Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos Site Aarão




Artigo N.º 4475 - Cinzas
Artigo visto 1730 vezes




Visto: 1730
Postado em: 04/03/10 às 10:30:25 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=4475
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão

Início da Quaresma - Preparação para a Páscoa
“2º Quarta-Feira de Cinzas no Exílio”



Ano “C”

Jel 2, 12-18 / Sl 50 / Fil 5, 20 -6, 2 / Mc 6, 1-6. 16-18

Quarta-Feira, 17 de Fevereiro de 2010.

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é Convosco, bendita sois Vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus. Santa Maria Mãe de Deus rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém! Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo. Para Sempre seja louvado e nossa Mãe Maria Santíssima. Salve!

 Amados! A Misericórdia de Deus nos concede este tempo de graça – a Santa Quaresma – que inicia hoje, com a Quarta-Feira de Cinzas... Cinza, no contexto bíblico teológico, significa penitência, humilhação, humildade, conversão... Aproveitemos o que nos oferece a Santa Mãe Igreja, quando nos convida – nestes 40 (quarenta) dias de jejum e penitência, junto com Jesus – a vivermos a contrição do coração e a verdadeira conversão para o Senhor, como nos fala o Profeta Joel: “Agora, pois diz o Senhor, convertei-vos a mim de todo o vosso coração, com jejuns, com lágrimas e com gemidos. E rasgai os vossos corações e não vossos vestidos, e (contritos no vosso interior) convertei-vos ao Senhor vosso Deus; porque ele é benigno e compassivo, paciente e de muita misericórdia, e inclinado a suspender o castigo” (Jel 2, 12-13). Precisamos mover (voltar) os nossos corações para Deus, e acolher a Misericórdia que hoje ele nos oferece! 

     Filhos! Sabemos que não é fácil trilhar a estrada da santidade, mas, enquanto caminhamos, lutemos para viver à conversão quotidiana, que, sozinhos não somos capazes de alcançar, por mais que nos esforcemos!... Por isso é preciso que nos apossemos da graça de Deus, que neste tempo propício Ele nos oferece. Sim, supliquemos a proteção do Alto, pela Unção do Espírito Santo, para que o Poder da graça abunde sempre mais em nossos corações, para que correspondamos, com fidelidade, ao chamado que hoje o Senhor nos faz!  Preparemos os nossos corações, cultivando a vida interior, pelo silêncio e pela oração; pela caridade e pela oblação, ofertando tudo que temos e o que somos a Deus, pois é Ele quem conduzirá a nossa caminhada!...

“Pode vos ocorrer de estar incapacitado de ajudar uma pessoa pela ação ou pela palavra, de não poder tirá-la de seu infortúnio, de curá-la. Mas, vós não podeis esquecer que tendes o Senhor, com o firme e forte apoio da Oração. Colocai isto que eu vos disse em prática, verificando-o: rezai com convicção, ardor e força, e vereis que por mais fraca que tenha sido a vossa Oração, ela sempre será eficaz, pois é o Poder de Deus que se manifestará nela” (Mensagens a Jean).

A oração do coração nos impulsiona para que vivamos uma verdadeira e sincera conversão pessoal e comunitária! Ofertemos nossa fraqueza, amados filhos, para que Deus, em nós, seja a plenitude da nossa fortaleza!... “E rasgai os vossos corações e não vossos vestidos, e (contritos no vosso interior) convertei-vos ao Senhor vosso Deus;” (Jel 2, 13a). 

     Queridos! Quando escutamos e meditamos a Palavra do Senhor, e, hoje, de modo particular a Profecia de Joel, nós percebemos que Ela é para nós, um chamado profético a conversão do coração!... Literalmente a palavra ‘conversão’ significa ‘retornar’, ‘voltar’, ‘convergir’, ‘mudar de rumo’... E nós sabemos o que isso significa, na prática, por exemplo, quando dirigimos um veículo e precisamos retornar, voltar, mudar o caminho...

Assim, também para nós, para os nossos corações, no contexto espiritual e pessoal, o esforço, o exercício de convergir, de converter, exige de nós muita força de vontade, disposição e luta!... Mais do que isso é preciso à abertura do coração para que a graça de Deus realize seus desígnios!... O que não é fácil, mas é possível quando confiamos e esperamos na Misericórdia do Senhor... “Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito firme” (Sl 50, 12).

 E, o que nos exige a batalha, não é tanto um esforço físico, mas, sobretudo ‘espiritual’ e da vontade, da vontade do nosso coração de fazer um firme propósito de querer mudar!...  Sim, pois eu preciso e quero ser mais de Deus!... Amar mais, sempre mais e perdoar mais; eu quero vencer o egoísmo e praticar as virtudes do meu estado, de modo particular as obras de misericórdia corporais e espirituais!... “É nisto que reside a vossa verdadeira dignidade. E o Cristo vem sempre estabelecer um encontro, mesmo nas regiões mais afastadas do coração humano” (Mensagens a Jean)...

Sim, nós queremos ser todo de Deus, com todo o nosso coração! Fugindo do pecado e abraçando a graça que nos é oferecida, todos os dias, nos Santos Mistérios que celebramos, “porque ele é benigno e compassivo, paciente e de muita misericórdia, e inclinado a suspender o castigo. Quem sabe se ele quererá voltar-se pra vós e perdoar-vos...” (Jel 2, 13b-14a). Que a nossa luta pela conversão seja o passo firme que daremos para Jesus, auxiliados pela Sua graça, com o desejo renovado de, sempre mais, amá-Lo, Adorá-Lo e servi-Lo, não obstante a nossa fraqueza, o pó que somos!...  “Tu és pó, e em pó te hás de tornar” (Gn 3, 19b).  

      Sim, amados! Sabemos que não é tão difícil falar de conversão, mas, o mais difícil, por certo, é viver a conversão quotidiana, pois ela exige de nós sacrifícios, renúncias e abandono!... Conversão é uma “palavra espinhosa”, pois ela nos faz voltarmos para dentro de nós mesmos e nos vermos como nós somos de verdade! É preciso, filhos amados, que fiquemos desnudos na presença do Senhor e isso custa muito de nós!... Não é fácil, filhos, mas sabemos que é possível trilhar esse caminho, a partir de um propósito firme; e Deus acolherá a nossa luta, que travaremos ao longo desses dias!...

 E claro que o nosso propósito é para toda a vida, mas, de modo especial, vivamos esse tempo de graça, e não deixemos a graça passar! Pois Jesus nos fala, no Evangelho de hoje, qual o caminho seguro que nos motiva a viver a prática cristã, com sinceridade, o ‘jejum’, a ‘esmola’ e a ‘oração’!... São obras de misericórdia, corporal e espiritual que nos ajuda a fortalecer o nosso coração e a vida interior, através da nossa relação com Deus (a oração), com o próximo (a esmola) e conosco mesmo (o jejum)!...

Vividas autenticamente, sem hipocrisia, elas são uma escola ornada de virtudes que alegram o Coração de Deus, porque nos dispõe para Ele, para vivermos a Sua Santa Vontade. “Guardai-vos de fazer as vossas boas obras diante dos homens, com o fim de serdes visto por eles, doutra sorte não sereis remunerados pelo vosso Pai, que está nos céus” (Mt 6, 1). Devemos estar atentos as nossas motivações interiores, que nos levam a nos aproximarmos do Senhor! Não para sermos vistos pelos homens, mas para vivermos na Sua intimidade e transfigurarmos nossa vida interior, com auxílio da graça! 

        “Cria em mim, ó Deus, um coração puro...” (Sl 50, 12a). Eis a motivação primeira para a nossa caminhada Quaresmal... Reconhecermos que somos pecadores, que somos pó, precisados da fortaleza de Deus, da Sua graça, para nos mantermos de pé, e seguirmos os passos de Jesus! As cinzas que são postas em nossas ‘frontes’, neste dia, nos faz lembrar que somos pó...  Frágeis!  E que ao pó havemos de voltar!... “Tu és pó, e em pó te hás de tornar” (Gn 3, 19b). Quando tomamos consciência dessa verdade, da nossa miséria, da nossa fraqueza, e voltamos para o Senhor,

Ele vem em nosso socorro e nos levanta, nos restaura!... “Dá-me a alegria da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo” (Sl 50, 14). Devemos amados, fazer um propósito firme para esses ‘dias de graça’, para que realmente aproveitemos dos benefícios que o Senhor vem nos oferecer... “Humilha tua cara no pó, irmão Rafael (cada um de nós coloque o nosso nome, no lugar de irmão Rafael...), e deixa já de pensar em nada que seja barro, que se a criatura, que seja mundo, que sejas tu… Enche tua alma do amor de Cristo; beija suas chagas; abraça a sua Cruz; sonha e pensa e dorme n’Ele… Que bem se descansa aos pés do doce Madeiro! Quem bem se dorme agarrado ao crucifixo!(Beato Hermano Rafael). A Loucura da Cruz!... É realmente com liberdade interior e com espírito de renúncia que nos dispomos a viver esse tempo da Quaresma? O que verdadeiramente nos motiva a abraçar a proposta de conversão, que o Senhor hoje nos faz? É o desejo de sermos novos, transformados pela Misericórdia do Senhor?

Temos o desejo de nos configurarmos a Cristo Crucificado, e abraçarmos a nossa cruz de cada dia, com paciência? Este deve ser o nosso propósito: de estarmos unidos a Cristo, bem unidos ao Seu Coração Eucarístico!... Pois é d’Ele que vem toda dádiva, toda graça!...

 Como nos diz o Apóstolo São Paulo: “Ora, sendo nós cooperadores (de Cristo), vos exortamos a que não recebais em vão a graça de Deus. Porque ele diz: Eu te ouvi no tempo aceitável, e te ajudei no dia da salvação. Eis aqui agora o tempo aceitável, eis agora o dia da salvação” (2 Cor 6, 1-2). Eis a salvação que entra na nossa casa, eis a Carne e o Sangue que nos Alimenta e nos restaura, nos transfigurando na Imagem d’Aquele que é o Alfa e ômega, Princípio e Fim de todas as coisas – que nos converte! 

      Sim, Mãezinha, “... eu reconheço a minha maldade, e o meu pecado está sempre diante de mim” (Sl 50, 5)... Pois conversão não é olhar para os pecados, para as fraquezas dos meus irmãos, parentes, vizinhos, amigos, colegas... Mas é misericordiosamente olhar para dentro de mim mesmo, e me ver como eu sou – pecador! Precisando da Misericórdia de Deus! E ao reconhecermos pecadores, suplicarmos da nossa Mãezinha a Sua ajuda, para podermos entrar no mais profundo dos nossos corações e desnudar nossas almas, para que elas sejam purificadas pela Infinita Misericórdia do Seu Amado Filho.

 Nós não sabemos como fazer, senão auxiliados e guiados pelo Seu Materno Coração, Mãezinha! Pois somos fracos, precisados do Seu auxílio e do Seu socorro, para sermos mais de Deus, e convertermos os nossos corações para Ele. Pois não queremos estar divididos entre Deus, o Senhor das nossas vidas; e o mundo, causa do nosso pecado e da nossa perdição! Que o Seu SANTO ROSÁRIO, meditado e contemplado, a Prática de Misericórdia e o Jejum sejam a ‘escola de piedade’ que nos oferece o Vosso Imaculado Coração e o Sagrado Coração do Vosso Divino Filho... E assim como Vós, Mãezinha, ofereceu o Seu Único Filho para ser pregado na Árvore da Cruz, ofereça-nos, por Misericórdia, os Frutos Dessa Árvore para que possamos nos Alimentar, enquanto peregrinamos pelo deserto (da conversão)!...

 E, Alimentados do Maná Celeste, jamais passaremos fome nem sede Eternas, pois fostes Vós que nos oferecestes a Salvação (a Eucaristia)!... Ela, gloriosamente, entrou na casa (do nosso coração), não obstante a nossa fraqueza, a nossa indignidade!... Gratidão, Mãezinha, pela alegria de sermos Enxertados na Árvore da Vida, ao recebermos a Carne e o Sangue do vosso Filho, em nossos corações!... Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo. Para sempre seja louvado e nossa Mãe Maria Santíssima. Salve! 

     Meditemos o que nos orienta o Missal Romano Quotidiano, para este tempo de Quaresma: 
 
    “As Cinzas... se obtém queimando as palmas e oliveiras bentas no ano precedente no Domingo de Ramos; são símbolo da morte e da caducidade das criaturas (as quais o pecador se volta quando comete o pecado): elas mesmas admoestam-no a voltar a Deus com a penitência e a humildade” Todos os que receberem com devoção, “... o sacramental da imposição das Cinzas obtém a verdadeira compreensão, o perdão dos pecados, a saúde da alma e do corpo, a vitória sobre os espíritos malignos e, sobretudo, a graça de santificar a Quaresma”.

 


(Missal Romano Quotidiano – Tempo da Quaresma).  
 
 Abençôo-vos, filhos, 

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Pe. Tarciso Alves Maia Júnior.

www.recadosaarao.com.br

 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.674.342
Visitas Únicas Hoje: 1.029
Usuários Online: 416