundo de viver pobres em espírito, porque viver pobre em espírito é a única maneira de morrer rico aos olhos de Deus.

Que, em nosso velho mundo moribundo, nasça a esperança.

Feliz Natal!

+ Dom Tonino Bello

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Fonte: www.aleteia.org



LEIA TAMBÉM
Forças iraquianas têm importante vitória sobre Estado Islâmico em Ramadi
Fim oficial da política do filho único na China
Ao diabo essas malditas burkas!
Maternidade espiritual: uma realidade iluminada no Natal
O país islâmico que resolveu banir as celebrações de Natal… em pleno 2015
Programa de televisão chama Nossa Senhora de corrupta e recebe críticas
Diocese de Salt Lake City descarta milagre eucarístico
“Ou matam todos nós, ou deixam todos ir embora”: quando os muçulmanos desafiam os covardes
Existe um único país em todo o mundo no qual todos os cristãos celebram o Natal no mesmo dia



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.173.007
Visitas Únicas Hoje: 376
Usuários Online: 127