Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 15652 - A história de conversão do santo que odiava a Igreja
Artigo visto 212 vezes




Visto: 212
Postado em: 25/01/20 às 00:47:25 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=15652
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Como, de severo perseguidor dos cristãos, São Paulo se tornou um dos maiores defensores e divulgadores dos ensinamentos de Jesus

No dia 25 de janeiro a Igreja celebra um dos santos mais conhecidos. Estamos falando de São Paulo.

A história dele pode ser encontrada no livro dos Atos dos Apóstolos. De um severo perseguidor dos cristãos, se tornou um dos maiores defensores e divulgadores dos ensinamentos de Jesus.

No capítulo 8, versículo 3, lemos que “Saulo, porém, detestava a Igreja. Entrando pelas casas, arrancava delas homens e mulheres e os entregava à prisão”.

Mas a obra de Deus muitas vezes parece incompreensível aos olhos humanos.

No capítulo 9, encontramos a narração de quando Saulo se dirigia a Damasco, em mais uma perseguição aos cristãos. Já perto de seu destino, ele foi cercado por uma luz resplandecente vinda do céu. “Caindo por terra ouviu uma voz que lhe dizia: ‘Saulo, Saulo, por que me persegue?’ Saulo disse: ‘Quem és, Senhor?’ Respondeu ele: ‘Eu sou Jesus a quem tu persegues’. (Atos 9, 4-6).

Na escritura vemos que o próprio Cristo se manifestou a Saulo. Em seguida, um discípulo chamado Ananias teve uma visão na qual Jesus diz para que ele procure por Saulo. Diante da resposta de Ananias, dizendo que Saulo já fizera muitos males aos fiéis. Mas o Senhor lhe disse: “Vai, porque este homem é para mim um instrumento escolhido, que levará o meu nome diante das nações, dos reis e dos filhos de Israel. Eu lhe mostrarei tudo o que terá de padecer pelo meu nome.” (Atos 9, 15-16).

A conversão de Saulo é uma das mais importantes da história da igreja, pois transformou o perseguidor de Cristão em Apóstolo. Paulo não negou o seu passado, e se atribuiu o título de “menor dos Apóstolos”.

Após a conversão, tornou-se de perseguidor a defensor do Cristianismo. Escreveu 13 cartas  que fazem parte do Novo Testamento. Segundo a tradição católica, Paulo morreu em Roma, por volta do ano de 67.

A história de são Paulo nos mostra a misericórdia de Deus. Ele chamou um perseguidor que, abrindo seu coração, recebeu os ensinamentos Divinos e transformou não só a sua própria vida, como a de muitas outras pessoas. E é assim que Deus age, quando nos abrimos à sua graça, ele opera verdadeiros milagres.

São Paulo, rogai por nós.


Fonte: www.aleteia.org





LEIA TAMBÉM
Se o Diabo existe? Sim, ele está vivo e atuante
Visitas Inesperadas das Almas do Purgatorio ao Padre Pio!
Pedro Siqueira relata como são seus encontros com Nossa Senhora - Já estive no PURGATÓRIO e no INFERNO
Por que devemos ficar mais atentos às leituras da Missa
Os monges que confeccionam sandálias
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
A importância da oração da madrinha
O surpreendente presente de Natal que Ratzinger pediu quando tinha 7 anos
A santinha que não servia para nada



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.544.145
Visitas Únicas Hoje: 627
Usuários Online: 221