Americanos especulam que Obama não nasceu nos EUA
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.068.109
Visitas Únicas Hoje: 854
Usuários Online: 261
Sistema de Busca

 

Destaque




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1494 - Impresso: 56 - Enviado: 16 - Salvo em Word: 40
Postado em: 26/07/09 às 19:06:00 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=2020
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

25 de julho de 2009

Uma onda de boatos crescente nos Estados Unidos alega que o presidente, Barack Obama, está escondendo seu verdadeiro local de nascimento. Para muitos, o presidente teria nascido no Quênia e não nos Estados Unidos, o que o tornaria inelegível para o cargo de presidente. As informações são do jornal Telegraph.

A Constituição dos EUA determina que, para ser presidente, é necessário que o candidato tenha nascido em solo americano. Obama nasceu no Havaí em 1961, dois anos depois de o arquipélago se tornar o 50º Estado do país. No entanto, desde que iniciou sua campanha à presidência, circularam boatos de que ele não seria cidadão natural dos EUA.

A Casa Branca tem publicado cópias da certidão de nascimento de Obama - um resumo impresso de seu nascimento, incluindo o nome do centro médico em Honolulu, Havaí, onde nasceu. Mas os conspiradores consideram suspeita a ausência de uma fotocópia do seu registro de nascimento original.

“Isso tudo poderia ser resolvido em um minuto se o presidente apresentar uma certidão de nascimento válida”, diz George Gordon Liddy, executor da invasão do edifício Watergate, ordenada por Nixon, ao comentar a teoria. “O senhor Obama deve fazer mais para afastar as alegações”, disse ele em seu programa de rádio - uma mistura de notícias e opinião - na semana passada.

No entanto, algumas pessoas consideram essas teorias infundadas, principalmente para o atual momento que vivem os EUA. “Temos sérias questões agora. Temos problemas na economia e milhões de pessoas fora do trabalho”, disse Steven Collins. “É tão ridículo que estamos perdendo tempo com esse assunto. Ele é um americano?” Vamos lá!”.

Segundo Collins, muitas pessoas ainda não aceitam o fato de um afro-americano ser o comandante do país e estão procurando maneiras de reduzir a “grandeza de uma pessoa que está servindo à nação.”

“Em vez de tentar descobrir o que realmente está acontecendo ao seu país, as coisas terríveis que estão acontecendo ao seu país economicamente, essas pessoas preferiam abraçar teorias conspiratórias”, disse o ex-congressista republicano Joe Scarborough.



www.fimdostempos.net





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 26/07/09 às 19:06:00 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES