Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos Site Aarão




Artigo N.º 4552 - TERRÍVEL ACORDAR
Artigo visto 1731 vezes




Visto: 1731
Postado em: 12/03/10 às 08:38:26 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=4552
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão

Está em Ezequiel 3, 27... Oráculo do Senhor Javé. Que escute então aquele que quiser escutar, e que não escute aquele que não o quiser...

Ontem conversando ao telefone com uma pessoa, eu dizia que uma das coisas que mais tem me espantado, e certamente a mais difícil de eu compreender quanto à questão dos finais dos tempos, é sem dúvida o motivo que leva tanta gente a não entender, não ver, nem ouvir os sinais deste mesmo tempo. Mais que isso: eles não querem sequer ouvir falar, e gritam contra quem fala. Parece-me impossível – e sei que os amigos leitores vivem a mesma situação – que eles sejam incapazes de entender. E claro, sei também, os que não entendem, acham a mesma coisa da gente. Pior, eles são hoje a absoluta maioria.
 
Eu poderia enumerar alguns pontos que tenho visto entre muitos. 1 – Medo de enfrentar uma situação terrível falo dos que preferem se acovardar, sabendo que vem; 2 – Medo de perder a boa vida que levam, tendo padrão de vida satisfatório, dos que acham que assim está bem, mesmo vendo que tudo vai mal. 3 – Orgulho desmedido dos teólogos, ou dos padres cegos, que com suas elucubrações teóricas, tentam enganar-se a si mesmo, quando sabem que acontecerá. 4 – Cegueira conveniente e inerte, de todos aqueles que preferem acreditar na mídia mentirosa comandada por satã, que certamente deseja um povo despreparado, alheado, surdo e cego. 5 – Exatamente o povo de satã, aqueles que trabalham assiduamente para que bilhões continuem realmente cegos.
 
São cinco categorias de pessoas, todas obstruídas – de modo proposital ou conveniente – que formam um imenso mar de povos, que se acotovela pelas ruas, parecendo sem rumo e sem destino, pois que a cada dia perde mais as esperanças. Desta forma, podemos até dizer que é assim mesmo que o Senhor Deus quer que as coisas aconteçam, porque o seu projeto de salvação tem alcances que a nossa vista não percebe. Primeiro porque a imensa maioria das pessoas se souber mesmo, com antecedência de alguns meses, ou até anos, de que sem dúvida tais fatos vão acontecer, já agora entre em pânico e se mata. Ou passa a cometer tantos desatinos que adiante é capaz de perder sua alma.
 
Segundo, porque o projeto de Deus – vemos isso claramente – visa dar ao inferno todas as chances de vencê-LO. E é exatamente isto que tem feito o mundo caminhar a passos largos rumo ao abismo, de modos que todos aqueles que ainda percebem algo, passam eles a quase entrar em pânico, especialmente quando a conversão dos seus não acontece. Todos estes devem saber que Deus é Senhor de tudo, e nenhuma alma se irá perder, se tiver alguém realmente rezando por ela. Se Deus então arrasta os tempos, e permite que o abismo pareça nos fazer sucumbir podem ter certeza de que cada vez será maior a sua obra de salvação. Cada vez menos pessoas se irão perder. E maior a vitória de Deus!
 
Quando a gente lê certos textos bíblicos, inclusive passagens de Jesus nós sentimos que parece tudo ser proposital da parte de Deus, e que Ele brinca conosco. Como está dito em Mateus 13, 13 Eis por que lhes falo em parábolas: para que, vendo, não vejam e, ouvindo, não ouçam nem compreendam. 14 Assim se cumpre para eles o que foi dito pelo profeta Isaías: Ouvireis com vossos ouvidos e não entendereis, olhareis com vossos olhos e não vereis, 15 porque o coração deste povo se endureceu: taparam os seus ouvidos e fecharam os seus olhos, para que seus olhos não vejam e seus ouvidos não ouçam, nem seu coração compreenda; para que não se convertam e eu os sare (Is 6,9s).
 
Claro que já no Antigo testamento era assim. Parecia ser proposital a permissão de Deus, para que o povo se afundasse, a fim de mostrar depois sua infinita misericórdia. O seu poder em realizar sua salvação. Em tirá-los da escravidão, do cativeiro e da tirania de seus dirigentes. Como está dito em Zacarias 7, 11 Eles, porém, não quiseram escutar: voltaram-me as costas, revoltados, e taparam os ouvidos para nada ouvir. 12 Endureceram o seu coração como um diamante, para não entenderem as instruções e as palavras que o Senhor dos exércitos lhes dirigia pelo seu Espírito, por meio dos antigos profetas. Por isso o Senhor dos exércitos indignou-se vivamente contra eles.
 
Ou seja, o povo antigo, mesmo vendo os sinais, os prodígios e milagres de Deus, mesmo tendo diante de si profetas famosos que falavam em nome do Senhor, ainda assim se endurecia, cegava-se e não queria ouvir. Como disse Jeremias 17, 23 Eles, porém, não prestaram ouvidos, e endureceram a cerviz para não ouvirem, nem se deixarem instruir. Era uma raça recalcitrante, como está em Ezequiel 12, 2 filho do homem, habitas em meio de uma casta de recalcitrantes, de gente que tem olhos para ver e não vê nada, ouvidos para escutar, a nada ouve; é uma raça de recalcitrantes.
 
Por isso já dizia Davi no Salmo 68, 24 Que seus olhos se escureçam para não mais ver, que seus passos sejam sempre vacilantes. 25 Despejai sobre eles a vossa cólera, e os atinja o fogo de vossa ira. 26 Seja devastada a sua morada, não haja quem habite em suas tendas, 27 porque perseguiram aquele a quem atingistes, e aumentaram a dor daquele a quem feristes. 28 Deixai-os acumular falta sobre falta, e jamais sejam por vós reconhecidos como justos. 29 Sejam riscados do livro dos vivos, e não se inscrevam os seus nomes entre os justos. Claro, neste texto vemos uma primeira vez um tom de profecia, que parece se aplicar ao nosso tempo.
 
E infelizmente, embora todas estas constatações o mundo seguiu avante com o mesmo tipo de povo, pois até nos tempos de Jesus era assim. Como está em Romanos 11, 7 Conseqüência? Que Israel não conseguiu o que procura. Os escolhidos, estes sim, o conseguiram. Quanto aos mais, foram obcecados, 8 como está escrito: Deus lhes deu um espírito de torpor, olhos para que não vejam e ouvidos para que não ouçam, até o dia presente (Dt 29,3). 9 Davi também o diz: A mesa se lhes torne em laço, em armadilha, em ocasião de tropeço, em justo castigo! 10 A vista se lhes obscureça para não verem! Dobra-lhes o espinhaço sem cessar (Sl 68,23s)! Assim, numa parte se nota o comportamento do povo, de outro a aparentemente proposital ação de Deus, quanto ao seu povo ser cego.
 
Ou seja: nunca, desde os tempos imemoriais, jamais o homem escutou a Palavra de Deus e atendeu aos seus insistentes pedidos, salvo raras pessoas em cada tempo. E assim foi que desde Adão até Noé, à medida que passavam os tempos sempre mais se corrompia o povo, e mais se obstinava em não ver nem ouvir os sinais e avisos de Deus. Ele mostrava que não estava gostando nada daquele comportamento, que acabaria por atrair sobre o povo, o justo castigo. E tal foi que nos tempos de Noé, passados uns dois mil anos depois de Adão, a loucura se havia implantado na terra. E sempre, em todos estes graves momentos da história, apenas poucas pessoas conseguiam ver e ouvir os sinais.
 
Nos escritos apócrifos e por revelações antigas, sabe-se que ao tempo do Dilúvio Universal a corrupção da humanidade havia atingido um nível tão assombroso, que Deus, descendo a terra para verificar como andava seu povo, foi tomado da mais profunda ira. De tudo o que se pode entender daquele tempo, o grande pecado do povo era na área do sexo. Eles haviam virado como animais bestiais, e mais que isso, e piores que isso, porque sendo racionais, sabiam o que faziam, e sabiam que isso ofendia a Deus. Não somente grassava entre eles o homossexualismo nefando e o bestialismo, como o sexo era praticado diante de todos, em praça pública, em orgias tenebrosas e contínuas. 
 
Como está em Genesis 6, 11 A terra corrompia-se diante de Deus e enchia-se de violência. 12 Deus olhou para a terra e viu que ela estava corrompida: toda a criatura seguia na terra o caminho da corrupção. 13 Então Deus disse a Noé: "Eis chegado o fim de toda a criatura diante de mim, pois eles encheram a terra de violência. Vou exterminá-los juntamente com a terra. Ou seja: a maldade humana havia atingido tão terrível grau de malignidade, que Deus se arrependeu de nos haver criado e resolveu nos exterminar.
 
E em Genesis 6, 5. O Senhor viu que a maldade dos homens era grande na terra, e que todos os pensamentos de seu coração estavam continuamente voltados para o mal. 6 O Senhor arrependeu-se de ter criado o homem na terra, e teve o coração ferido de íntima dor. 7 E disse: "Exterminarei da superfície da terra o homem que criei, e com ele os animais, os répteis e as aves dos céus, porque eu me arrependo de havê-los criado." 8 Noé, entretanto, encontrou graça aos olhos do Senhor.
 
O resto o leitor já sabe o que aconteceu. Durante 100 anos Noé e seus filhos construíram uma gigantesca arca de pau a pique, tempo durante o qual alertavam os homens em orgia, de que eles seriam exterminados da face da terra caso não mudassem de vida. O que se sabe é que Noé sofreu muito durante aqueles anos, sendo escarnecido, zombado e afrontado de todas as formas. Ele avisava, mas o povo não o atendia. Teve então que suportar com paciência estes escárnios, tudo isso por amor a Javé que lhe havia pedido uma obra tão gigantesca. Realmente, só por Deus é que aquele povo louco e orgíaco não tocou fogo naquela arca, impedindo que ele terminasse a construção.
 
Então, depois que Noé entrou na arca, o Senhor fez chover durante 40 dias e 40 noites... E sobraram apenas quatro casais, oito pessoas ao todo. Diz a Bíblia que a arca de Noé foi parar no alto das montanhas do Ararat na Armênia, uma região que hoje é coberta de neves “eternas”. Mas consta de profecias atuais, que esta arca deverá aparecer em breve, devido ao degelo acelerado das montanhas da Europa e da Ásia. E certamente ela deverá aparecer, acima de tudo, como testemunha silenciosa e como mais um poderoso AVISO aos homens de hoje: Deus está descontente com o comportamento da humanidade, e se aproxima a cada dia mais um novo grande acerto de contas.
 
Vejam que, a seguir, depois dos dias do dilúvio, novamente a humanidade voltou a povoar a região, pois com certeza o dilúvio dito “universal” atingiu apenas aquela grande região, e logo os descendentes de Noé começaram a se casar com os filhos dos homens, num tempo que se estendeu por mais alguns séculos. E novamente a corrupção dos homens se deu, pois chegamos a Sodoma e Gomorra, já nos tempos de Lot e Abraão. E novamente o grande pecado do povo era na área do sexo, pois mais uma vez homens com homens e mulheres com mulheres praticavam sexo contra a natureza, atraindo a ira santa de Deus.
 
Como está em Genesis 19, Deus mandou dois anjos para tirar Lot da Cidade de Sodoma onde ele residia com sua esposa e duas filhas. Os anjos entraram em casa, participaram de um banquete com a família, 4 Mas, antes que se tivessem deitado, eis que os homens da cidade, os homens de Sodoma, se agruparam em torno da casa, desde os jovens até os velhos, toda a população. 5 E chamaram Lot: "Onde estão, disseram-lhe, os homens que entraram esta noite em tua casa? Conduze-os a nós para que os conheçamos." 6 Saiu Lot a ter com eles no limiar da casa, fechou a porta atrás de si 7 e disse-lhes: "Suplico-vos, meus irmãos, não cometais este crime. Ou seja: eles queriam que os dois jovens – os anjos – saíssem de casa para serem seviciados sexual e publicamente pela multidão luxuriosa.
 
Então Lot falou: 8 Ouvi: tenho duas filhas que são ainda virgens, eu vo-las trarei, e fazei delas o que quiserdes. Mas não façais nada a estes homens, porque se acolheram à sombra do meu teto. 9 Eles responderam: "Retira-te daí! à e acrescentaram: Eis um indivíduo que não passa de um estrangeiro no meio de nós e se arvora em juiz! Pois bem: verás como te havemos de tratar pior do que a eles." E, empurrando Lot com violência, avançaram para quebrar a porta. 10 Mas os dois (viajantes) estenderam a mão e, tomando Lot para dentro de casa, fecharam de novo a porta. 11 E feriram de cegueira os homens que estavam fora, jovens e velhos, que se esforçavam em vão por reencontrar a porta.
 
E estando o povo em cegueira, os anjos levaram Lot para fora da cidade, e este pediu para refugiar-se na pequena cidade de Segor, que também estava votada de interdito e seria destruída, mas Deus o atendeu. Como está em Genesis, 19 23 O sol levantava-se sobre a terra quando Lot entrou em Segor. 24 O Senhor fez então cair sobre Sodoma e Gomorra uma chuva de enxofre e de fogo, vinda do Senhor, do céu. 25 E destruiu essas cidades e toda a planície, assim como todos os habitantes das cidades e a vegetação do solo.
 
Ou seja: mais uma vez uma civilização da planície foi destruída, devido aos crimes que praticava em especial os da área da sexualidade. Aqui a Bíblia menciona a “planície”, porque ali florescia uma civilização rica, e a riqueza dela leva a esta luxúria. O povo não tinha o que fazer, e então se fazia explodir em libidinagens e abominações. Isso nos conduz ao tempo de hoje, onde novamente temos uma imensa civilização da planície, extremamente rica e “poderosa”, qual nunca houve antes outra na terra. E novamente, devido ao volume assombroso dos pecados na área da sexualidade, vemos que hoje ultrapassamos os tempos de Noé, e os tempos de Sodoma. Sinal de que mais uma vez virá o dilúvio. Como em Sodoma, dilúvio de fogo... Para não sobrar nenhum destes!
 
Em verdade explodem em todas as direções os sinais do descontentamento de Deus, até porque a fumaça dos nossos crimes clama diante do trono do Altíssimo. Em todos os países se delineiam as leis que pretendem implantar o casamento homossexual como forma abominável de “família”, mais que isso, punindo com a prisão, a todos os que se revoltarem contra este horror. E novamente, como já acontece na Holanda e em outros países “avançados” – leia-se: Sodoma e Gomorra – querem tais homens permitir a prática do sexo homossexual em praça pública, isso quando nem o sexo normal é permitido. Como foi nos tempos antigos, chegamos novamente aos tempos do horror.
 
Nos tempos de Noé, ele avisou o povo por 100 anos seguidos de que viria um dilúvio. Nos tempos de Abraão, o comportamento de Lot e de sua família deveria servir de aviso aos homens e mulheres daquela cidade, mas eles não ouviram. De fato, a Escritura relata que as duas filhas de Lot conceberam do próprio pai, não porque faltassem homens para elas e sim porque tais homens estavam tão corrompidos, tão podres, que isso impossibilitava uma geração normal. A sociedade tinha degenerado de tal forma que acabaria por morrer em poucas décadas. Caminho pelo qual vamos hoje, onde as associações gays avisam e alardeiam aos quatro ventos: ainda faremos de seu filho um gay!
 
E tal como em Noé e em Abraão sabemos que o povo não deu ouvido; fato que acontece hoje novamente. Tanto que Jesus nos preveniu assim em Mateus 24, 37 Assim como foi nos tempos de Noé, assim acontecerá na vinda do Filho do Homem. 38 Nos dias que precederam o dilúvio, comiam, bebiam, casavam-se e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. 39 E os homens de nada sabiam, até o momento em que veio o dilúvio e os levou a todos. Ele avisa que novamente a humanidade não dará ouvidos aos que alertam sobre a iminente intervenção divina, e desta vez intervenção definitiva.
 
Como também está em Lucas 17, 28 Também do mesmo modo como aconteceu nos dias de Lot. Os homens festejavam, compravam e vendiam, plantavam e edificavam. 29 No dia em que Lot saiu de Sodoma, choveu fogo e enxofre do céu, que exterminou todos eles. 30 Assim será no dia em que se manifestar o Filho do Homem. 31 Naquele dia, quem estiver no terraço e tiver os seus bens em casa não desça para tirá-los; da mesma forma, quem estiver no campo não torne atrás. Sinal de que será uma intervenção tão fulminante e direta, que não dará tempo de as pessoas reagirem. Quando começar, não adiantará correr, pois não haverá para onde correr. Virá o dilúvio de fogo, que choverá dos céus mais uma vez.
 
Também São Pedro nos alertava em 2 Pedro 2, 7 se, enfim, livrou o justo Lot, revoltado com a vida dissoluta daquela gente perversa... 9 é porque o Senhor sabe livrar das provações os homens piedosos e reservar os ímpios para serem castigados no dia do juízo, 10 principalmente aqueles que correm com desejos impuros atrás dos prazeres da carne e desprezam a autoridade. Audaciosos, arrogantes, não temem falar injuriosamente... Acaso não é arrogante e injuriosa a atitude da militância gay de hoje? Como em Sodoma?
 
E São Pedro continua definindo tais homens de nosso tempo: 12 Mas estes, quais brutos destinados pela lei natural para a presa e para a perdição, injuriam o que ignoram, e assim da mesma forma perecerão. Este será o salário de sua iniqüidade. 13 Encontram as suas delícias em se entregar em pleno dia às suas libertinagens. Homens pervertidos e imundos sentem prazer em enganar, enquanto se banqueteiam convosco. 14 Têm, os olhos cheios de adultério e são insaciáveis no pecar. Seduzem pelos seus atrativos as almas inconstantes; têm o coração acostumado à cobiça; são filhos da maldição...
 
Também São Paulo advertia em Romanos 1, 24 Por isso, Deus os entregou aos desejos dos seus corações, à imundície, de modo que desonraram entre si os próprios corpos. 25 Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura (Satanás) em vez do Criador, que é bendito pelos séculos. Amém! 26 Por isso, Deus os entregou a paixões vergonhosas: as suas mulheres mudaram as relações naturais em relações contra a natureza. 27 Do mesmo modo também os homens, deixando o uso natural da mulher, arderam em desejos uns para com os outros, cometendo homens com homens a torpeza, e recebendo em seus corpos a paga devida ao seu desvario.... 32 Apesar de conhecerem o justo decreto de Deus que considera dignos de morte aqueles que fazem tais coisas, não somente as praticam, como também aplaudem os que as cometem. Não é assim?
 
Já temos aí em nosso meio este dilúvio de doenças venéreas e de complicações na área do sexo, além da AIDS, que é apontada por Nossa Senhora ao Padre Gobbi do MSN, como sendo aquela “chaga maligna” indicada no Apocalipse como sendo o quinto flagelo. Tudo isso se deve ao uso diabólico da sexualidade, não mais aberta à vida, mas à degradação, à degeneração, à infertilidade, à esterilidade e à morte da raça humana. Somente satanás para engendrar tão maligna civilização, e ensinar aos homens tantas torpezas como hoje se comete hoje em dia. E isso em todo mundo!
 
Tudo então aponta para uma nova hecatombe, com a diferença de que ela será ainda pior do que o dilúvio, e mais terrível que a de Sodoma. Aproximamos-nos disso e tudo os que os profetas atuais nos avisam leva a crer que a intervenção divina é iminente, porque, como Jesus falou se assim não fosse não sobraria viva nenhuma pessoa na face da terra. Medite nas situações anteriores onde Deus interveio, e verá que a próxima não falha. E para os cegos de hoje, como foi para os cegos de ontem será um terrível acordar. E haverá milhares de suicídios!
 
Com Noé, quando os escarnecedores viram que chovia sem parar, vieram aos milhares arranhando desesperados na porta da arca pedindo para entrar, mas Deus não permitiu. Com Sodoma, já cegas pelos Anjos, milhares de pessoas afundaram num dilúvio de fogo e de enxofre, que consumiu tudo, até a vegetação, chegando a calcinar a própria terra. Tanto é verdade que aos poucos os arqueólogos desvendam este mistério, sinal de que houve sim tal castigo. Em verdade, era tão podre a civilização de Sodoma, que existe em Jerusalém um “museu” aberto apenas a pesquisadores, onde se podem ver os mais repugnantes objetos da área do sexo, de que fazia uso aquela civilização de satanás. Este museu existe e resultou das pesquisas dos cientistas russos que queriam provar que Sodoma nunca existiu. Enganaram-se redondamente. As provas estão ali!
 
Que é senão uma civilização de satanás, a nossa, que pratica 60 milhões de abortos por ano? Que é senão uma antecâmara do inferno a civilização que promove em todo mundo estas paradas gays, com milhões de participantes em cada cidade, coisa que aumenta todos os anos, e já nenhum poder humano consegue frear? Que é senão um negro conluio com as trevas, uma civilização como a atual que decidiu se afastar de Deus de tal forma, tal que pretende implantar aqui tirania do pecado, submetendo todos os povos a uma escravidão que os obrigue por lei a aceitar e cometer a torpeza, que assim os induza e os coaja a afrontar ao Criador? Ficará Deus inerte diante de tantos desafios?
 
Como acima mostrei, em todos os casos em que Deus antes fulminou povos e raças, o principal motivo foi o homossexualismo. Hoje sabemos que as famigeradas ONGs que a convite de satanás divulgam esta abominação, se baseiam em estatísticas falsas, sobre mentira repetida milhares de vezes. E a maior mentira é a de que o comportamento homossexual se deve a um desajuste genético, onde a pessoa já nasce assim. Ora se fosse assim seria um erro de Deus e um castigo brutal. Mentira então! Agora mesmo acabei de receber um estudo onde se mostra com clareza que este comportamento é essencialmente de formação. É aprendido! Ou seja: de má formação dos pais. Desajustes das próprias famílias. E se vem de má formação, é sinal de que o diretor da escola que ensina isso na verdade é Lúcifer. Embora, claro, ele não tenha poder algum de obrigar alguém a ter este comportamento anormal.
 
Por fim, vemos que exatamente neste sentido se encontram hoje os maiores desafiadores do Altíssimo. Nenhuma causa é tão violentamente despudorada e degenerante do que esta, que leva em última análise ao extermínio da raça humana, pela esterilidade do ato.  Ou seja: se Deus quer preservar um povo para si, deve exterminar da face da terra, todos os que não somente praticam tais atos, como os que os apóiam a provam. Como os que fazem leis abomináveis que os protejam, sob a falsa égide da não discriminação. Jamais se poderá alegar direito, em favor daquilo que Deus fez bom e o homem fez torto.
 
Em vista disso alerta Isaías 6 11 Até quando, Senhor disse eu. E ele respondeu: Até que as cidades fiquem devastadas e sem habitantes, as casas, sem gente, e a terra, deserta; 12 até que o Senhor tenha banido os homens, e seja grande a solidão na terra. 13 Se restar um décimo (da população), ele será lançado ao fogo, como o terebinto e o carvalho, cuja linhagem permanece quando são abatidos. Isso indica que, depois que o Juiz tiver passado pela terra, poderá haver menos de 10% da população atual. Falo apenas de 10% dos justos, dos batizados, os outros seguem junto, mas aqui não ficam.
 
Quanto aos que hoje, choram em gemem devido a tantas abominações que aqui se cometem, Jesus diz em Lucas 12, 32 Não temais pequeno rebanho, porque foi do agrado de vosso Pai dar-vos o Reino. 33 Vendei o que possuís e dai esmolas; fazei para vós bolsas que não se gastam, um tesouro inesgotável nos céus, aonde não chega o ladrão e a traça não o destrói. 34 Pois onde estiver o vosso tesouro, ali estará também o vosso coração. E já avisava antes o Levítico em 20, 26 Sereis para mim santos, porque eu, o Senhor, sou santo; e vos separei dos outros povos para que sejais meus. Não pode ser de Deus, aquele que pratica atos tão ofensivos. Para estes a Justiça!
 
Quanto aos que ainda têm olhos e vêem e ouvidos que ouvem, Jesus afirma em Mateus 13, 16 Mas, quanto a vós, bem-aventurados os vossos olhos, porque vêem! Ditosos os vossos ouvidos, porque ouvem! 17 Eu vos declaro, em verdade: muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes e não o viram, ouvir o que ouvis e não ouviram.
 
Ou seja: milhares de santos, antes de nós desejaram viver exatamente em nosso tempo, para estarem vivos nesta batalha final, que se desenvolve em todos os quadrantes. O nosso tempo é final, disso não temos dúvidas, e é um tempo de infinitas graças, que estão ao nosso dispor, para os que lutam pela causa de Deus. Nossa arma é a oração, e dela virá a conversão de milhares destes desavisados, que hoje defendem esta causa. Creiam, disso virão muitas graças, que nos acompanharão pela eternidade. Não temamos nada!
 
Mas sempre o amor, diante de tudo. Nunca o ataque pessoal, antes a Ave-Maria que brota do fundo da alma. Com o Rosário, com a Eucaristia vivida em estado de graça, com toda certeza conseguiremos vencer no final. E tudo isso será erradicado da terra, para sempre!


(Aarão)
 


www.recadosaarao.com.br

 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.683.446
Visitas Únicas Hoje: 398
Usuários Online: 415