Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.264.170
Visitas Únicas Hoje: 316
Usuários Online: 142
Sistema de Busca

 

Artigos Site Aarão
Aqui estão relacionados alguns dos artigos extraídos do site www.recados.aarao.nom.br, site do Sr. Arnaldo que com inspiração divina, colocam matérias belíssimas que nos aproximam do amor de Deus e nos conduz à salvação.




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1825 - Impresso: 78 - Enviado: 28 - Salvo em Word: 33
Postado em: 24/01/10 às 22:49:44 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=4144
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão

Depois de tantos anos lendo e estudando sobre os sinais do nosso tempo, algumas coisas passaram a ser muito claras em minha mente. Foram milhares de artigos lidos, outros milhares escritos, buscando alertar as pessoas para cada um dos ardis de satanás. Com certeza então é possível sintetizar tudo isso, de uma forma que o leitor não precise correr atrás de muita coisa para se manter bem informado. Sim, sobre a nossa Igreja!


     A primeira coisa necessária para entender estes tempos é sem dúvida o desarmamento do espírito, deixando de lado o cepticismo, as zombarias, as frases surradas que satanás ensina, munindo-se apenas de uma gota de sabedoria, dom de Deus. Sem isso, a pessoa não entenderá nada, e pior ainda mergulhará na torrente do abismo perto da qual nós estamos chegando, incautamente, e cegamente. E quanto sofrimento poderia ser evitado, se as pessoas usassem da inteligência para discernir os sinais claríssimos à sua frente!...
 
     Um grande embate se avizinha, dentro da última batalha dos tempos. O objetivo único é a posse eterna das almas. Riquezas, terras, ouro, nada disso é importante – pois finito – frente ao tesouro infinito de uma alma imortal. Deus as quer resgatar das mãos do inimigo encarniçado e por isso mandou ao mundo Seu Filho Único, que por nós derramou Seu Sangue na Cruz. O inimigo também quer estas mesmas almas, não porque as aprecie e sim porque sabe do que elas representam para Deus, e porque a morte delas significa para ele a depreciação do Sangue de Cristo cujo mérito infinito não é aproveitado por elas.
 
     São dois grandes exércitos em confronto. Ambos têm inúmeros soldados e estratégias. Os filhos da Luz têm consigo a fortaleza de Deus! O seu grande objetivo é a busca das virtudes pelo cumprimento da Lei. Seu grande defeito: a inércia, o não lutar, o deixar por si que as coisas se resolvem com o tempo. Significa não tomar atitude concreta diante do avanço do mal, e dormirem como “justos” esperando e esperando, confiados na ação de Deus. Na verdade, a imensa maioria dos filhos de Deus, não cumpre a sua parte no mistério da salvação. Mas Deus deixa-os livres, não pressiona, não exige resultados!
 
     Também o exército das trevas tem seus truques e estratégias. Eles não trazem consigo a fortaleza de Deus, mas compensam isso com uma desmesurada hiperatividade. Seu maior objetivo é a frustração do plano divino para o homem. Seu grande defeito é o envolvimento com todos os tipos de vício, entre os quais o orgulho é preponderante. Mas sem dúvida eles são mais espertos, mais corajosos, mais valentes e muito mais ativos que os bons. Na realidade, não são assim porque sua natureza humana é privilegiada, mas porque o demônio cobra deles resultados imediatos. Por isso eles não perdem espaços, não deixam para amanhã, e sem dúvida têm avançado bem mais que as forças do bem.
 
     Isso tem acontecido com crescente fúria, notadamente no correr dos dois últimos séculos. Na medida em que foi recrutando os filhos do ódio, satanás conseguiu produzir algumas das mentes mais perversas, mais odiosas, jamais havidas na terra. São filhos da conspiração! São agentes da perversão, que foram sendo colocados em pontos chave nos domínios do mundo, de modo a facilitar e implantar aqui na terra um reino, onde ele fosse Deus. Para um regime de terror, de plenitude de ódio, de perversão sem limites, de morte eterna para milhões de almas, para seu deleite.
 
     Estas pessoas não estão apenas infiltradas no domínio dos povos, mas também dentro da Igreja Católica, e até das seitas e outras religiões. O coroamento do projeto prevê sem dúvida a entronização de Lúcifer como deus, e para isso lutam com afinco suas nefandas hostes. Isso deve ser feito exatamente em Roma, no Vaticano, pois o anjo negro quer dar aos homens a impressão de que ele é mais poderoso que Deus. Infelizmente, podem ter certeza disso, existem dentro destas poucas quadras, pessoas de alta comenda, que se deixaram seduzir pelo anjo do terror, e se aprestam a preparar-lhe este trono ali.
    
     O capítulo 13 do Apocalipse descreve com linhas enigmáticas este poder maligno. Nós já explicamos isto, e não é necessário repetir. Mas certamente, por mais negras que tenham sido as cores que nós usamos, ainda assim, não chegam nem próximas dos fatos reais que dentro do Vaticano acontecem. No bojo um projeto milimétrico de demolição da Igreja Católica, a única instituição de vulto da terra, que ainda não esteja nas mãos das hostes infernais. Multinacionais, corporações, sistema bancário, mídia em geral, também as ONGs, os governos, entidades como a ONU, as seitas secretas e centenas de fundações malignas tudo isso soma o poder do ouro da terra, quase totalmente nas mãos do inimigo.
 
     E todo este poder financeiro e de logística tem sido empregado eficazmente em demolir a Verdade e a Moral que vem de Deus, em contraditar a Lei divina, ao introduzir na alma humana todo tipo de torpeza; desde o homossexualismo ativo, a pedofilia abominável até o próprio satanismo. Esmagado por um bombardeio crescente de malignidade, o homem moderno acaba por aceitar tacitamente tudo isso, acovardando-se diante das investidas do demônio, que solerte e bandido, acaba por ocupar todos os espaços. Mente e coração!
 
     A doutrina do demônio é a gnose. Esta filosofia maligna baseia-se no esoterismo e se implanta através de ritos de iniciação, que têm ligação com a cabala, o satanismo, aquilo que leva ao ocultismo e a adoração do demônio. Todas as meditações orientais, os ritos de feitiçaria, e todos os caminhos que levam aos espíritos caídos, fazem parte desta fétida pestilência, que em suma se chama de Nova Era. Ela visa conciliar todas as religiões em uma só, onde o deus seja Lúcifer e o homem seu escravo. E fora ao Deus Altíssimo!
 
     Naturalmente que se ele for apresentar diretamente sua doutrina ao mundo, a maioria dos homens normais cairá fora, porque não gosta destas coisas. O que acontece é que os homens deixaram de ser normais e em sua maioria hoje segue caminhos de loucura tal, que diz que louco é quem o adverte. Então o demônio precisa apresentar ao homem umas doutrinas mais elaboradas, e inventou o materialismo, o comunismo, o relativismo, o modernismo, o humanismo, o socialismo, o capitalismo entre outros, e colocou todas estas nojeiras num mesmo caldo viscoso que acabou por conspurcar toda a vida humana.
 
     O fim terreno principal deles é destruir a Igreja Católica e derrubar o papado. Pois com toda a tenacidade, especialmente desde o Papa Pio IX, que foi eleito em 1846 – ano da aparição de La Sallete – todos os papas têm lutado firmemente contra este dilúvio de heresias que assolam o mundo moderno. Naquelas aparições Nossa Senhora havia dito que a partir de 1864 o mundo seria inundado pelos demônios que atacariam a Igreja na tentativa de derrubá-la. E realmente isso aconteceu!
 
     Reagindo a Isso, já em dezembro daquele ano, este Papa emitiu a Encíclica “Quanta Cura” que veio acompanhada do famoso documento “Sylabus errorum” condenando com todas as letras o panteísmo, o naturalismo, o indiferentismo, o socialismo, o comunismo, as seitas secretas e também o liberalismo religioso em todas as suas formas. Ou seja, não é por falta de reação da Igreja e do Papa diante da onda de podridões doutrinárias que chegamos a isto e sim pela inércia monumental dos católicos, inércia especial da falta de orações, que motivou este ambiente de terror em que vivemos hoje.
 
    Obviamente que se dissemos “ambiente de terror”, seremos chamados de catastrofistas ou de lunáticos, pois “tudo vai tão bem”. Mas eu digo para vocês e faço uma comparação: você que já visitou um cemitério, acaso já imaginou se de repente todos os túmulos se abrissem e deixassem ver o que têm dentro? Não seria um cenário macabro? Um filme de terror? Pois eu afirmo: se num dado momento nos fosse dado ver o que acontece hoje nos bastidores do mundo e da Igreja, se víssemos os atos demoníacos que escondem as paredes dos antros, teríamos coisa ainda mais terrível. Um horror multiplicado em mil!
 
     Eis o que diz o profeta Ezequiel em 8, 12 Filho do homem, disse-me ele, vês tu o que fazem os anciãos de Israel na obscuridade, cada um deles em sua câmara, guarnecida de ídolos, pensando que o Senhor não os vê, e que ele abandonou a terra? 13 E ajuntou: Verás ainda abominações mais graves que eles estão cometendo... 16 Levou-me então ao interior do templo. É entrada do santuário do Senhor, entre o vestíbulo e o altar, avistei cerca de vinte e cinco homens, que, de costas para o santuário do Senhor, com a face voltada para o oriente, se prosternavam diante do sol. 17 .... vês isto? Não basta à casa de Judá entregar-se a esses ritos abomináveis que aqui se praticam?...
 
     Estes ritos abomináveis, certamente sempre aconteceram desde os tempos mais remotos. O diferencial é que antigamente eles eram feitos para outros deuses e neles não faltava a orgia satânica, a oferta de sangue humano e de vidas para os demônios. Hoje as mesmas coisas acontecem, com fúria mil vezes multiplicada, pois intencionam atingir a face do Deus Altíssimo. Hoje o ataque é mais ousado, é mais direto, tanto que nos tempos da Escritura Antiga, Deus intervinha diretamente e fulminava os devastadores, como o fez com Sodoma e Gomorra. Hoje os homens perderam o santo Temor de Deus, e ousam – em sua loucura – desafiar ao Altíssimo para uma luta em campo aberto.
 
     Como se faz isso? Contrapondo a santidade da Lei, com a maligna doutrina de satã! Leia-se homossexualismo e pedofilia! Contrapondo a defesa intransigente da vida, com a defesa exacerbada da morte! Leiam-se aborto, a eutanásia, e agora ortotanásia! Ou pregando um reino terreno, que ignora a superioridade do eterno. Leia-se “teologia da libertação”... E da maldição! Ou substituindo o amor que vem de Deus, pela fraternidade! Leiam-se as cínicas obras de benemerência! Ou transformado a caridade cristã e maior, em mero ato solidário, que não resulta de um profundo compromisso de amor e fé, portanto um ato maligno. Leia-se a falsa caridade espírita e das sociedades secretas!
 
     Mais ainda? Mudando a liberdade em libertinagem! Leia-se: abolição do pecado em nome da não discriminação! Trocando a moral pela ética! Leia-se: os homens de cada época criam a própria moral. Trocando a defesa da vida animal, pela morte da vida humana! Leia-se este ecologismo chiita e satânico que preserva o macaco e a tartaruga e mata o homem. Estes são apenas alguns pontos doutrinais das trevas, que, entretanto têm sido pregados e defendidos em toda a terra. Mais que isso: são tornados obrigatórios, no que se constitui numa tremenda violação da liberdade humana. Prova segura de que tudo isso vem do diabo! Prova segura de que nada disso vem de Deus!
 
     Tal como a Igreja verdadeira sempre alertou, através de seus sucessivos papas, para esta situação, sempre também o Céu tem procurado abrir nossos olhos para aquilo que vem acontecendo – e se avolumando – dentro de nossa Igreja. Falo em especial das tantas aparições de Nossa Senhora, em todo mundo, a partir de La Sallete. Entretanto, com a mesma fúria que combate a Igreja, o demônio sempre tratou de combater as parições da Mãe de Deus – que ele sabe serem verdadeiras – dando a elas verdadeiro desprezo pela maioria dos padres da Igreja. Praticamente tudo é ignorado pela cúpula ufana, que estando em pose de torre elevada, ou agarrada ao pináculo do templo de onde pode ser bem vista, pois quer ser benquista, não se sujeita a descer as bases onde tudo acontece. 
 
     Então, descrendo das mensagens do Céu, e desobedecendo sistematicamente a Igreja e ao Papa, o que se viu nos últimos anos foi um verdadeiro desastre, com a falência já quase completa do clero em geral e das ordens religiosas de ambos os sexos. Se nós percorrermos os capítulos da Igreja, iremos chegar exatamente ao pastoral e não dogmático Concílio Vaticano II, que tendo sido convocado como “novo sol da Igreja”, o temos é visto ele se tornar num motivo de horror, num caminho de cisma, num trilho pedregoso de apostasia. E isso somente não vê quem é conivente e quem não quer ver. A Igreja não deveria errar, e se erra em algo, é porque não consultou ao Espírito Santo.
 
     Não bastasse a devastação ocorrida pela debandada de mais de uma centena de milhar de sacerdotes rumo ao casamento, o que se assiste é outro espetáculo de horrores com a degradação do clero ainda existente. Principalmente nos Estados Unidos, com a horripilante seqüência – e freqüência – dos casos de pedofilia e homossexualismo entre os padres. Isso nos leva obrigatoriamente a uma suspeita – que já se torna fragrante – de que houve uma proposital escolha de jovens com tendências indignas para os seminários, em detrimento dos que queriam ou poderiam levar uma vida de santidade.
 
     De fato, quando numa simples diocese se avolumam processos indenizatórios de casos de pedofilia e exploração sexual contra 72 padres diferentes, não se pode descartar de seu bispo o desejo sórdido de que assim fosse. Porque a diferença entre Sodoma e esta diocese é que aquela era inconseqüente: esta é consciente! Aquela era um elgio ao demônio, esta uma blasfêmia direta e repulsiva contra Deus! No mais, constam acusações de cunho astronômico contra cardeais americanos já falecidos como PM e JB, como pessoas envolvida com o mais alto satanismo. Este último, inclusive, é suspeito de ser na verdade um arqui-sacerdote de Lúcifer, capaz das mais horrendas abominações!
 
     E hoje, tanto as mensagens do Céu, para milhares de profetas ao redor do mundo, e também denúncias esparsas, mas cada vez mais freqüentes vindas de pessoas sérias, nos dão conta de que ao redor do Papa Bento XVI, hoje, cirandam uma série de lobos, da mais feroz e horripilante matilha. Igual jamais outra igual foi suscitada por satanás dentro da Igreja. Tal que eu os reportaria ao cumprimento da visão de Ezequiel, conforme acima mostrei. Estas denúncias do Céu e dos valentes como Padre Malachy Martin e Mino Pecorelli – embora integrasse as seitas secretas – ambos assassinados, nos falam do impensável, nos avisam do inaudito e apontam para uma explosão que abalará o infinito.    
 
     Qualquer criança com um pouco de oração, perceberá instintivamente que algo está errado com nossa Igreja. A degeneração começa pela catequese pífia – nalguns casos se poderia dizer hedionda – aplicada em algumas paróquias. O resultado foi a formação de toda uma geração de mortos espiritualmente que gerou filhos verdadeiros bastardos na fé. E como é que esta geração alienada e bastarda espiritualmente poderá adiante ser porta-voz da verdade, se ela se acostumou a viver a mentira, se bebeu da fonte do erro, se fugiu da fonte da graça ao receber sacramentos sacrílegos? Se nem sabe o que eles significam?
 
     E dou um exemplo de nossa Paróquia. Neste ano já tivemos a primeira comunhão de 36 crianças na Matriz, e a festa externa – todos com manto branco e igual até os pés – era de fato linda de ver. Mas seria lindo de verdade? E num lampejo do pensamento, olhando aquelas carinhas tão lindas ali me perguntei interiormente: quantos deles estão preparados para receber Jesus? Um uma voz me disse de ímpeto: apenas 12! Ou seja, já na primeira vez se aproximaram indignamente de Jesus, 2/3 das crianças. É esta a catequese e a preparação que recebem. Não é para menos, pois cinco dias antes, tendo-se confessado às cinco da tarde, já de noite a maioria deles estava fantasiada de demônio praticando o halloween, mesmo tendo sido avisados na escola. E seus pais os apoiaram!
 
     Porque na realidade, é tão grande a degradação, é tão profunda a crise, são tão poucos os que ainda vivem a verdadeira fé, que quase nos obrigamos a acreditar em multidões de sacramentos inválidos, realmente sacrílegos, com ordenações sacerdotais e episcopais inválidas, no mesmo trilho as ordenações religiosas, sejam as diocesanos ou das ordens regulares. Há uma devastação generalizada entre eles, mordem-se, odeiam-se e isso só pode acontecer devido a uma raiz podre, que suga do sacrilégio a sua força, e por isso vomita a heresia por todos os poros. Se a raiz fosse santa alguns produziriam bons frutos! Assim são poucos, e os maus os suplantam em atividade sórdida pela causa do mal.
 
    E sobre centenas destas grandes estrelas da Igreja, pesa hoje o peso da suspeição, pois seu comportamento anti-católico e desobediente ao Santo Padre, faz prever que elas de fato se tornaram infiéis, até porque nem tiveram ordenações válidas. E de dentro da nossa Igreja trabalham arduamente para o inimigo de Deus e das nossas almas. Se isso um dia se confirmar plenamente, creio que milhões de católicos poderão até desacreditar para sempre de sua Igreja. E eu não duvido nada de que isso acontecerá quando o Santo padre o Papa Bento XVI divulgar na íntegra o 3º Segredo de Fátima. Penso que será este um dos últimos atos de seu pontificado, pois colocará a nu, a face odiosa dos lobos rapaces. É só devido a isso que segredo ainda não foi revelado. Querem esconder do povo a sua face!
 
     Neste clima de horrores, o que a fera infernal deseja – e mesmo busca com fúria – é a colocação no trono de Pedro, de um falso papa, completamente aberto a mudanças, seja na doutrina milenar da Igreja, seja na questão do uso de contraceptivos, do aborto em múltiplos casos, e da pesquisa usando fetos entre outras coisas. Sim, também quanto á quebra do celibato dos padres e a ordenação de mulheres! E, pasmem a aceitação do vil pecado do homossexualismo ativo com a devida defesa de seus direitos civis e a adoção.  
 
     Com solerte e bandida propaganda, com pressões de todos os tipos, com insinuações da mais perfeita malignidade, eles estão conseguindo fazer com que milhões de católicos aceitem sua doutrina de podridão com normalidade. Assim, as heresias são bebidas com avidez, as determinações do Papa, seus documentos, Encíclicas e Doutrina em geral são de todo ignorados, e muitos acham que o povo tem mesmo condições de ditar as normas e preceitos morais em cada época. Isso demole com a Igreja, destrói e quebra a unidade dela, e de forma blasfema torna completamente obsoleto o Mistério da Cruz.
 
     Assim, já a partir das Conferências Episcopais de todos os países, tem surgido um germe de rebelião, um espírito maldito de rebeldia e desobediência, que não conformado em desobedecer ao santo padre, ainda emite documentos contrários à interpretação da Igreja verdadeira. Para tristeza do Papa. Para tristeza de Deus! Nestes monstrengos, que não fazem parte da hierarquia da Igreja, que não são, portanto a voz da Igreja instalou-se uma verdadeira moenda, que literalmente esmaga aos ainda bons bispos, que se sentem impotentes diante de uma maioria anormal. E irracional! E já não Igreja! Tudo isso é feito para desacreditar o Papa e tornar sua figura como obsoleta, dizendo que o poder da Igreja deve provir do Conselho Universal dos Bispos. A Igreja é a de Pedro e não das pedreiras! Das pedreiras que são tropeço e escândalo no já difícil caminho dela!
 
     Tudo é milimetricamente orquestrado e planejado, no sentido de fazer o santo Padre se contradizer, pelo menos uma vez. Lembram dias atrás, quando surgiu a manchete sobre o Limbo? “O Santo padre vai acabar com o Limbo”... Ora, ele não vai acabar porque o Limbo existe e suas declarações posteriores realmente fizeram calar as gaivotas gritadoras. Da mesma forma, nesta semana, em relação ao casamento dos padres. As manchetes davam conta ou forçavam a idéia de que o Papa iria rever esta questão, entretanto, já no dia seguinte, as noticias declaravam formal e definitivamente: Não e ponto final!
 
     Nesta circunstância e sabendo destas pressões odiosas, nos parece que a única saída para a Igreja, seria que o Santo Padre emitisse um documento e declarasse “ex-cátedra”, e, portanto de forma dogmática e definitiva como NÃO e para sempre: NÃO ao casamento de padres! NÃO à ordenação de mulheres! NÃO ao aborto, em nenhum caso! NÃO a eutanásia nem à ortotanásia! NÃO à pesquisa envolvendo células embrionárias humanas! NÃO ao casamento de pessoas do mesmo sexo! NÃO ao pecado do homossexualismo! NÃO a este maldito ecologismo chiita! NÃO ao uso de contraceptivos, de qualquer espécie!
 
     Esta Encíclica, deveria ainda trazer uma condenação formal a todos os perniciosos e aberrantes “ismos”, que por aí proliferam, como: satanismo, comunismo, modernismo, relativismo, humanismo, homossexualismo e toda a caterva inerente que deles resulta. Com isso não aceitaria sequer discutir tais pontos, e então se poderia punir de modo duro e imediato a qualquer católico que insistisse nestes temas e a Igreja se livraria de um peso extra das contínuas defesas em relação a eles. Deste modo, ficariam como cães uivantes os que de fora dela bramiriam, enquanto a Igreja seguiria livre curso em busca das almas.
 
     A pergunta que se faz aqui é então: Por que a Igreja não faz isto? A igreja não faz isso, porque existe uma tremenda dificuldade operacional, devido aos entraves interpostos pelos maus que ocupam cargos exponenciais, e existe aquela lenta burocracia, que a tudo coíbe, atrasa e atrapalha. E existe a falta de oração do povo! Por outro lado, tais coisas sempre são feitas com consultas bem amplas, aos bispos do mundo inteiro e o Papa tem cuidados extremos em preservar este colegiado. Embora sim, caso ele resolvesse publicar um documento destes “ex cátedra” ele seria válido e passaria a ser matéria de fé. E ninguém mais poderia derrubar esta ordem sob pena de derrubar junto a própria Igreja!
   
     Um câncer ainda, que gostaria de apontar, refere-se à obsessão de muitos bispos em “democratizar” a Igreja Católica. Dizem que os gregos inventaram a democracia, e que isso é bom! Pois indo em rota de oposição eu digo: se os gregos inventaram uma coisa ruim para a humanidade foi exatamente a tal democracia! Que tantos louvam e prezam! Porque ela, nas mãos do povo vira um sinônimo de anarquia! Em síntese, o povo comum não sabe se governar – veja o Brasil – e divorciado de Deus, seu destino é o colo do diabo... Para onde vai o Brasil! Todo governo que não se rege pelas leis de Deus – como o Brasil – é fadado ao insucesso! E a separação da Igreja do estado, foi o começo da desgraça do mundo, pois todo governo que não vem de Deus – como no Brasil – não é do povo, mas do demônio! Assim, “democratizar” a Igreja, é fadá-la ao insucesso, é decretar sua morte!
    
     A Igreja não foi constituída por Jesus para se aproximar do povo, e sim para fazer o povo se aproximar de Deus. Ir para águas mais profundas, não significa misturar o povo na vida política da nação, mas ir na busca das almas que vivem nas profundidades do desamor, da ausência de Deus, neste mundo insano que criamos. A Igreja verdadeira deve viver em torno do sacrário – não só e mais sua hierarquia – e se alimenta dos santos sacramentos. A verdadeira igreja tem obsessão infatigável pela busca do celeste, e daquilo que conduz à vida eterna. Quando ela se desvia para o mundo, quando busca a satisfação do homem mais que a de Deus, deixou de ser a Verdade e perdeu a verdadeira Vida.
 
      Muitos atos malignos contribuíram para que chegássemos a este estágio. Só para seguir a saga dos últimos papas dizemos que, um dia se saberá que São Pio XII, fez tudo que podia pelos judeus. Um dia se entenderá que o Papa João XXIII foi enganado na questão do acordo de Metz e que convocação do Concílio Pastoral Vaticano II foi um erro dele. Um dia se saberá que Paulo VI foi enganado em relação a Missa nova e esta foi a maior desgraça da Igreja. Um dia se saberá que João Paulo I foi assassinado porque queria expulsar 15 cardeais maus de seus postos. Um dia se saberá que o Papa João Paulo II, foi eliminado e que a tal operação era para calá-lo de vez. Um dia se saberá que Bento XVI é o último papa antes da tribulação! Depois dele e durante ele virá o caos!
 
     Quanto aos cardeais maus, para que o leitor tenha um pouco mais a pensar e mais vontade de rezar, consta do livro do Padre Malachy Martin, que eles fizeram a coisa mais hedionda e inimaginável: eles entronizaram Lúcifer dentro do Vaticano – ato praticado dentro de uma das capelas – e também nos EUA! Só isso explica o tremendo poder do inferno sobre eles! Lá e cá! Todos os cardeais falecidos que fizeram isso, já estão na casa de Lúcifer, e lá ficarão para sempre. Há ainda mais de uma centena deles esperando apenas que ele os venha buscar! Caso não se convertam antes! Este padre foi secretário do tenebroso cardeal Bea, e sabia de tudo, e sabia demais... Por isso foi assassinado!
 
     Assim, os lobos ainda estão lá: perderão umas batalhas, mas ganharão a “igreja” por algum tempo. Porém, quando estiverem trocando presentes entre si, o sopro de Jesus que vem os fulminará. Rezemos por Bento XVI! Seu trono corre perigo! No fim sabemos que a Igreja vencerá! E o Papa também será vencedor! Mas rezemos por isso! (Arnaldo



www.recadosaarao.com.br





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 24/01/10 às 22:49:44 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.

LEIA TAMBÉM












Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES