Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.195.967
Visitas Únicas Hoje: 518
Usuários Online: 142
Sistema de Busca

 

Destaque




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1526 - Impresso: 41 - Enviado: 16 - Salvo em Word: 33
Postado em: 04/08/10 às 11:37:14 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=5849
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Lima, 03 Ago. 10 / 11:56 am (ACI).- O Escritório para a América Latina do Population Research Institute (PRI) alertou sobre um projeto de lei que o Congresso dos Estados Unidos debaterá em breve a pedido da administração Obama, com o qual se outorgaria uma partida extraordinária de 715 milhões de dólares a organizações anti-vida e promotoras do aborto em todo mundo. Ao respeito anima a enviar um total de 100 mil cartas aos legisladores para impedir esta medida.


O projeto titulado "Ata de Saúde Sexual e Reprodutiva em Nível Mundial 2010", explica o PRI "busca fortalecer e alentar as organizações de planejamento familiar em todo o mundo com o dinheiro dos impostos que, em meio da forte crise econômica atual, tanto esforço custa ao governo norte-americano coletar".

Se este projeto, considerado "urgente" pela transnacional abortista Planned Parenthood chega a passar, adverte o PRI, aumentarão "o já alucinante número de abortos, esterilizações, DIUs, Aspiradores Manuais para Abortos, anticoncepcionais orais, preservativos e outros. Cada dia é mais evidente que os últimos 30 anos têm feito precisamente isso e nenhum dos problemas que queriam solucionar diminuiu. Na realidade, sucedeu justamente o contrário".

"Tais procedimentos e aparelhos somente conduzem a uma vida de miséria física ou econômica (e muito freqüentemente a ambas) cada uma das mulheres às quais convencem de usá-los com informação enganosa. No processo também suas famílias são condenadas à miséria", prossegue.

Ante esta ameaça para a vida, o PRI anima a enviar uma carta (em inglês) aos legisladores para poder chegar às 100 mil que esperam reunir que expressem o sentir daqueles que querem defender a vida e a dignidade humana.

Além de pedir que esta carta se difunda entre a maior quantidade de pessoas possível, o PRI assinala que com estas missivas farão "que os políticos norte-americanos saibam que existem muitas necessidades verdadeiramente prementes nas quais usar a ajuda internacional de seu governo. Queremos que este dinheiro beneficie as mulheres pobres que sofrem por carências de necessidades básicas de saúde e alimentação e não vá financiar os salários de funcionários de organizações que procuram mudar as legislações em outros países sobre o aborto".

Para enviar a carta que até o momento já conta com mais de 10 mil adesões, ingresse a: http://pop.org/petition-globalrepact02E4es-sign-znt 

Mais informação: http://www.lapop.org/content/view/339/1/ (em espanhol)



Fonte: http://acidigital.com/noticia.php?id=19677





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 04/08/10 às 11:37:14 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES