Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos Site Aarão




Artigo N.º 4412 - REDIL EM CACOS
Artigo visto 1895 vezes




Visto: 1895
Postado em: 24/02/10 às 09:34:01 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=4412
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão

08/12/2008 15:49:40

Foi hoje pela manhã, durante a Santa Missa, na homilia de nosso padre, que tive a idéia deste artigo, da necessidade dele. Talvez não encontre eco em nenhum coração sacerdotal ou de catequista, entretanto serve para que se fortaleçam aqueles ainda percebem o caos na Igreja, e a já dispersão do rebanho. De fato, o redil da Igreja Católica está em cacos!

Que é um redil ou aprisco? É uma construção, geralmente de muros altos ou paliçada resistente, que impede ou dificulta a entrada dos lobos, que vêm roubar as ovelhas à noite. Ou já de dia? E o Evangelho e as leituras de hoje, dia 7/12 são sugestivos, porque falam que o Dia do Senhor virá como um ladrão, e falam nas terríveis conseqüências que sobre o mundo irão desabar, devido a este estado de coisas. A Carta de São Pedro é assustadora e ai de quem não lhe der atenção. Nós chegamos aos dias dela... Hoje!
 
Nas semanas anteriores, aqui em nossa comunidade, tivemos três eventos que explicam a premente necessidade de ação, e principalmente de oração pela nossa Igreja, antes que, já nos próximos anos, não tenhamos mais ninguém conosco. Tivemos aqui a primeira comunhão de 33 crianças, o Crisma de 43 jovens, e a Missa de formatura de duas turmas de alunos do 2º Grau, acredito de uns 60 jovens de ambos os sexos. Sim, isso a primeira vista é maravilhoso, mas será mesmo que tudo isso foi bom para a Igreja? Acaso isso nos dá uma noção de sua pujança? Ou de seu caos iminente? Que aconteceu?
 
Na homilia de hoje, nosso padre fez levantar o dedo, para saber da presença na Missa Dominical, dos 76 crismandos e da primeira Eucaristia, das semanas anteriores. Sabem quantos estavam na Missa? Apenas 11, das duas turmas! Então nosso padre disse que isso é motivo de desânimo! Lamentou e se colocou no lugar das catequistas, que devem sentir-se não recompensadas por este descaso, porque afinal são dois anos, ensinado, e tudo leva a crer que elas não entenderam o recado. Bem, se o sacerdote é também ele presente na catequese, se formou bem, conhece e confia em seus catequistas, com toda a certeza também ele irá de certa forma desanimar. Deu vontade de chorar junto com ele! Mas será que não temos, coletivamente, nenhuma culpa nisso? A quem apontar o dedo?
 
Não seriam os pais os primeiros culpados? Eu próprio, anos atrás, participei dela com meu último filho, e jamais me arrependi. Aprendi muitas coisas ali, e achei válida a experiência. Mas sabem quando ela é valida? Quando a catequese segue fielmente o Catecismo da Igreja, e não o falso catecismo de algumas dioceses. Catecismos que falam mais na proteção da floresta amazônica que na salvação das almas. Sabem o porquê que a nossa turma estava a melhor preparada? Porque deixamos de lado as três aulas de ecologia, e falamos sobre Maria, Igreja e Eucaristia. E ensinamos a confissão!
 
Assim, se pode dizer que em apenas duas semanas, já 65 dentre as 76 crianças que participaram dos Sacramentos da Eucaristia e Crisma em nossa comunidade, já pularam a cerca do redil e se atiraram nos braços dos lobos. Ou já estavam antes, e nada fizeram para livrá-las? Ai de quem escandalizar, disse Jesus! Estão à mercê do mundo, que os acolhe de braços abertos. Sabem onde a maioria estava? Em casa dormindo, depois de um sábado a noite de festas ou bailes e molecagens. Estava até amanhecer o dia no computador, vendo sites pornográficos. Que sem dúvida são armas de satanás!
 
Quanto aos jovens da formatura, não sei se nas matérias estavam bem formados, mas de Missa é que nada entendiam. Queriam ficar sentados o tempo todo e duas vezes o padre teve que pedir para que ficassem de pé. Sinal de que não conhecem o ritual da Missa, e afinal, são estes que logo estarão gerando filhos e filhas, também eles sem saber nada da Igreja que dizem pertencer. Qual o futuro da Igreja que tem hoje tais jovens? Para que Missa, em tais circunstâncias? Onde o amor, onde a fé? Que sabem eles da Santa Missa?
 
Ó, como era diferente a formação das crianças em meu tempo! Com sete anos eu sabia que os Padres devem obedecer aos bispos, que os bispos devem obedecer ao Papa – felizmente a CNBB, que ensina a desobedecer ao papa, não existia naquele tempo – e sabia que nós devíamos seguir aos padres. Naquela época, eu já sabia o valor dos Sacramentos da Igreja, sabia me confessar, sabia o que era pecado e não – por exemplo, que faltar a Missa aos Domingos é pecado grave – e que jamais deveria comungar neste estado. E meus pais nunca deixaram de nos alertar para o amor que devemos ter para com a Eucaristia! E me portava com todo respeito e devoção durante as celebrações.
 
Também isso o padre me ensinou bem, e eu tinha um respeito profundo pela nossa Igreja. Eu respeitava muito nosso padre, que vivia de batina, porque o julgava um santo! Enfim, eu sabia da importância da UNIDADE sob Pedro, pois o Papa Pio XII era para mim quase como uma divindade. E até hoje meu respeito pelo Papa é o mesmo que julgo ter, se o próprio Jesus fosse este nosso pastor e chefe visível da Igreja! Penso que não conseguiria mais amor, devido minha profunda miséria! Pedro é a Rocha, é a chave e fator da unidade e sem ele não existe Igreja, e sim um redil em cacos. Como estamos vendo hoje!
 
E assim, tais crianças nunca aprenderam a amar Jesus como a isso deveriam ter sido ensinadas. Até porque, se eu tiver que julgar pelo que sinto, dentre as 11 crianças que ainda vieram a maioria, senão todas elas sem exceção estavam ali forçadas pelos pais. Nunca viriam por amor a Deus, por amarem a Jesus, por gostarem de estar ali na presença viva Dele, ou por sentirem necessidade de salvação da própria alma! Mas o que é mesmo esta tal de alma? Quem é mesmo este Jesus? Mas do urso panda eles sabem: é um pobre animal que está em vias de extinção e precisa ser preservado. Quase adorado!
 
Então, estas crianças já desde o início fogem da Igreja, pelo simples fato de que não são bem ensinadas sobre os infinitos tesouros que esta mesma e única Igreja possui. Se elas fossem levadas desde cedo a conhecer a verdade, ela as libertaria! Se fossem ensinadas de verdade a amar Jesus, Ele as manteria junto de Si. Se lhes ensinassem de fato a AMAR Maria, ela os levaria até Jesus. As levaria a se manter unidas na segurança do redil, onde encontrariam não somente guarida, mas felicidade. Como alguém pode amar aquilo que desconhece? Como alguém pode defender, a aquilo que não a cativa! Que, antes, lhe impele a fugir, porque toda alma, no fundo, busca a verdade em Deus, mas quando nalgum lugar lhe ensinam a mentira, ela sente e dali escapa. Ou não será mesmo melhor que dali elas escapem, antes que se percam? Ou seja: se desde cedo elas fossem bem ensinada a amar sua Igreja Católica, JAMAIS elas a deixariam!
 
Assim, depois da má aplicação dos documentos do Concílio Vaticano II nós temos já indo para a terceira geração de pais despreparados, de padres mais mal ainda, e, portanto de maus católicos, que desde a raiz preparam mal seus filhos, porque nem eles aprenderam a Sã Doutrina. O erro monstruoso está na FALSA CATEQUESE, esta a porta dos lobos uivantes. Este verdadeiro rolo compressor, infelizmente, tem seu dínamo na má formação dos padres, que são instruídos na falsa teologia libertadora, pois temporal, na verdade um engenhoso artifício de colocar as pobres almas em linha de tiro no caminho do diabo. Nenhum escapa de suas unhas. Esta falsa teologia é o pêndulo deste gigantesco martelo demolidor, que está literalmente pondo em cacos o redil da Igreja.
 
É como ingenuamente disse um bispo sobre o malsinado Documento de Aparecida quanto à fuga dos católicos para as seitas. Disse ele: os católicos que estão indo para as seitas, na verdade estão sinceramente buscando a Deus! Mas esta é para mim uma magistral confissão de culpa, e não uma justificativa! Na verdade é uma patética alegação, que dá um tiro no pé de todos os bispos e padres da Igreja. Ela lhe deveria chamar a atenção, pois diz: os católicos estão deixando a Igreja rumo às seitas, porque sinceramente não encontram mais Deus aqui!
 
Ou seja: eles estão indo para as seitas, exatamente porque nelas encontram mais a Deus, que na Igreja Católica! O que significa dizer: lá correm menos riscos de se perderem eternamente, do que se ensinados por certos padres, certos maus formadores e maus catequistas. E maus bispos! Vejam que, em minhas viagens, inúmeras vezes eu tenho visto as famílias evangélicas, vindo pelas ruas das cidades – são inconfundíveis pela moda dos cabelos e das vestes das mulheres – que seguem unidas com seus filhos, jovens adolescentes, tanto indo ao culto quanto voltando para seus lares após as celebrações. Quantas são as famílias católicas que seguem o mesmo ritual? Algumas vezes, vemos os pais! Raros casais com filhos de colo! Raríssimos com seus filhos e filhas adolescentes! Por isso os crentes crescem, e nós nos demolimos! Nós encolhemos o rebanho!
 
E infelizmente ainda, por infelicidade maior, a quase totalidade destes que ainda vai a Missa Dominical, vai por modismo, participa dos sacramentos por ato social e vai à mesa Sagrada em estado de pecado grave cometendo sacrilégio. Poucos, raros, já quase nenhuns, são aqueles que vão com profunda consciência, com amor sem medidas, com vontade decidida de estar com Deus. São raríssimas estas almas reparadoras em nossa Igreja, que por amor a Deus, com profunda devoção e fé, tentam ainda com suas preces e seus atos, manter em pé as paredes do Redil da Igreja. Jovens e crianças, quantos?
 
Ora, nossa comunidade pode ser considerada modelo. É tida como a melhor paróquia da diocese, com inúmeras pessoas, com dons excelentes, entretanto, vejam o veneno, como se espalha, pois na catedral, dias atrás convidaram Leonardo Boff para dar palestra. Ora meu Deus: olhem a ficha maligna deste homem! Seus livros são condenados pelo Papa! Ele está proibido de falar em nome da Igreja! É um padre que vive amasiado, e tem sido causa de enormes estragos na Igreja. Socooorrro! Este homem cospe veneno com sua língua viperina! E já vimos o estrago que a serpente causou em Eva, a leitura de amanhã, dia da Imaculada! Acaso, depois, os responsáveis por este convite de palestra alegarão diante do Juiz como Eva: foi o Boff que nos enganou! Por qual motivo não buscam mais as luzes do Espírito Santo, para manterem afastados estes lobos da formação leiga?
 
Devido a isso tudo é para um povo imerso em erros e pecados que assim está escrito em Oséias 4, 4 Entretanto, ninguém poderá acusar (o povo), nem o repreender, mas eu censuro a ti, ó sacerdote. 5 Tu tropeçarás em pleno dia.. Far-te-ei perecer, 6 porque meu povo se perde por falta de conhecimento; por teres rejeitado a instrução, excluir-te-ei de meu sacerdócio; já que esqueceste a lei de teu Deus.... 7 Quanto mais se multiplicaram, mais pecaram contra mim, transformaram em infâmia o que era a sua glória. 8 Eles se nutrem do pecado de meu povo, e são ávidos de suas iniqüidades.
 
E é por isso que também está em Zacarias 10, 2... Por isso, o povo desgarrou-se como um rebanho e se pôs a vagar por falta de pastor. 3 Minha cólera inflama-se contra os pastores, meu castigo vai cair sobre os bodes. E é por isso que todo sacerdote de hoje, deve ler e meditar no que está escrito no capítulo 34 de Ezequiel que a certa altura diz aos pastores de hoje: 4 Vós não fortaleceis as ovelhas fracas; a doente, não a tratais; a ferida, não a curais; a transviada, não a reconduzis; a perdida, não a procurais; a todas tratais com violência e dureza. 5 Assim, por falta de pastor, dispersaram-se minhas ovelhas, e em sua dispersão foram expostas a tornarem-se presa de todas as feras. Eis o redil em cacos! Por causa dos “bodes” metidos em sociedades secretas, para destruir a Igreja! E diz mais:
 
6 Minhas ovelhas vagueiam em toda parte sobre a montanha e sobre as colinas, elas se acham espalhadas sobre toda a superfície da terra, sem que ninguém cuide delas ou se ponha a procurá-las. 7 Pois bem, pastores, escutai a palavra do Senhor: 8 por minha vida - oráculo do Senhor Javé -, já que por falta de pastor foram minhas ovelhas entregues à pilhagem, e serviram de pasto às feras, pois os meus pastores não têm o mínimo cuidado com elas, e que, em vez de pastoreá-las, só têm procurado se fartar eles próprios... Alguns maus é claro! Já nem pastores, mas demolidores.... Mas acionadores do martelo!
 
Ó bom vinho, que delicia! Mulheres, ó sonho dourado! Ninguém jamais poderá afirmar que um dia os padres se casarão. Isso é uma afronta e uma provocação contra o Papa. No que afrontam mais uma vez a Sã Doutrina e põem pedra de tropeço a Pedro. O grande problema das ânsias sacerdotais não está na falta de uma mulher na cama, e sim na má formação, desde a base. Desde criança! Está na quase completa falta de espiritualidade na maioria dos seminários. Está na desgraça de imaginar que a Igreja precisa de doutores, quando precisa apenas de padres santos. Padre santo é Bom Pastor, que dá a vida pelas ovelhas. Padre herege é lobo devorador! É demolidor da Igreja!
 
Todo pastor que não mais busca as ovelhas desgarradas hoje em dia, já se faz lobo mau. Todo aquele pastor que trata as ovelhas com o pasto estragado da falsa teologia envenena e inebria o rebanho, que desatento e inconsciente, transpõe os limites do redil e cai no meio das matilhas de lobos! Que os fazem dispersar em todas as direções. O chefe do redil é Pedro, sem ele, cada bispo isolado é nada mais que um feudo. Cada feudo isolado é nada mais que um aperitivo para o exército das trevas, que assim reparte o rebanho para devorá-lo mais facilmente. Separados da unidade cada feudo é abatido facilmente!
 
Por isso, quanto aos bispos eu alerto e comparo: havia no tempo de Jesus um Sinédrio que se reunia para fazer sua lei, uma lei humana, melhor dizendo, para fazer a anti-lei. Fazia uma lei de efeitos visíveis e causas aparentes, que tratava do benefício próprio e da aprovação de seus atos farisaicos. Um Sinédrio que acabou condenando e matando a Jesus. Eles não mais obedeciam ao que Javé lhes pedia e o que sua lei impunha, mas seguiam uma regra apenas humana e falível, que os fazia entes superiores entre os homens, e semideuses entre os mortais comuns. Eles atavam pesados fardos nas costas do povo, quando eles mesmos os abominavam! Mas eram eles os sepulcros caiados por fora, mas cheios de podridão por dentro!
 
Pois o mundo evoluiu, mas há um novo Sinédrio, que cada vez mais se afasta de Deus, e mais se aproxima dos homens. Ele se forma e se reúne em Conferências Episcopais, que como diz a mensagem, nada mais que grupos que trabalham por sua independência: prefeituras poderosas, que desejam separar-se da Una Igreja Corpo, separando-se do Santo Padre que é a cabeça deste Corpo. Este é o Sinédrio atual, que mais uma vez pede a cabeça de Pedro. E de Jesus! Porque condena seus atos! E na medida em que não mais obedece a esta cabeça, torna-se o chefe do MARTELO que despedaça as paredes da Igreja, pela demolição da Unidade e pela fragmentação do rebanho. Que deveria ser único! Eles perderam a noção de unidade, e lição básica de Jesus: somente Pedro liga na terra!
 
Pois quem não soma com Pedro, espalha! Quem não reúne com o Papa, dispersa! Quem não obedece a Pedro, arruína! Quem exige a cabeça de Pedro, condena e mata Cristo! Pois onde está a obediência a Pedro e aos últimos documentos da Igreja? Onde o Pro Multis? Onde os confessionários? Onde as horas de adoração? Onde os seminários com reitores santos? Onde a demolição desta falsa teologia libertadora temporal? Onde o deixar de dar ouvidos a padres hereges como Boff, condenados proibidos pelo Vaticano? Gente que deveria ser dela expulso! Gente cuja falsa forma de ser Igreja, contribui para a infiltração marxista no clero. Coisas que ainda lavarão muitas ovelhas – e pastores – em sangue!
 
Vou agora me colocar na pele de uma destas crianças que hoje comungam pela vez primeira e monto o ambiente PERVERSO em que ela aprende. Ou desaprende? Elas vão com 11 anos de idade, e a cabeça cheia das tramas das novelas podres da TV. Que insinuam que o homossexualismo é bom e virtuoso! Elas sentem em seu coração que os padres são fracos na fé e na doutrina, portanto não servem de exemplo. Não sabem nem da Santa Missa, celebram sem amor e fé, não conseguem transmitir autoridade em suas homilias, porque não vivem a doutrina, não prezam a obediência, nem vivem aquele pouco que pregam. Quem os quererá seguir? O padre tem que ser o primeiro catequista!
 
Assim, padres de hoje feitos para sempre sacerdotes do Deus Altíssimo, vossa responsabilidade é assombrosa, é assustadora! Sabem o que representa para a Igreja, a CATEQUESE boa e santa, bem administrada e vivida por quem a ministra, especialmente o Padre? Ela é exatamente a cerca do REDIL, ela constitui a paliçada intransponível, dentro da qual se sentirão seguras as ovelhas, e tanto não quererão sair, quanto será impossível aos lobos – falo dos falsos pastores – de fora as enganarem, soprando falsas seitas, falsas doutrinas de perdição. Ovelha bem instruída, consciente da sua Unidade, que ame sua doutrina, que ame e saiba que a Igreja Católica tem o único caminho certo de salvação, e que se sinta segura ao lado do seu pastor, não tentará fugir jamais! E amará ficar ali! E dará a sua vida pela Igreja, se preciso for! Não foi isso que Jesus fez?
 
Jesus fala bem claro na parábola do Bom Pastor. “Eu sou a porta do redil”! Quando um pastor é mau, mal preparado para sua função, ou quando com seu mau comportamento e suas falsas instruções desvia o rebanho da unidade, ele mesmo escancara as portas do redil, ele mesmo ajuda a derrubar as paredes protetoras para que o rebanho se disperse. Ele forma maus catequistas, ou não cuida do que eles pregam. É por ali que as ovelhas fogem caros sacerdotes, e vão para as seitas, ou para o ateísmo. Quantos milhares de ex-católicos se tornaram ateus, devido ao mau exemplo dos pastores que os deseducaram na infância? Está acontecendo ainda hoje, aos milhares, e não só aqui em minha cidade, mas em todo mundo! Dão para as ovelhas pasto imundo e não alimento de eternidade!
 
E quando começa a cair em cacos o redil? Começa pela má formação, e mesmo diabólica formação de maus catequistas, despreparados – mesmo sendo em si pessoas boas – que de auxiliares na condução do rebanho, se tornam em pequenos lobos pervertedores. Disseminadores de heresias! Temos aí certos maus padres e certas horrendas freiras, que estão pelo Brasil a dar cursos para catequistas, que são hereges contumazes, negando os milagres de Jesus, os dogmas da Igreja, e semeando dúvidas sobre todas as verdades eternas. E nem os bispos – depois falo neles – e nem os padres se dão conta disso.
 
Penso que a tarefa da catequese para eles se torna coisa deprimente, então não vão freqüentar estes cursos heréticos para ver seu conteúdo e maligno e contestá-lo, nem depois não vão lá saber que diabos de doutrina os catequistas ensinam para as pobres crianças e adolescentes em sua paróquia. Nalguns lugares são crianças que dão catequese! Que entendem elas? E seguem uma orientação “superior” errada, que se poderia dizer blasfema vinda de certas conferências, que mais parecem conciliábulos.
 
Citei a palavra forte – diabos – porque em muitos lugares é esta a catequese que se ministra às crianças. E é a partir dela que se formam estes pequenos celerados, estes cínicos e mal educados birrentos, que vão à comunhão já na primeira vez em sacrilégio. E assim vão pelo resto da vida! Que é uma catequese de satanás? Aquela que fala da vitória régia e do mico-leão-dourado! Aquela que preserva o urso panda, mas não ensina que faltar a Missa é pecado grave, porque é MANDAMENTO da Igreja e não mera sugestão do Santo Padre. Catequese de satanás é toda a escola deste ecologismo xiita, fruto da mente podre das ONGs internacionais, que preservam a vida animal, quando defendem o aborto dos inocentes. Mas pregam cadeia e até pena de morte a quem mata um mico-leão!
 
Catequese de satanás é aquela que não alerta contra a gravidade do pecado, e que até faz duvidar da existência do demônio e do castigo eterno. Catequese de satanás é aquela que prega um deus paspalhão, apenas misericórdia e não também JUSTIÇA infinita! Também é aquela que não ensina o valor dos Sacramentos, não explica o valor supremo da Eucaristia! Que não fala do AMOR maior do nosso Deus, apenas louva e enaltece um falso “amor” aos irmãos. Catequese de satanás é aquela que fala em ética e em fraternidade; que enaltece a “solidariedade”, mas não fala na Lei Moral que vem de Deus, nem no amor que vem de Deus, nem na verdadeira caridade, aquela que leva para Deus.
 
Todas estas coisas são poderosos martelos de demolição, que derrubam as cercas do redil e chegam a esmagar as pedras que como baluartes defendem a verdade, tornando-as pó, a fim de que por ali escapem livremente ovelhas despreparadas, e sem o conhecimento das armadilhas do pecado. Das quais o mundo está cheio! Cada padre que não tem uma equipe de catequese santa, voltada exclusivamente para a Sã Doutrina de salvação das almas, cumpridora fiel do Catecismo da Igreja, e baseada no Pequeno Catecismo antigo, de antes do Concilio, torna-se um brutal operador de martelo de demolição.
 
Ou seja: se cada uma das paróquias tiver uma CATEQUESE SANTA, voltada para as almas e a salvação eterna, seguindo fielmente as orientações do Papa, se tornarão de todo inúteis as conferências com seu exército de pastorais inócuas. Basta seguir com fidelidade o Catecismo da Igreja, que as crianças aprenderão a amar Jesus, amar Maria, amar a Santa Igreja e ao nosso Sumo Pontífice. Fazendo isso estão firmes sobre a rocha e sua fé se tornará inabalável. Minha mãe falou-me ontem que dias atrás assistiu na TV um sacerdote famoso, que empunhando o Catecismo bradava: é para isso que devemos voltar!
Para a verdade de Pedro, e não a mentira das conferencias desobedientes. Porque elas já de há muito expulsaram o Espírito Santo de seus encontros. Padres e bispos falam isso!
 
E termino com a 2ª Carta de Pedro que diz assim, a estes que pensam que a Justiça ainda tarda: 9 O Senhor não retarda o cumprimento de sua promessa, como alguns pensam, mas usa da paciência para convosco. Não quer que alguém pereça; ao contrário, quer que todos se arrependam. 10 Entretanto, virá o dia do Senhor como ladrão. Naquele dia os céus passarão com ruído, os elementos abrasados se dissolverão, e será consumida a terra com todas as obras que ela contém. E sem dúvida, serão consumidas – até por causa delas – as obras da falsa igreja desobediente a Pedro a falsa igreja do antipapa. Aquela que se firma em conluios desobedientes ao Santo Padre o Papa.
 
Infelizmente, a imensa maioria eu acredito de 99% dos católicos desconhece tudo isso. Acham que tudo vai bem, quando tudo vai mal. Mas para todos estes está em Ezequiel 13, 10 Porquanto abusam do meu povo, dizendo: Tudo vai bem, quando tudo vai mal. Quando o meu povo constrói um muro, ei-los a cobrirem-no de gesso. 11 Dize, pois àqueles que põem esse gesso: este muro vai cair. Vai haver um aguaceiro, vai cair saraiva grossa, vai desencadear-se uma tempestade. Qual é este muro? Trata-se do muro da desobediência do clero a Pedro, muro das falsas teologias! Da falsa catequese! Aquela que imagina – erradamente – só imagina que pode governar a Igreja Católica sem Pedro, por um manhoso artifício de maioria. Ai, meu Deus, eles não sabem o que fazem!
 
Por isso continua dizendo este profeta: Pois bem! Eis o que diz o Senhor Javé: em minha indignação, desencadearei um furacão, em minha cólera, vou mandar uma tempestade, em meu furor de destruição, farei cair granizo. 14 Abaterei assim o muro que emboçastes, pô-lo-ei abaixo, desnudá-lo-ei até as suas fundações. Ele desmoronará e perecereis no meio dos (escombros). Sabereis assim que sou o Senhor. 15 Quando houver saciado o meu furor contra o muro e contra aqueles que o tiverem rebocado de gesso, direi: nada de muro! Desapareceram aqueles que o rebocaram. Parece muro bonito, mas é armadilha mortal! Muro contra Pedro é farelo, pois Jesus falou: quem se bater contra a rocha de Pedro será despedaçado! Assim sacerdotes santos, obedeçam ao Papa Bento XVI ainda que isso os leve a morte! E nunca a quem o desobedece! Deve-se obedecer antes a Deus que aos homens! E esta falsa igreja conferencial é dos homens, não de Deus! Não é da Igreja!
 
Tal muro desabará sobre quem o construiu. Eu vi já, em sonhos, os fundamentos deste frágil muro de gesso, vistoso e pintado: é construído sobre pedras soltas, e tem paredes de farelo. Basta uma brisa do Espírito Santo – nem precisa uma tempestade – para desabe em cima de quem o edificou. Isso acontecerá e não demora! Ai de quem escandaliza uma criança, pela má e falsa catequese! Aarão!


www.recadosaarao.com.br

 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.860.745
Visitas Únicas Hoje: 1.099
Usuários Online: 296