Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 14296 - Homem: vista-se com modéstia para a Santa Missa!
Artigo visto 1683 vezes




Visto: 1683
Postado em: 17/05/16 às 10:48:39 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=14296
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Quer nadar de verdade contra a corrente?

A sociedade está se tornando cada vez mais “casual”. Tenho visto frequentemente pessoas indo comprar comida em calças de pijama e pantufas. Tenho ido a concertos mundiais de música clássica em que as pessoas estão vestidas com camisetas de praia e jeans. É até difícil imaginar que as pessoas ainda irão vestir-se com modéstia. Mesmo em casamentos e funerais estão quase todos ficando mais e mais “casuais”.

O modo como nos vestimos é um sinal do quanto respeitamos a nós mesmos e as outras pessoas.

Vestir-se com modéstia é um sacrifício pequeno

Um olhar inteligente requer esforço. Vestir terno e gravata bem ajustado em vez de uma camiseta enrugada leva tempo. Barbear-se em vez de ostentar uma desalinhada barba por fazer demanda um pouco de esforço. Pentear o cabelo em vez de deixa-lo em pé requer algum trabalho. São exatamente esses pequenos sacrifícios de tempo e esforço, no entanto, que mostram às outras pessoas que elas valem a pena.

Acredite em mim: eu sei que não é fácil para os homens. Nós naturalmente não queremos fazer esse esforço. Mas garanto que, se você fizer isso, vai se sentir mais viril e mais confiante.

Vestir-se com modéstia para a missa

Você pode achar que vestir-se bem não vale a pena para as atividades cotidianas, mas há um lugar ao qual você nunca deve ir mal arrumado: a Santa Missa.

Jesus, o Rei dos reis, está na sua paróquia, presente no altar em cada Eucaristia. Você realmente quer se encontrar com Ele de chinelos e bermudas? Você realmente quer dizer a Jesus: “Não vale a pena me vestir bem para você”?

Temos uma visão distorcida da igualdade, que nos diz que ninguém, não importa quem seja, é digno de particulares honrarias. Mas São Paulo nos pede “dar honra a quem a honra é devida”. E se alguém é digno de honra, é certamente Jesus Cristo.

Eu sei, eu sei. Ninguém mais faz isso. Aliás, nem a missa na sua paróquia talvez seja mais muito reverente (espero que seja). Mas isso não é desculpa. Parte de ser homem está em fazer a coisa certa, mesmo que não seja a coisa “popular”.

O “mundo” manda você nadar contra a corrente e não se importar com as “velhas tradições”? Saiba que nadar de verdade contra a corrente é nadar contra aquilo que sempre está “na máxima moda”: a tendência humana à falta de esforço.

Sacerdotes: considerem explicar a importância da presença real de Jesus na Eucaristia e encorajar delicadamente os seus fiéis a mostrarem respeito também na forma de se vestirem.

Embora eu ache que todo homem deve vestir-se bem para a missa, não estou prescrevendo o que você deve usar. Não me cabe recomendar um terno de três peças ou uma cor determinada de calças ou sapatos. Mas vou sugerir três regras básicas de como se vestir para a missa.

1. A sua roupa deve exigir esforço.

Ao escolher o que vestir para a missa, não opte pelo mais confortável e fácil. Em vez de sandálias, use sapatos. Se você tem vestido camiseta ou camisa polo, tente uma camisa social. Acrescente algum esforço. Faça um pequeno sacrifício.

2. O seu traje deve estar acima da sua própria média.

Vivemos todos em lugares diferentes: um fazendeiro do interior e um trabalhador imigrante na periferia não concordam com os mesmos padrões de um rico executivo urbano. Mas não importa onde vivemos: todos temos uma “roupa de domingo”, que é melhor do que as peças que usamos no dia-a-dia. Tente ir à missa com uma roupa melhor do que aquela que você usa para ir ao cinema.

3. Faça isso por amor, não por “moda”.

Quando começamos a fazer coisas por razões que não sejam o amor, estamos perdendo tempo. Já ouvi muita gente dizer: “Deus olha o coração, não as vestes”. Sim, mas quem disse que o amor não se manifesta também exteriormente nos gestos de doação e de esforço pelo melhor? O amor não é um sentimento: é ato! É a escolha de sacrificar a si mesmo pela pessoa a quem se ama. E vestir-se é um pequeno sacrifício. Não apenas diga a Jesus que O ama: mostre, nos pequenos e grandes sacrifícios de esforço do seu dia-a-dia – inclusive ao se vestir para a Santa Missa.

O mundo pode nos dizer que a modéstia não vale a pena, mas não é o mundo que dita as ordens ao cavalheiro católico. Mostre respeito a si mesmo e aos outros nadando corajosamente contra a corrente – e fazendo um esforço especial para o mais especial de todos os esforços: o Sacrifício Eucarístico.


Fonte: www.aleteia.org



LEIA TAMBÉM
Deslocados de guerra atingiram recorde de 40 milhões em 2015
Visite virtualmente o santuário de Fátima – ao vivo!
Qual a hora certa de pensar em minha vocação?
A Igreja é contra o impeachment?
O cântaro milagroso e a moeda de ouro
Necessário, somente o necessário
Indignação mundial após bombardeio contra campo de refugiados na Síria
Muçulmano convertido e curado por intercessão de São Charbel, padroeiro do Líbano
O dia em que o espírito de João Paulo II foi passear de papamóvel com o papa Francisco



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.257.531
Visitas Únicas Hoje: 821
Usuários Online: 383