Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.340.460
Visitas Únicas Hoje: 479
Usuários Online: 324
Sistema de Busca

 

Artigos Site Aarão
Aqui estão relacionados alguns dos artigos extraídos do site www.recados.aarao.nom.br, site do Sr. Arnaldo que com inspiração divina, colocam matérias belíssimas que nos aproximam do amor de Deus e nos conduz à salvação.




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 26105 - Impresso: 184 - Enviado: 688 - Salvo em Word: 203
Postado em: 07/05/10 às 10:41:59 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=5076
Marcado como: Artigo Importante
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão

Espacojames: Não condenamos as pessoas mas sim as práticas de espiritismo que contradizem as escrituras.


http://www.espacojames.com.br/?cat=31&id=6675

Leia também:

Artigo N.º 7804 - Espiritismo: "O Fim de Chico Xavier"

Se mesmo assim o defende, é opção sua, todos somos livres para acreditar naquilo que nos convém.

Respeitem nossa opinião!.

"Não vos dirijais aos espíritas nem aos adivinhos: não os consulteis, para que não sejais contaminados por eles. Eu sou o Senhor, vosso Deus". (Levítico 19,31)

 


Artigo extraído do site: www.recadosaarao.com.br

Nos últimos dias tenho recebido muitas cartas e telefonemas perguntando sobre este personagem do negro espíritismo, Chico Xavier, tendo em vista um certo filme que roda agora nos cinemas, em que enaltecem esta figura. Na verdade o idolatram. O simples fato da idolatria em si, já deve chamar a atenção dos católicos, para que não se liguem nas belas aparências, nem nas palavras que parecem doces e belas. O veneno mais mortal é exatamente aquele que parece inofensivo. 

E Chico Xavier foi na realidade um poço de veneno... envolto em pseudo santidade. Dele beberam milhares de pessoas – a ainda bebem – veneno que mata almas, que as leva ao afastamento progressivo de Deus, e por esta via à condenação eterna. Antes de fazer maiores considerações sobre este personagem, gostaria que todos lessem a mensagem que foi passada ao Cláudio, no momento da morte deste líder espírita... e do mal!

 
Eis parte do texto de mensagem de Nossa Senhora ao Cláudio, do “Salvai Almas”!
 
(...)

(O espiritismo cura?) (A pergunta o Cláudio faz)

«Deveis sempre passar longe dos espíritas: eles têm parte com satanás, que, através deles, opera curas, mas apenas para ocultar sua asquerosa face e suas maléficas intenções. Portanto, filhinhos, fiquem fora do espiritismo

(E Chico Xavier?)

« ... a face bonita, a face do cordeiro para conseguir muitos adeptos! Muitos filhos abandonaram a Igreja por causa dele que não oferecia a salvação, mas a cura e os bens terrenos... Retirou-as do manancial dos Sacramentos, que salvam, indicando-lhes a reencarnação como caminho para a purificação...»

( É pecado crer na reencarnação?)

«Jesus veio para salvar a humanidade e ressuscitá-la para a vida eterna. Os que pregam a reencarnação para a purificação das almas, negam o poder de Jesus, que, vindo do céu, padeceu e morreu aqui, para o resgate de todas as almas, dando-lhes o direito à Ressurreição e a vida eterna. Portanto não há necessidade de um novo resgate, bastando viver o que Jesus indicou. Os que pregam a reencarnação, negam o poder de Deus, o poder do Espírito Santo! Portanto, pecam contra o Espírito Santo, e isto os condena eternamente, pois “Quem peca contra o Espírito Santo, não será perdoado!” No caso em questão, este homem vivia e pregava esta má doutrina, suscitando 400 demônios diferentes, que promoveram grandes estragos à verdadeira Igreja de Jesus

( Praticou a caridade...)

« Um lobo em pele de cordeiro! Esta é a tática do demônio, que jamais mostrará sua cara feia, pois isto não atrairia ninguém para si! Amém? Fujam do demônio: ele é astuto e asqueroso. Mas não deveis fugir simplesmente, mas evitar o diálogo com ele, e lutar, vencendo-o pelas orações! Deus é mais forte! Amém!«

( No momento em que Nossa Mãe falava, vi, num relance, o homem rindo, fazendo pouco caso, junto a vários demônios, aparentemente feliz, por ter desempenhado bem o seu papel. No entanto, logo a seguir, ficou envolvido por uma imensa camada de chamas, e pôs-se a gritar freneticamente... Foi assustador! Perdi o êxtase. )

Mamãe me abençoou e disse: 

«Seja forte. Reza muito. Amém.
Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Maria, Mãe do Universo.»

(Nesta visão do inferno, não percebi junto de Chico Xavier nenhuma outra pessoa humana conhecida, só demônios... e São Miguel me sussurrou) 

           « É que este homem mereceu o lugar reservado aos demônios...» Amém! »
++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Pelas explicaçãoes que o Cláudio recebeu e as conversas que tive com ele sobre este personagem, eu continuo...
 
Chico Xavier recebeu do Céu todas as chances de conversão. Aos cinco anos ele teve um sonho que o levava ao mundo negro e terrificante dos maus espíritos, e tinha a ver com sua mãe. Aos sete, porém, no início da idade da razão Deus lhe deu uma fortíssima iluminação interior, para que ele soubesse, com toda clareza e para sempre, que aquele caminho dos espíritos caídos era mau, perigoso e levava ao inferno.
 
Mas ao invés de se converter, em sua morbidez, ele resolveu desafiar a Deus, desde criança, entrando de corpo e alma na doutrina espírita e assim tornou-se, quem sabe, no mais famoso de todos os médiuns, e isso no mundo inteiro. E a fama, os louvores dos homens, era justamente a massagem de seu ego, sua brutal teimosia, seu orgulho. Se divinizou e se deixou idolatrar pelas multidões que o procuravam, em busca de suas “palavras bonitas” – falava até sobre Jesus – quando nem eram seus os escritos, mas elocubrações do mal. Tinham uma face de bem, de bondade – até de santidade – mas tudo isso escondia a súcia de satanás.
 
O fato de se deixar idolatrar foi o que o fez tornar-se, diante de Deus, num homem abominável, ao  nível de Nero e outros. Pode-se dizer até pior do que Nero e outros assassinos brutais, porque aqueles matavam apenas o corpo, enquanto Chico, aliado ao demônio, lhes matava as almas. E mata ainda, vejam as multidões se esbaldando no filme, na verdade a saga de um louco, que tentou desafiar a Deus.
 
Na hora da morte, quando ele foi mostrado ao Cláudio, ele gritava alucinado, que tinha sido fácil enganar e vencer a Deus. Foi quando garras imundas o puxaram para dentro da bola de fogo, e fogo eterno. O grito lancinante que ele deu, quando viu a realidade que ele buscou em vida, deixou o Cláudio quase a nocaute, por diversos dias seus ouvidos quase explodiram.
 
Tão bonzinho, não é? Mas viram onde foi parar? Bem que se diz “quem vê cara, não vê coração!" E Deus vê! Os homens julgam pela carinha, pelas aparências e até pelas obras visíveis, Deus julga pelo coração pelos desejos da alma, e Chico apenas desejava afastar os homens de Deus. A doutrina que ele pregava é incompatível com o Evangelho de Jesus porque, como a mensagem acima diz, ela de fato nega acintosamente a redenção. Chico fazia de Deus Pai de palhaço, mandando seu Filho para a Cruz, e fazia de Jesus de louco, se deixando matar em vão.
 
Ora, sacrifício de Cristo na Cruz foi pleno e eficaz, e podia redimir a todos os filhos e filhas de Deus. Chico dizia que isso era mentira, pois defendia que os homens se redimem por si só, na medida em que voltam para sucessivas reencarnações. E mais maldita ainda se torna esta doutrina, na medida em que defende que através destas reencarnações, um dia futuro, o homem chegará à divindade, de mestres superiores e um deus. A doutrina espírita assim, está entre as mais abomináveis para o Criador, porque se esconde atrás de uma aura de bem. Menos perigoso assim é um satanista declarado, do que um espírita enrustido. E ai dos católicos que se desviarem por este caminho! Muito mau caminho!
 
Assim, ele sabia claramente que estava errado! A caridade que fazia não era benigna, mas maldita, porque age como o caçador que ceva a caça por um tempo, debaixo do mundéu, e quando ela está acostumada, faz desarmar e prende. Ou mata! Assim fazia ele: atraía as multidões com suas sopas, para lhes dar a doutrina da reencarnação, um veneno mortal, porque significa a renegação sistemática e odiosa da Cruz de Cristo.
 
Se os homens tivessem que voltar reencarnados, em outras formas de vida, e Deus não lhes dissesse do que deveriam expiar, seria um castigo brutal. Uma crueldade.  Nem Deus seria Deus, mas estaria agindo como um demônio. Esta é mais uma prova, aliás, de que a doutrina espírita vem do anjo mau. Toda a dor, todo castigo vem dele!
 
Na realidade a redenção da Cruz de Cristo foi única, eficaz e capaz de salvar a toda a humanidade, eis que só se perde quem quer. E foi o que Chico Xavier escolheu! Viver longe de Deus pela eternidade, porque viveu longe Dele a vida inteira! Viveu junto com os demônios, a quem serviu aqui com fidelidade, e lá serve de repasto às suas fúrias.
 
O local reservado no inferno a pessoas da estirpe de Chico Xavier, é algo que nenhum ser humano jamais será capaz de imaginar. Quem leu as visões do inferno,
da freira católica Fanny Moisseieva – que está no site – entende claramente esta mensagem acima do Cláudio. Esta freira, que esteve nove dias morta e depois voltou à vida, teve a missão de ver o inferno destinado aos que na terra se fizeram monstros.
 
Há muitos deles lá, da estirpe dos governantes diabólicos como Lenin, Stalin, Pol Poth, Nero, Caligula, Dioclesiano, e também rainhas perversas, da Inglaterra e da Rússia, também homens odiosos como Marx, e da linha das prostitutas mais devassas. Eles se destinaram a ser pasto dos demônios, que se divertem com eles em festas especiais, como na data em que Lúcifer celebra seu ato de rebeldia.
 
Vejam, quando vier o novo Reino, novo Céu e nova Terra, em síntese haverá também um novo inferno. Hoje as almas perdidas podem odiar, amanhã não adiantará mais, e serão então roídas, eternamente, por um pavoroso remorso, tendo que rever todos as milhares de chances de conversão que tiveram em vida, e desperdiçaram.
 
Fazem isso, sendo obrigados a ver, como no outro lado de uma vidraça, a alegria dos justos, em especial daqueles que os alertaram em vida, tentando tirá-los do caminho do mal. Ou que rezaram pela sua conversão, que foi obstinadamente rejeitada. Como o Chico fez. No último ano de vida, ele passou em coma, revendo o filme de sua vida, página por página, onde Deus lhe mostrou todos os males que causou, e as almas que ele influiu na perda eterna. Mesmo assim ele preferiu, nos dias finais, as glórias do mundo, rejeitando para sempre a eterna.
 
Pois bem. Neste inferno futuro, as almas dos homens e mulheres normais que se perderam, não mais sofrerão o fustigamento dos demônios, apenas o terror do remorso, e a fúria contra si mesmos por haverem, livremente, se afastado de Deus. E isso é muito pior do que o fogo em si. Mas quanto aos monstros como Chico, que mostraram o caminho do inferno para as pessoas, estes irão morar eternamente junto dos demônios e serão atormentados por eles, pelos séculos dos séculos. Ninguém é capaz de imaginar o que sofrem tais criaturas. Mas vou dar uma idéia...
 
Numa de nossas caminhadas de oração nos cemitérios, bem longe perdido entre as montanhas havia um pequeno cemitério onde estava enterrado um homem, que faleceu com 87 anos, nascido em 1900. Era, então, no ano 2000.  Este homem era um pedófilo – bem a calhar em nossos dias – que havia estuprado crianças de até dois anos de idade e não se arrependeu. Então São Miguel disse:

O sofrimento deste homem, nos 13 anos que ele está no inferno, é correspondente a colocar uma pessoa viva, numa fogueira destas da terra, queimando por 300 anos, sem morrer. E já se passaram mais 10, depois disso!
 
Você dirá que é castigo brutal? Durante toda a vida, por milhares de vezes, Deus lhe deu chances de conversão, de abominar o que ele fazia. Mas Chico preferiu incorporar milhares de demônios, inclusive os 401 que psicografaram seus livros. Pareciam palavras doces e divinas, mas eram e são artifícios diabólicos. Lidas à luz do Espírito Santo, causam mal! Coisas que levaram já muita gente ao inferno, e poderá levar ainda. Basta que a pessoa teime em seguir esta doutrina, até a morte. E não se arrependa, nem diante do Juiz!
 
Há alguns anos atrás caminhamos em oração nos cemitérios do Triângulo Mineiro. Num deles estava enterrado este infeliz, e quando pensávamos ir ao seu túmulo, São Miguel nos disse: "
Vocês nada têm a fazer lá!" No último dos cemitérios chegamos ao entardecer, com o sol pondo-se no horizonte profundo, ao qual se podia olhar sem ferir a vista. E todos pudemos ver, como dentro do sol, uma mancha negra, que ia desaparecendo até se tornar um pequeno ponto. Mas ninguém conseguiu discernir o que era!
 
Então o Cláudio nos explicou que esta foi a forma de Deus nos mostrar a expulsão de uma imensa legião de demônios, que durante muitos anos infestou toda aquela região, e que de certa forma serviu a Chico Xavier. Esta legião, por ter tramado tantas desgraças, e por ter prejudicado tanta gente, recebeu já o castigo eterno, de nunca mais retornar à terra. Mesmo no final dos tempos, onde o inferno inteiro se derramará sobre nosso planeta, estes não poderão mais sair. Tanto foi o mal que causaram! Aqueles nunca mais sairão de lá, para estes a justiça está completa! Seu abismo já está selado!
 
Eu coloco todas estas coisas, que aprendemos através dos anos, e o faço com toda rudeza dos detalhes, não porque deseje o castigo da pessoas, mas exatamente para que tremam e temam, todos os que participam desta obra maligna, e não venham a sofrer os mesmos tormentos dos muitos que já se perderam por seguirem a Chico Xavier. Que nem se fale nos sofrimentos dele!
 
O espiritismo é um veneno astucioso. E demônio não o administra em doses brutais e maciças, mas em doses homeopáticas, aos poucos. Se matasse a todos que entram num centro espírita – como gostaria – ninguém iria lá. Ele é como os venenos mercuriais: vão sendo armazenados no corpo, até que atinjam a dose letal, então a pessoa morre e não existe remédio que o possa curar. As pessoas ficam fissuradas pelos artifícios que eles usam, obras de engano, falsidade e mentira, que facilmente iludem os incautos.
 
Além disso, satanás tem o poder de provocar uma determinada euforia na pessoa, de modo que ela se sente inicialmente até bem, com um passe, uma dita cirurgia espírita. Mas tudo isso impregna a pessoa de um espírito de torpor, e de obsessão, que a faz voltar e voltar ali indefinidas vezes. E na medida em que a pessoa vai se contaminando naquele ambiente, leva isso também para casa, para as pessoas que a rodeiam, de modo que a vida deles aos poucos e a vida de toda a familia se torna num inferno.  E o responsável por toda esta peste é exatamente aquele que frequenta tais antros de podridão.
 
Sei que muitas pessoas recorrem a estes antros movidas pelo desespero de uma doença, sua ou de familiares, que não encontra cura, e na aflição deixam-se levar a estes locais sem saber que ali está justamente a casa dos males. Tais curas, se houverem, são falsas, simplesmente porque satanás não pode fazer qualquer tipo de bem, e a cura seria um. Então ele mistifica a cura e consegue colocar nas pessoas certos efeitos narcotizantes, que as cegam.
 
Enquanto isso ele cobra dores e sofrimentos dos familiares, provocando malignidades que podem perpassar as gerações. Famílias que se entregam a estes sortilégios, acabam levando uma vida miserável, carregada de confusões e tormentos. Que as pessoas procurem a Igreja, os sacerdotes, pois todos eles têm o dom da cura, que começa sempre pela cura da alma, sem isso jamais alguém se irá curar completamente. E só Deus sabe o momento certo da cura! Os que a buscam antecipar nos antros espíritas, recebem a paga sempre em desgraças.
 
Para o espiritismo não existe este negócio de linha branca, linha negra, todos os dois são malignos e visam o mal da pessoas. E não existe nenhum benéfico, seja os ligados a linha de Chico Xavier, seja os antros ligados ao candomblé, à macumba, em todos estão os espíritos infernais, como está bem explicado em nosso livroOs demônios no caminho dos filhos de Deus”. (Espacojames:
Baixe o livro aqui ). Ambos são narcotizantes e maléficos, porque uma pessoa que se diz católica, mas que frequenta estas abominações, não consegue assistir uma Santa Missa de apenas uma hora, mas espera pacientemente por até seis horas para receber o “passe” de um “pai-de-santo”, na verdade um pai da morte, que nada tem de santo.
 
Em centenas de mensagens Nossa Senhora tem nos advertido contra estes artifícios das trevas e nos lembra frequentemente o quanto o demônio é ardiloso e inteligente, e sempre age no sentido do mal. Infelizmente as pessoas parecem não escutar, e vemos aí milhares de católicos a assistir o filme sobre a vida deste homem do mal, e saem até chorando da sala de projeção. Mal sabem eles que aquilo tudo é uma fita – falo no sentido de enganação – que até engana os incautos, mas jamais a quem está ligado em Deus.
 
Assim, o espiritismo, sob todas as formas é condenável, e irreconciliável com a Doutrina da Igreja Católica. Nem aqui a milênios um se juntará ao outro. Erram, pois todos os padres que praticando o falso ecumenismo aceitam participar de cerimônias onde imperam os espíritos infernais. Uma coisa é o diálogo, outra a aceitação de que eles têm parte da verdade, que buscam a Deus e a salvação, porque o espiritismo só tem uma verdade: ele mata as almas e leva ao inferno os que teimam nele até o fim. Nunca o espiritismo salvou uma alma sequer, e jamais conseguirá isso, a não ser que seja posto como caminho negativo, que não deve ser seguido.
 
E ainda, desconfiem desta unanimidade da mídia podre, em torno de uma pessoa. Ela não faz apologia dos santos, nem dos bons, mas esbalda-se em difundir as teses e os erros dos maus, dos ateus e todo tipo de atoas. Isso se nota nas novelas, onde este tema do espiritismo é tratado cada vez mais abertamente como coisa boa, quando contém um dos venenos mais mortíferos para as almas. Entra lentamente, mata eternamente!
 
Enfim, o sentido destas explicações não visa a pessoa física de Chico Xavier, nem de outro espírita qualquer, e sim apenas os erros mortais que esta doutrina contém. Visam a alertar os católicos que não podem freqüentar a nenhum tipo de antro destes, porque nosso Deus é ciumento e não aceita divisões. Não adianta o dito católico acender uma vela para os santos da Igreja, se freqüenta o centro espírita, onde acende uma dúzia de velas coloridas para o diabo. E se alguém vai pedir a cura naquela casa de pestilências, será muito cara de pau se voltar a pedir a cura na Casa de Deus.
 
Para terem o exemplo de contaminações que brotam destas casas, dou exemplo ocorrido com nosso Óleo de São Rafael. Numa cidade, nossos divulgadores encontraram uma pessoa com uma doença de pelo tipo “fogo selvagem” e passando nosso óleo ela veio a se curar completamente. Tempos depois, a mesma pessoa telefonou dizendo que a doença tinha voltado.
 
Nossos amigos foram ver e perguntaram o que tinha acontecido, e a pessoa disse: é, minha vizinha espírita me disse que eles também tinham um óleo muito bom, que curava tudo e eu passei. Mas vejam que voltou tudo. Então foi novamente administrado o Óleo abençoado, e a doença regrediu. Mas isso depois de a pessoa ter prometido que nunca mais colocaria óleo de origem espírita em sua pele. E isso acontece!
 
Pior ainda nas ditas cirurgias espíritas, onde se planta um demônio dentro do corte, que é como o enxerto em uma planta. O monstro fica ali dentro, se enraíza como uma erva de passarinho e é preciso de muita oração para ser expulso. Também os passes mediúnicos carregam a pessoa de um espírito de maldição, que a irá atrapalhar pelo resto da vida, caso não seja exorcizada. Não somente ela, mas toda a família sofrerá os efeitos disso.
 
De fato, tenho atendido a milhares de pessoas nestes anos, com problemas gravíssimos na linha de família, e sem exceção todas elas têm membros que freqüentam ou que já freqüentaram o espiritismo. Quando foram os avós ou mais antigos que se entregaram a estes malefícios, o mal atinge toda a linha de sucessão, e muitos sofrimentos passam os descendentes, até que se quebre a maldição contraída por aqueles incautos. Muitos deles se salvam, e somente as dores provocadas na linha de sangue conseguem dar um fim na praga. Há milhares de famílias nesta situação!
 
Pode-se dizer que nenhuma família onde existam espíritas, sejam eles praticantes na atualidade, ou que em outros tempos praticaram, onde exista paz. Em todas elas é a guerra, porque a pessoa que procura a solução de seus problemas com o diabo, deve saber que ele é incapaz de fazer o bem, e até para fazer o mal cobra seu preço. Este preço são as desavenças sem fim, o ódio entre os familiares, a doença que fere alguns de forma dolorosa, jamais a tranqüilidade e o entendimento. Nem mesmo numa família onde todos praticam o espiritismo existe paz. Sempre o rosnado da fera atrai o mal!
 
Claro que tais pessoas são livres para adorarem o deus que bem entenderem! Para buscarem a cura de seus males seja onde for. A diferença é que Deus, em vida, não cobra resultados nem toma providencias contra quem se alia ao demônio. Este sim, cobra seus resultados e é por isso que “os filhos das trevas são mais ativos que os filhos da luz”. Mas que ninguém inculpe a Deus Altíssimo pelos males que atingem as famílias, achando que Deus é bom para cercar males, mas bom para seguir é seu inimigo. De fato, este oferece o mundo, a fama, o dinheiro, mas em troca da eternidade de suplícios! Ele não concede nada por amor, por bondade como muitos acham, mas por ferrenho ódio de morte eterna.
 
Enfim insisto com todos aqueles que têm familiares mergulhados na casa do diabo, seguindo as práticas de Chico Xavier e de outros, que rezem pelos seus. Não discutam nem briguem, apenas rezem! Deus tem poder infinito, e tem todos os artifícios que salvam almas, e no momento oportuno pode derramar a graça da conversão. E é exatamente por causa disso que a maioria dos incautos que mergulha no espiritismo acaba se salvando: mas somente se salvam, porque alguém da família suplica a Deus por eles.
 
De fato: Se não fosse esta maravilhosa comunhão dos santos, onde uns rezam e se mortificam pelos outros, todos os que freqüentam os centros espíritas iriam morar próximos de Chico Xavier, porque está dito: ninguém pode servir a dois senhores! E quem serve ao senhor deste mundo, que não espere a salvação eterna do Senhor de todos os mundos! Só Ele tem a paz eterna, a alegria sem fim, junto do Amor em plenitude!
 
Assim, rezemos também a Ave Maria, que nos são pedidas pelo Céu, porque o espiritismo é uma das oito barreiras que atrapalham a vinda gloriosa de Jesus. O filme sobre a vida de Chico Xavier é na verdade um começo do estertor desta doutrina. Trata-se de um esforço titânico de satanás, em sua luta insana para derrubar a Deus. Mas a oração da Ave Maria é como um martelo eterno, batendo infinitamente na porta do báratro, aquele som que nunca morre: a Mulher te esmagará a cabeça!
 
Mais que isso, som que reboa no inferno? Nunca mais! Nunca mais! Nunca mais! Fujamos de toda forma de espiritismo! Ele é responsável por grande parte das dores da humanidade. (Arnaldo)
 
Fiquem agora com parte de uma mensagem ao Cláudio, passada por São Miguel, e que prega contra a maligna doutrina da reencarnação.
 
Convertei-vos e voltai-vos ao Deus da Vida! Não há chance de retornar à terra para saldar alguma dívida. O homem morre apenas uma vez e para sempre verá o Céu Eterno ou a escuridão permanente! Muitos, a maioria, passará por uma purificação, pois na casa do Pai não se entra sujo! Toda a sujeira será deixada para trás.
 

Não acreditem na volta do homem à terra após a morte, reencarnado para expiação dos seus pecados, porque  há uma só morte e para a eternidade! E se, Deus permitisse a volta à terra, certamente diria ao reencarnado do porquê veio a Segunda vez, não o deixando novamente velado! Com efeito, onde estaria a Misericórdia de Deus, se mandasse um filho de volta para expiar seus pecados e não lhe dissesse que pecados deveria expiar? Ficaria o filho novamente errante, misturado ao mundo, pecando e caindo! ... Não seria Misericórdia, mas castigo brutal; Vingança cruel.

Ora, Deus é Amor! A cada um dá a chance da salvação ( conversão ), nesta vida para  gozar Eternamente as delícias com o Pai, o Filho e o Espírito Santo, e com tudo o que existe no Céu, na terra, no universo... em harmonia total, gozo sem limites!
 
Chico Xavier não acreditou nisso! Nunca mais! Nunca mais! Nunca MAIS!

 




www.recadosaarao.com.br





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 07/05/10 às 10:41:59 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.

LEIA TAMBÉM












Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES